• Café da manhã

    €7.24 €9.12 €11.02
    R$ 48,78 R$ 61,45 R$ 74,25
    Baixo custo Econômico Conforto
  • Almoço

    €11.52 €14.40 €18.72
    R$ 77,62 R$ 97,03 R$ 126,14
    Baixo custo Econômico Conforto
  • Jantar

    €14.40 €18.00 €23.40
    R$ 97,03 R$ 121,28 R$ 157,67
    Baixo custo Econômico Conforto

Guia Alimentação em Colônia

Localizada às margens do Reno, a gastronomia típica da quarta maior cidade da Alemanha tem semelhanças com outras cidades localizadas na região norte do rio, ou seja, no estado da Renânia do Norte-Vestfália. Levando em suas receitas uma mistura de carnes e temperos com toque doce, a culinária local é de bastante sustância e, por isso, nem sempre é bem encarada pelos turistas com predileção por pratos mais leves. Já para aqueles que querem repor as energias depois de um cansativo dia de exploração e caminhadas pela cidade, as iguarias de Colônia vem bastante a calhar.

O prato mais tradicional por lá é o Rheinischer Sauerbraten. E apesar de o nome parecer mais um xingamento, o clássico consiste em nada menos do que carne bovina marinada com vinagre e especiarias para, então, ser assada e servida com molho adocicado de vinho tinto e uvas passas. Há versões que incluem ainda maçã e amêndoas na calda. Note que aqui a intenção é quebrar a acidez da carne (que foi marinada no vinagre) com um molho mais doce que faz o balanceamento da receita. Como acompanhamento, o rheinischer traz bolinhos de batatas, repolho roxo e purê de maçã.

Outro clássico da região do Reno é o Himmel un ääd, que em dialeto local significa “céu e terra”. E o que esse prato garante ao viajante é uma mistura inusitada, além de fazer a promessa de unir o que há de melhor dos dois elementos vitais para a mãe natureza A receita consiste em morcilha (um chouriço de sangue, que é basicamente uma linguiça feita de sangue, gordura e temperos) acompanhada por purê de batatas, compota de maçã e cebolas fritas. Mais uma vez, a forte morcilha é balanceada com a leveza das batatas e da maçã para garantir um prato mais equilibrado ao turista.

Outra comida muito encontrada nas mesas dos restaurantes de Colônia é o Reibenkuchen. A iguaria consiste em panquecas de batatas que podem ser consumidas tanto como prato principal quanto como sobremesa. Para quem prefere a versão salgada, o reibenkuchen geralmente vem acompanhado por creme de queijos. Na sua versão doce, o clássico traz compota de maçã como acompanhamento.

Agora se a ideia é comer algo mais rápido, não deixe de fora o Döner Kebab. Por mais que não seja específica de Colônia, a iguaria é a queridinha dos alemães quando o assunto é comida de rua. O sanduíche consiste em uma mistura turca de pão com salada, levando ainda molho de iogurte e carne de cordeiro ou frango. O döner kebab pode ser encontrado em diversas barraquinhas pela cidade, garantindo uma opção fácil ao turista especialmente no almoço. Apesar de a receita original levar carne, hoje em dia há versões vegetarianas, com recheio de falafel (bolinho de grão de bico) ou queijo feta, por exemplo. Vale dizer que atualmente mais de 50 mil turcos vivem em Colônia, sendo por essa razão a comida bastante disseminada pelos quatro cantos do município.

Agora quando o assunto é bebida, não vá embora antes de experimentar uma Kölsch Bier, a cerveja mais tradicional de Colônia. Disponibilizada pela maioria dos restaurantes, bares e pubs da cidade, a bebida fermentada é uma verdadeira mania regional. Servida em um copo comprido e fino, a Kölsch é o principal “combustível” das cervejarias artesanais da cidade. Inclusive, por lá, os garçons têm o costume de trazerem uma Kölsch atrás da outra, mesmo que o cliente não peça nada. Para parar, você deve colocar a bolacha da cerveja sobre a boca do copo. Outro ponto interessante se refere ao controle da bebida: o garçom marca na bolacha, com caneta, o número de cervejas ingeridas pelo cliente, como se fosse uma comanda.