Como grande parte das capitais brasileiras, Salvador também apresenta uma ampla variedade de hotéis para os turistas que optam por conhecer a região. As ofertas vão desde albergues e pousadas mais simples até grandes hotéis de luxo e resorts, portanto o viajante está bem servido quando a isso.

No entanto, lembre-se que é preciso reservar com bastante antecedência antes do Ano Novo e, principalmente, antes do Carnaval, época em que a rede hoteleira soteropolitana é muito requisitada. Nessas ocasiões muitas acomodações esgotam e os preços podem ficar bastante salgados, especialmente para aqueles que decidem tudo de última hora!

A cidade se divide em basicamente três áreas: Centro Histórico, onde fica o Pelourinho; Região Central, onde fica Barra e Rio Vermelho; e Litoral Norte, onde está Itapuã e Stella Maris, por exemplo. Levando essa disposição em conta, o Quanto Custa Viajar indica os melhores locais para se hospedar na capital baiana:

Centro Histórico

É onde está a maior concentração de hotéis da cidade, fato que garante bastante opção para o turista. Nessa região também ficam algumas das atrações turísticas mais conhecidas de Salvador, como o Pelourinho, além de teatros, museus e restaurantes tradicionais. É a área preferida pelos estrangeiros por essa razão, porém, é uma parte de Salvador insegura, principalmente à noite, e não tão bem cuidada assim. Esses pontos devem ser levados em consideração durante o seu processo de escolha. 

Barra

Localizado na região central da capital baiana, o bairro é um dos mais tradicionais de Salvador e agrada por ter opções de hospedagem mais em conta. Aqui ficam outros pontos turísticos bastante requisitados pelos viajantes, como os fortes de Santa Maria e São Diogo e o Farol da Barra. Também tem boas opções de entretenimento, como bares e restaurantes, e é uma região bem abastecida pela rede pública de transportes. Na Barra ainda ficam duas das praias mais movimentadas de Salvador, o Porto da Barra e o Farol da Barra, ambas com boa infraestrutura e consideradas as melhores para banho na região central.

Rio Vermelho

O tradicional bairro boêmio de Salvador também é uma boa opção de hospedagem para os turistas que vão em busca de uma agitada vida noturna. Apesar de ser um bairro mais residencial, há uma oferta boa de acomodações e o que não faltam são bares, restaurantes e boates para o viajante se esbaldar a partir do cair da noite. É nessa região ainda que ficam as barracas de acarajé mais tradicionais da capital baiana, como a da Cira, Regina e Dinha. No Rio Vermelho o mar não é para banho, mas com a repaginação da orla, é um dos locais mais indicados para caminhar e ver a paisagem. Lá ficam algumas redes famosas de hotéis, como o Golden Tulip, Mercure e Ibis.

Itapuã

Fica um pouco mais afastada do centro de Salvador, cerca de 20km distante de lá, o que configura como uma das últimas praias do litoral norte da cidade. Assim como Rio Vermelho, tem uma boa variedade de estabelecimentos de gastronomia e entretenimento, porém com valores mais acessíveis. Nesse bairro ainda ficam três praias bastante frequentada por locais – Itapuã, Farol de Itapuã e Placaford – além da Lagoa do Abaeté. Por ser uma região mais afastada, conta com vários hotéis de luxo e resorts.

Ondina

Bairro de classe média alta da cidade que conta com uma grande variedade de hotéis, indo dos mais baratos aos mais luxuosos, como o Othon Palace. A região é bastante frequentada no Carnaval, sendo o ponto final dos trios elétricos, e apresenta algumas estruturas importantes para a cidade, como o zoológico, o Palácio do Governador e a Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Salvador

Hospedagem em Salvador

menor valor maior valor
Pousada R$ 44,00 R$ 279,00
Albergue R$ 49,00 R$ 155,00
Apartamento R$ 52,50 R$ 4.520,00
Hotel R$ 110,00 R$ 585,00