Pesquise e compre sua passagem para Calgary

Aeroporto em Calgary

Quer desbravar o Canadá nas próximas férias? Ótima escolha, mas para isso você precisará primeiro chegar lá! A única companhia aérea que faz voos diretos para o país partindo do Brasil é a Air Canada, que disponibiliza voos que saem de São Paulo e Rio de janeiro com destino a Toronto. Se você parte desses locais, essa deve ser uma das opções de voos a ser cogitada, especialmente se você pretende fazer conexão com outras cidades canadenses, como Calgary.

Situada na Província de Alberta, a 300km dos Estados Unidos e 80km das Montanhas Rochosas Canadenses, a cidade é bastante moderna e cada vez mais tem atraído a atenção dos turistas. Portanto, se você sai do Brasil rumo a Calgary, a melhor rota é pela Air Canada com pit stop em Toronto. De lá até o seu destino final são mais 4h de avião, que podem ser feitas com a própria Air Canada.

Apesar de ser a mais viável, essa não é a única rota até Calgary. Outras cidades norte-americanas, como Los Angeles, Houston e Seattle, também fazem conexão direta com a cidade canadense. Caso opte por voos de companhias norte-americanas, como a Delta, United e American Airlines, tenha em vista que será necessário também um visto de entrada para os Estados Unidos.

Em qualquer um desses casos, a chegada deverá acontecer pelo Aeroporto Internacional de Calgary (YYC), o terceiro mais movimentado do país. Composto por apenas um terminal, o hub aéreo movimenta cerca de 15 milhões de passageiros ao ano. Algumas das companhias mais presentes por lá são a Air Canada e a United.

Para os brasileiros que vão a Calgary, é imprescindível apresentar passaporte válido e visto canadense. Há duas formas principais de visto: de uma única entrada e de múltiplas entradas. Ao optar pela primeira modalidade, o viajante poderá fazer apenas uma única entrada no Canada – a única exceção refere-se a viagens terrestres para os Estados Unidos, que são permitidas. Já ao portar o visto de múltiplas entradas, o viajante poderá entrar e sair do Canadá quantas vezes quiser dentro do prazo de validade do visto.

Em casos de brasileiros com dupla nacionalidade, sendo a segunda de algum país da União Europeia, não será necessário um visto de viagem caso a estadia não ultrapasse 6 meses. Para quem tem um visto dos Estados Unidos válido ou, então, já teve um visto canadense nos últimos 10 anos, é possível solicitar a ETA (Autorização Eletrônica de Viagem). Essa é uma permissão mais barata e rápida do que o visto tradicional, sendo aceita apenas para viagens aéreas (por vias terrestres e marítimas ainda é solicitado o visto tradicional).