Ao contrário de muitas capitais brasileiras onde a rede hoteleira está pulverizada pelos quatro cantos da cidade, Curitiba tem um foco menos diversificado quando o assunto é hospedagem. Os melhores hotéis, pousadas e hostels ficam concentrados em poucas regiões da capital paranaense, então para fugir à regra o turista contará com pouquíssimas opções. O ponto bom é que a cidade é relativamente barata nesse sentido, então até mesmo os estabelecimentos mais sofisticados contam com preços mais modestos. Em todo caso, a cidade apresenta opções para todos os bolsos, o que não deve dificultar a vida do turista na hora de decidir onde passar a sua estadia.

Abaixo, o Quanto Custa Viajar lista as regiões mais indicadas para quem pretende conhecer a cidade. São elas:

Centro

Como já era de se esperar, a região central de Curitiba fica perto da maioria das atrações turísticas, permitindo ao turista fazer boa parte dos passeios a pé. O ponto de atenção fica por conta de um ponto bem característico dos centros das cidades brasileiras: ela não é uma área muito segura. Com o cair da noite, não é aconselhável andar pelas ruas (apesar de não ser uma região terrível nesse sentido, principalmente se comparada às áreas centrais de outras capitais, como São Paulo e Rio de Janeiro, a região requer um pouco mais de atenção). Na região do centro próxima à fronteira com o Batel a segurança aumenta e a oferta de hotéis continua interessante. O centro conta com algumas boas opções de hospedagem, como o Pestana Curitiba e o Hotel Lancaster.

Batel

Localizado ao lado do centro, é o primo rico da região anterior. Mesmo que estejam colados, é bastante visível a diferença entre um e outro, especialmente quando se leva em consideração a sofisticação dos estabelecimentos. Além do mais, a área conta com uma infraestrutura interessante, com muitos bares, restaurantes, lojas e casas noturnas. O bairro também é mais seguro do que o centro da cidade, com ruas mais arborizadas e uma arquitetura bastante bonita. Hotéis de redes internacionais ficam em sua grande maioria aqui, como o Radisson Hotel Curitiba e o Four Points By Sheraton Curitiba. Por todos os seus atrativos, é eleita por muitos como a melhor região de hospedagem na capital paranaense.

Centro cívico

Como localização próxima ao centro da cidade, essa região tem como principal ponto de referência o Museu de Oscar Niemeyer, além de prédios governamentais. Não conta com tantas opções de hospedagem como as duas regiões anteriores, mas mesmo assim tem algumas opções interessantes, especialmente quando aos preços são levados em consideração. São acomodações mais simples e baratas, mas que contam com uma localização interessante. É a indicação para aqueles que querem economizar e para quem vem à cidade a trabalho. Alguns dos hotéis que se destacam na região são o Ibis Curitiba Centro Cívico e o Bristol Centro Cívico Hotel.

Mercês

Opção menos óbvia, mas que deve ser levada em consideração especialmente por mochileiros. A região, que é relativamente próxima ao Parque Barigui, conta com um número interessante de hostels, além de bom abastecimento da rede pública de transportes. Também é um bairro tranquilo e seguro, possibilitando ao viajante transitar despreocupado pela área.

São José dos Pinhais

Localizada a 18km de Curitiba, a cidade vizinha tem como principal ponto positivo à proximidade ao Aeroporto Internacional de Curitiba (Afonso Pena). Essa é uma indicação para aqueles que estão de passagem pela cidade, geralmente com somente uma noite por lá, ou ainda que vão à capital paranaense com propósito de trabalho. Um dos locais que mais se destaca na região é o Rio Hotel by Bourbon Curitiba, que conta com dependências modernas e preços convidativos.

 

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Curitiba

Hospedagem em Curitiba

menor valor maior valor
Albergue R$ 46,00 R$ 147,00
Pousada R$ 60,00 R$ 220,00
Hotel R$ 70,00 R$ 389,46
Apartamento R$ 85,50 R$ 340,00

Lugares baratos para ficar em Curitiba

Média de preços por dia