Principal base para aqueles que pretendem visitar a Chapada Diamantina, Lençóis desponta como destino certo para quem gosta de ecoturismo. Isso porque é lá que fica a maior infraestrutura para acomodar os viajantes que planejam conhecer esse espetáculo da natureza situado no interior da Bahia. O que a maioria dos mochileiros opta por fazer é eleger um, dois ou três pontos para se hospedar durante a sua viagem. Essa locomoção toda acontece porque os pontos de interesse estão espalhados pelas dezenas de municípios que margeiam o Parque Nacional da Chapada Diamantina, sendo mais interessante pernoitar em diferentes lugares para cobrir a maior parte de pontos de interesse.

Por ser a mais desenvolvida cidade da região, Lençóis é a que atrai o maior número de turistas. Abaixo, o Quanto Custa Viajar elenca as melhores áreas do município e arredores para você fazer a sua estadia. São elas:

Centro

É onde a vida borbulha na cidade baiana. Por lá fica a maior disponibilidade de hotéis, pousadas, restaurantes, bares, lojinhas, agências de turismo, pontos de conveniência e locadoras de carros. É no centro também que se pode ver a mais democrática oferta de acomodações, com disponibilidade desde hostels mais econômicos até hospedarias de luxo instaladas em casarões antigos. Falando nisso, essa é a parte da cidade mais charmosa, pois as antigas construções do século 19, aliadas ao chão de pedra, garantem momentos deliciosos ao turista que parece ser transportado para tempos passados. Para muitos é considerada a única região viável para ficar, especialmente por aqueles que não dispõem de veículo próprio, pois a infraestrutura ao redor dá conta da locomoção a pé. Alguns lugares que valem a sua atenção é o Chapada Hostel (instalado em uma casa colorida do século 19), o Hotel de Lençóis (que oferece jardim, piscina, restaurante, adega e massagens), o Portal Lençóis (com vista panorâmica para o Parque Nacional), a Pousada Serrano (que garante centro de bem-estar e SPA) e a Pousada Bons Lençóis (que organiza passeios a pé, trilhas e passeios de bicicleta e cavalo).

Tanquinho

Situado a cerca de 20km do centro da cidade, esse é o local onde fica o Aeroporto de Lençóis (LEC). É, portanto, uma opção para aqueles que já dispõem de carro e não se incomodarão em percorrer uma distância maior diariamente. Por ser mais distante também, a região conta com hospedagens que são mais em conta do que as existentes na área central.

Vale do Capão

Localizada a 70km do centro de Lençóis, essa região pertence ao município de Palmeiras. É parada obrigatória para quem pretende conhecer a Cachoeira da Fumaça, um dos cartões-postais da Chapada Diamantina. Nesse caso, é indicado que o turista que está em Lençóis faça ao menos um pernoite em Vale do Capão para conseguir aproveitar melhor o passeio (além de ter a chance de conhecer as belezas naturais ao redor dessa nova região). Por lá o clima que predomina é mais naturalista, com boa oferta de hotéis, pousadas e restaurantes, mas tudo em clima zen e tendência vegetariana. Também é indicado ter carro devido às distâncias já elevadas em relação ao centro da cidade mais estruturada da região.

Fora do centro

Há ainda pousadas e hotéis bem estruturados fora do burburinho da cidade. Enquanto a região central compreende estabelecimentos que estejam a até 500 metros de distância, por aqui a locomoção é um pouco maior (entre 1km e 2km). Apesar disso, por estarem mais afastadas, as acomodações que aqui se encontram costumam garantir conforto ao turista – assim como aquele sentimento gostoso de paz e tranquilidade. Para ficar nessa área é indicado ter carro, mesmo que ainda seja possível ir e voltar ao centro caminhando todos os dias.

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Lençóis

Hospedagem em Lençóis

menor valor maior valor
Albergue R$ 90,00 R$ 180,00
Pousada R$ 121,99 R$ 558,00
Apartamento R$ 315,00 R$ 315,00