Mesmo que seja a terceira maior cidade do Pará e porta de entrada para o Alter do Chão, Santarém não dispõe de uma rede hoteleira muito ampla e diversificada para os turistas. Enquanto o distrito de Alter evoluiu em qualidade e quantidade de acomodações (em função da popularização do destino turístico), a cidade onde a pequena aldeia está localizada vai na contramão dessa tendência e está longe de ser referência em hotelaria. Portanto, salvo raras exceções, quem se hospeda na cidade paraense paga valores mais caros do que as hospedagens valem, além de receber um atendimento muitas vezes questionável e longe da excelência esperada.

Abaixo, o Quanto Custa Viajar elenca as melhores regiões para se hospedar no município. São elas:

Orla do Rio Tapajós

Passando por vários bairros que margeiam o principal atrativo local, a avenida beira-rio é uma excelente opção para aqueles que procuram um lugar bem localizado e movimentado para se hospedar. Isso porque a vida de Santarém basicamente gira em torno do rio, que além de ser o principal atrativo turístico é ainda um alívio climático para a cidade de altas temperaturas. Ficar por lá, portanto, significa ganhar uma brisa mais convidativa das águas do Tapajós, minimizando as características equatoriais da região. Há algumas opções de hotéis na orla, inclusive com preços acessíveis, portanto a área é uma boa pedida para o turista que pretende passar ao menos um dia na urbe.

Centro

É onde está a grande maioria da infraestrutura do município. Por lá estão as lojas de comércio, pontos de conveniência, restaurantes e bares da cidade. É na região central ainda que se concentra a maior oferta da rede hoteleira, mesmo que as opções não sejam tão diversificadas assim (especialmente se comparadas a cidades brasileiras de turismo bem desenvolvido). Ao eleger o centro para se hospedar, o viajante tem a facilidade de estar próximo à avenida beira-rio, como também dos pontos turísticos de Santarém. Para aqueles que querem fazer um pit-stop antes de seguir para o Alter do Chão, é uma opção de conhecer a parte mais urbanizada da cidade. É ainda na região central que acontece o maior abastecimento da rede de transportes públicos.

Aldeia / Liberdade

Aldeia é o primeiro bairro de Santarém (na época chamado de Aldeia de Tapajós). É no local que se encontra o Mercado Modelo, na Praça Rodrigues dos Santos, além de a área contar com algumas opções de hotéis. Esse bairro deve ser cogitado por aqueles que querem ficar perto do centro e precisam também de boa rede de transportes públicos. Já em Liberdade o destaque é a praça que leva o mesmo nome do bairro (o local foi construído em homenagem à abolição da escravatura). É lá também que fica o Barrudada Tropical Hotel, um dos complexos hoteleiros mais modernos, sofisticados e bem equipados da região. Por ser uma das acomodações mais requisitadas da cidade, elevou o bairro a um dos mais procurados também.

Alter do Chão

Situado a 38km do centro, o distrito com cara de pequena aldeia ganhou repercussão nacional por conta das suas belíssimas praias fluviais. Inclusive, o jornal britânico The Guardian elegeu o local como o detentor da mais bonita praia de rio do mundo todo. Não é de se espantar que isso tenha trazido uma popularidade repentina para a região, fazendo com que turistas ligados ao ecoturismo passassem a adotar o Alter do Chão como destino de férias. Ao contrário do que acontece em grande parte de Santarém, por lá as pousadas e hotéis são estruturados e adequados para o turismo. Inclusive, a rede hoteleira de Alter do Chão triplicou a disponibilização de leitos nos últimos anos, fato que corrobora o sucesso turístico da pequena vila.

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Santarém

Hospedagem em Santarém

menor valor maior valor
Pousada R$ 153,00 R$ 153,00
Hotel R$ 180,00 R$ 330,00
Apartamento R$ 225,00 R$ 342,00