A cidade californiana é uma das mais bonitas e plurais dos Estados Unidos, atraindo a atenção de turistas do mundo inteiro. Na hora de procurar por hospedagem, o viajante deve levar em consideração três fatores muito importantes: as ladeiras, as atrações turísticas e os moradores de rua.

Ao contrário das cidades brasileiras, onde geralmente bairros inteiros são perigosos, em São Francisco isso acontece de forma mais fragmentada. Algumas ruas e quadras são menos indicadas do que outras, então em um mesmo bairro é possível ter ótimas opções de hospedagens e outras nem tanto. Essa é a razão de alguns hotéis serem muito mais baratos do que os demais ao redor, com só algumas ruas de distância entre eles.

Abaixo, o Quanto Custa Viajar indica as melhores opções de hospedagem na cidade da famosa Golden Gate Bridge!

Union Square

É o centro de São Francisco, onde está a maior concentração de hotéis e lojas de comércio. É aqui também que estão muitos restaurantes e o maior abastecimento da rede pública de transportes, além de as ladeiras não serem tão íngremes assim. É bem provável que você opte por essa região devido à grande infraestrutura, mas nem tudo são flores por aqui. Em Union Square está a maior concentração de moradores de ruas de São Francisco, muitos deles dependentes químicos. Fuja do Civic Center e de Tenderloin, dois bairros próximos à área de Union Square, pois lá se encontram os albergues para tratamento e hospedagem dessas pessoas. Mesmo que os moradores de rua não sejam perigosos em sua maioria, o turista poderá se sentir inseguro ao passar por grandes aglomerações deles.

Fisherman`s Wharf

É a região colada à Baía de São Francisco com a maior concentração de pontos turísticos, como o Píer 39, a Ghirardelli Square e o Embarcadero. Lá é possível sair tranquilamente a pé para jantar em algum dos muitos restaurantes presentes no bairro. Por ser bastante turística e segura, acaba sendo uma das áreas mais caras também. Para aqueles que querem dar um tiro certeiro e conseguem arcar com os custos, essa é a melhor opção para hospedagem. Tem algumas ladeiras, mas ainda é possível encará-las.

Mission District

Bairro boêmio de São Francisco com muitas opções de bares e restaurantes para quem não dispensa uma boa agitação. É conhecido por ser o bairro descolado da cidade, com a presença de muitos jovens que trabalham nas inovadoras startups de tecnologia da região. Também concentra uma boa parte de moradores descentes dos latinos, o que transforma esse mix cultural em um ponto bastante interessante do local. Dê preferência para as hospedagens entre a Church Street, a Valencia Street, a 16th Street e a 20th Street, com mais opções de entretenimento e segurança. Se puder, evite a Mission Street, que costuma ser uma área mais perigosa que as demais

Castro

São Francisco também é conhecida por ser uma das cidades mais plurais, justamente por abrigar os primeiros movimentos LGBT dos Estados Unidos. Em Castro é onde há a maior concentração da comunidade gay. A região é repleta de casinhas fofas e ruas tranquilas, além de estar bem próxima de Mission District e do Dolores Park. É também onde encontram-se as famosas torres de Twin Peaks, que garantem umas das melhores visões panorâmicas da cidade. Não é tão eficiente como as regiões anteriores quando o assunto é transporte público, mas possui diversos apartamentos no estilo Airbnb para aluguel. 

Oakland e Berkeley

Cidades vizinhas de São Francisco com hospedagens bem mais em conta. É uma opção para quem quer baratear os custos, mas só é viável se você estiver com um carro. De qualquer forma, tenha em vista que ao se hospedar nessas cidades você poderá pegar bastante trânsito, o que pode gerar um estresse desnecessário durante a sua viagem.

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em São Francisco

Hospedagem em São Francisco

menor valor maior valor
Albergue R$ 221,02 R$ 709,07
Hotel R$ 334,08 R$ 2.912,73
Apartamento R$ 809,32 R$ 2.282,69