Pesquise e compre sua passagem para San Andrés

Aeroporto em San Andrés

Buscando passagens para San Andrés, na Colômbia? A ilha recebe anualmente cerca de 1 milhão de passageiros e está caindo nas graças dos brasileiros que buscam conhecer o Caribe de forma econômica.

Embora seja pequeno, o Aeroporto Internacional Gustavo Rojas Pinilla (ADZ), em San Andrés, oferece a estrutura necessária para os passageiros, incluindo um duty free e internet na sala de embarque. É considerado como o sétimo terminal aéreo mais importante do país.

O nome é uma homenagem ao ex-presidente Gustavo Rojas Pinilla, responsável por conectar pela primeira vez a ilha com a área continental da Colômbia, durante os anos 1950. Para realizar essa conexão, ele ordenou a construção do aeroporto que, na época, foi chamado de “Aeroporto Sesquicentenario”.

De muitas capitais brasileiras, bastará uma conexão para chegar ao local. As melhores rotas são via Bogotá (voando com Avianca ou Latam) ou via Cidade do Panamá (com a Copa Airlines). As viagens costumam ter uma duração mínima de 10 horas, incluindo o tempo gasto com a conexão.

Para quem já está no país, a dica é conferir também as passagens para San Andrés oferecidas pela low cost Viva Colombia, que costuma oferecer ótimos preços para voar ao destino. Além de Bogotá, há voos diretos vindos de Barranquilla, Cali, Cartagena, Medellín e Providencia.

Ao optar por realizar uma conexão em Bogotá, os passageiros devem ter em conta o tempo gasto na imigração, que deverá ser feita no momento do desembarque na capital colombiana. Graças a isso, é recomendado reservar voos com uma janela de ao menos três horas de conexão. Para não perder tempo e evitar a possibilidade de que as malas cheguem depois de você ao destino, uma dica é voar apenas com bagagem de mão. Tenha em conta ainda que, na chegada, as revistas são comuns, a fim de evitar o tráfico de drogas que assolou o país por muitos anos.

Ao deixar a ilha, é recomendado chegar ao check in com ao menos duas horas de antecedência, pois as filas para a imigração e o embarque costumam ser longas e demoradas. Além disso, um imposto é cobrado ao deixar a Colômbia caso o tempo de permanência do viajante no território seja superior a 60 dias.

O centro turístico de San Andrés fica muito próximo ao aeroporto. Quem viaja com pouca bagagem pode inclusive ir a pé até a acomodação (alguns hotéis ficam a menos de cinco quadras dali). Fora isso, o meio de transporte preferido de quem desembarca na ilha são os táxis e não há rotas de transporte público que realizem o trajeto.