• Café da manhã

    R$12.00 R$15.96 R$18.36
    R$ 12,00 R$ 15,96 R$ 18,36
    Baixo custo Econômico Conforto
  • Almoço

    R$30.00 R$42.00 R$60.00
    R$ 30,00 R$ 42,00 R$ 60,00
    Baixo custo Econômico Conforto
  • Jantar

    R$60.00 R$72.00 R$90.00
    R$ 60,00 R$ 72,00 R$ 90,00
    Baixo custo Econômico Conforto

Guia Alimentação em Gramado

Come-se muito bem na cidade de Gramado. A boa mesa é garantia para quem viaja para o munícipio, já que são muitas as opções de restaurantes. É possível encontrar dos mais simples lanches aos requintados pratos da culinária francesa, suíça, italiana e, especialmente, alemã, que é uma cultura bastante forte na cidade. Além disso, há também opções menos óbvias, como bons buffets por quilo, restaurantes japoneses e hamburguerias.

A convergência da generosa mesa dos imigrantes com a tradição do espeto corrido dos gaúchos resultou em cultura gastronômica rica, em que o sistema de rodízio foi levado a outras especialidades. Existem sequências de fondue, de galetos e massas, além dos cafés coloniais e churrascarias. As porções fartas são uma característica dessa região, então vale sempre perguntar quantas pessoas servem o prato que você pretende pedir. Dessa maneira você evita desperdícios e pode até economizar.

Jantar uma fondue é um programa clássico e que combina perfeitamente com o clima da cidade, considerada uma verdadeira Suíça brasileira. A experiência é oferecida em inúmeros restaurantes com valores para todos os bolsos. A refeição geralmente é servida em três etapas. Na primeira rodada, fondue de queijo; no segundo round é a vez da fondue de carne e, no terceiro turno, é a vez da fondue de chocolate.

Já o galeto é um verdadeiro nativo da região, um prato de origem italiana considerado um dos mais tradicionais da culinária gaúcha. Nos restaurantes, o ritual começa com uma sopa de cappeletti e depois são trazidos à mesa a salada de radici (almeirão verde com bacon crocante), polenta, maionese, espaguete e o astro principal: o galeto assado em pedaços. Um dos restaurantes mais tradicionais a servir a iguaria em Gramado é o Nonno Mio.

Fora do sistema de galeto, e uma das mais clássicas cantinas italianas da cidade é a Cantina Pastaciutta - com pratos de massas muito bem servidos, feitos para compartilhar, e uma excelente mesa de antepastos. O ambiente é decorado com salames pendurados no teto e toalhas de mesa quadriculadas. Você escolhe o tipo de massa e depois o molho que ela irá acompanhar, são mil e uma combinações

Ainda em clima italiano, vale lembrar que a sobremesa oficial das cidades da Serra Gaúcha é o sagu com creme. Mas, como Gramado tem muitas fábricas de chocolate, estas também são uma boa opção para sobremesa. Algumas delas têm alguns estabelecimentos que atendem bem esse quesito, como é o caso da Casa da Velha Bruxa e da Caracol Gourmet, ambos restaurantes pertencentes a fábricas, com ótimos menus e que servem deliciosos chocolates quentes!

Os cafés coloniais dividem-se entre os mais tradicionais e os que oferecem uma infinidade de comidas. Há os mais típicos alemães, com delícias da Oma (vovó em alemão) todas bem caseirinhas. Além dos maiores da cidade, alguns com mais de oitenta pratos, misturando comida de café da manhã, almoço, lanche e jantar em uma única refeição, como é o caso do Bela Vista.  

Outra parada culinária é a Casa do Colono de Gramado. Impossível ir até a cidade e não provar uma das cucas fumegantes que saem do forno à lenha do local. Lá há também deliciosos produtos artesanais que podem ser comprados para levar para casa, como queijos, embutidos, sucos, geleias, biscoitos, entre outros.

As lancherias (como os gaúchos chamam as lanchonetes) também estão presentes na cidade. E não dá para voltar para casa sem provar um “xis” à moda gaúcha. Tradicional lanche servido do Rio Grande do Sul, o xis é um sanduíche reforçado, preparado com ingredientes simples. Uma boa pedida é o Xis-coração, feito com coraçõezinhos de frango picados, uma das maiores iguarias do fast food gaúcho.