Apesar de ser uma cidade de pequenas proporções, o turista deve se atentar para alguns fatores importantes quando for escolher a acomodação que ficará em Ouro Preto. O primeiro – e talvez mais importante deles – é saber se seu hotel possui estacionamento. Caso vá de carro, isso é essencial, pois parar seu automóvel na cidade não é das tarefas mais fáceis. Coloque tudo na ponta do lápis: muitas vezes vale mais a pena reservar um hotel um pouco mais caro com vagas para veículos do que pagar estacionamentos avulsos.

Outro ponto importante é entender onde a sua acomodação está localizada. A cidade possui muitas subidas, então fugir totalmente delas é quase impossível. De qualquer forma, evite se hospedar no topo das ruas mais íngremes, pois isso dificultará bastante a vida das suas pernas! Ficar nas imediações da Praça Tiradentes acaba sendo interessante justamente porque o viajante consegue aliar infraestrutura com um número menor de ladeiras!

Por se tratar de uma cidade histórica, muitas acomodações também são bastante antigas. Isso não chega a ser um problema, mas em muitos casos o estado de conservação dos hotéis não é muito bom e os preços podem ser bem abusivos. Dessa forma, leve sempre em consideração as opiniões dos outros hóspedes antes de fazer a sua escolha! Não se deixe levar pelas fotos dos sites de reservas, já que muitas vezes elas não expressam a realidade do estabelecimento.

Com isso em vista, o Quanto Custa Viajar elenca as melhores regiões para o turista se hospedar na histórica cidade mineira. São elas:

Centro Histórico

É onde praticamente tudo acontece em Ouro Preto. A regra é: quanto mais próximo da Praça Tiradentes, melhor! É aqui que está a maioria dos hotéis e pontos turísticos da cidade, além de oferecer uma boa infraestrutura para aqueles que se hospedam por lá. Além disso, essa região fica em uma área mais alta, o que facilita a locomoção do turista (que consegue evitar algumas subidas e descidas). Para quem quer vida noturna, é também no Centro Histórico que fica a maior concentração de bares, restaurantes e festas. Apesar de ser a área mais nobre da cidade, o turista consegue achar opções com um ótimo custo-benefício, como hostels mais econômicos, por exemplo. Essa é a opção mais indicada para aqueles que procuram por uma estadia bem tradicional no município, aproveitando tudo o que Ouro Preto tem a oferecer.

Santo Antônio do Leite

Esse distrito de Ouro Preto é conhecido por seu clima de paz e tranquilidade, além de ser um pouco mais rural. Quem se hospeda na região está buscando relaxar, especialmente em boa companhia. Por lá o que predominam são pousadas charmosas capazes de garantir uma estadia com clima de interior (mais ainda!). Santo Antônio do Leite é uma área um pouco mais afastada das principais atrações da cidade, então quem opta por lá acaba aproveitando mais o próprio bairro em si. Por essa configuração, com o passar dos anos, o distrito ganhou vida própria e desenvolveu bares, restaurantes e lojas de conveniência ao redor, suprindo bem as necessidades dos viajantes.

Mariana

Cidade vizinha, mas ainda assim fácil de ser acessada para aqueles que contam com carro durante a viagem. Essa é uma opção para aqueles que querem fugir da agitação de Ouro Preto, procurando aliar infraestrutura com paz e tranquilidade. Quem fica em Mariana também está fugindo das ladeiras e tem foco em fazer mais passeios bate-volta até a cidade vizinha. Se a sua ideia é conhecer outros municípios da região, com mais tempo disponível e calma, essa é também uma boa alternativa a ser cogitada.

 

 

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Ouro Preto

Hospedagem em Ouro Preto

menor valor maior valor
Albergue R$ 60,00 R$ 190,00
Apartamento R$ 120,00 R$ 400,00
Pousada R$ 120,00 R$ 630,00
Hotel R$ 227,00 R$ 415,80