Circular por uma ilha é uma situação de extremos: pode ser muito fácil ou muito difícil. Isso porque a infraestrutura encontrada pode ser muito mais simples do que de costume, onde ônibus são escassos e demoram a passar. Em St.Johns, táxis e carros podem valer a pena e as bicicletas podem ser alugadas por dia, sendo uma boa opção...

Leia Mais

Atrações turísticas em Saint Johns

Guia Saint Johns

Circular por uma ilha é uma situação de extremos: pode ser muito fácil ou muito difícil. Isso porque a infraestrutura encontrada pode ser muito mais simples do que de costume, onde ônibus são escassos e demoram a passar. Em St.Johns, táxis e carros podem valer a pena e as bicicletas podem ser alugadas por dia, sendo uma boa opção para quem quer economizar.

St. John’s é uma cidade cercada de verde e de belas praias de águas calmas e cristalinas, todas são abertas ao público. As praias de Dickenson Bay e Runway Bay são as mais famosas da ilha, repleta de resorts, restaurantes e quiosques. Galley Bay costuma atrair surfistas e Fort James é onde se reúnem os locais, sem tanto apelo turístico.

Mais ao sudoeste, região montanhosa de Antigua, há algumas praias que valem a viagem, como as tranquilas e remotas Doigs Beach e Rendezvous Bay. No canto sudeste, o Parque Nacional Half Moon Bay é um passeio agradável para toda a família, com recife protegido e muito bonito.

Os esportes aquáticos não podem ficar de fora da viagem. Mergulho, vela, windsurf e kitesurf são algumas das modalidades mais praticadas, desde iniciantes até profissionais. Em Dickenson Bay há bastante infraestrutura para as atividades esportivas, incluindo o cricket, a paixão da ilha.

Não deixe de visitar a Catedral barroca, construída em 1845. Vá até a torre para ter uma vista deslumbrante dos arredores, assim como se vê em Shirley Heights Lookout. Para ficar por dentro da história da ilha, o Museu de Antigua e Barbuda, instalado numa casa colonial de 1750, traz peças arqueológicas, artefatos e outros itens que revelam os primórdios do lugar.

Ainda na parte histórica, o Fort James é um forte que começou a ser construído em 1706 na entrada do antigo porto de St. John’s. Hoje, apenas um canhão sobrevive, tornando-se ponto para fotografias. Na mesma área está o cais, pratrimônio da cidade, que reúne o colorido comércio local. É por lá que se encontram obras de arte, artigos de couro, porcelana, cristal e grifes, incluindo relógios e jóias.

Nas manhãs de sexta-feira e sábado, visite o mercado de fazendeiros locais, no extremo sul da cidade. É por lá que se reúnem artesanatos, frutas tropicais coloridas, e uma multidão pronta para um café da manhã animado.

Outro passeio bacana e diferente é percorrer as plantações de banana, manga e coco em Fig Tree Drive, onde há ainda o Black Pinneapple, um abacaxi preto, típico da região. Ao longo do caminho podem haver muitas casas abandonadas, devido uma tradição religiosa. Se um membro da família morre dentro do local, todos devem sair e deixar que o tempo a destrua.