Por suas características de cidade administrativa, Brasília apresenta um contexto complicado para quem pretende ir à cidade com propósito de turismo. Isso porque durante os dias úteis a rede hoteleira está totalmente lotada e, portanto, os preços são sempre muito salgados. É quase impossível achar um hotel bom e barato de segunda a sexta, época em que o turismo de negócios está fervendo no Distrito Federal. Se houver a possibilidade, tente fazer sua viagem durante um final de semana, quando os preços das hospedagens estão mais convidativos.

A maioria dos hotéis da região possui 3 e 4 estrelas e se concentra na Asa Sul e na Asa Norte, regiões nobres da cidade. Essas também são as áreas mais indicadas para o turista se hospedar, pois é entre elas que ficam as principais atrações turísticas de Brasília. Tenha consciência que se fugir dessas localidades, você provavelmente estará bem distante da maioria dos pontos de interesse e precisará gastar bastante com táxis e ubers (uma vez que o transporte público não é muito eficiente por lá).

Veja abaixo as características dos melhores setores para se hospedar no Distrito Federal:

Asa Norte

É um bairro mais novo do que a Asa Sul e, portanto, tem menos trânsito e apresenta ares de modernidade. Porém, os hotéis ficam em uma sub-região do local, chamada Setor Hoteleiro Norte (SHN). Por lá, o turista vai encontrar apenas hotéis, empresas e shoppings, não existindo a infraestrutura tradicional de comercio tão comum às principais regiões de outras cidades. Aos finais de semana, inclusive, o SHN fica praticamente deserto, mas ainda aparece como uma boa opção para o viajante devido a sua localização estratégica. O bairro não possui metrô, mas dependendo de onde o seu hotel estiver localizado é possível caminhar até a Rodoviária do Plano Piloto, que faz conexão com a linha de metrô.

Asa Sul

É a porta de entrada de Brasília para quem chega ao local de avião. Assim como acontece na Asa Norte, esse bairro possui uma sub-região chamada Setor Hoteleiro Sul (SHS). É lá que estão alguns dos hotéis mais procurados pelos turistas, especialmente pelas facilidades que a Asa Sul apresenta: o distrito é servido por diversas estações de metrô, além de contar com bares, restaurantes e o Shopping Pátio Brasil para dar conta do movimento. Apesar disso, o local também fica desabitado aos finais de semana e nos períodos noturnos torna-se mais perigoso, não sendo incomum ver viciados em drogas e prostitutas. Esqueça as pousadas e pensões baratas da avenida W3 Sul. Elas são irregulares e frequentemente são fechadas por fugirem da legislação!

Vila Planalto

É um bairro que foge do padrão da cidade pela sua falta de planejamento. Se assemelha mais à uma cidade de interior, mas você só deve cogitar se hospedar aqui se tiver carro (pois falta um pouco de infraestrutura à região). De qualquer forma, é nessa área que ficam dois famosos hotéis 5 estrelas do Distrito Federal: o Royal Tulip Brasília e o Brasília Palace. Conta com bons restaurantes a uma curta distância, assim como acomoda o Palácio da Alvorada.

Taguatinga

É a principal cidade-satélite de Brasília que desponta como um importante centro comercial da região. Fica a 25km de distância do Distrito Federal, mas conta com uma estação de metrô que faz conexão com a Rodoviária de Brasília. Os hotéis em Taguatinga são mais novos e baratos e, por isso, a cidade aparece como uma opção. De qualquer forma, vale lembrar que o trânsito é bastante complicado em horários de pico, além de a cidade não ser muito bonita nem ter muitos atrativos. Como ponto negativo também está a criminalidade, que apresenta índices altos.

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Brasília

Hospedagem em Brasília

menor valor maior valor
Pousada R$ 56,00 R$ 170,00
Apartamento R$ 90,00 R$ 500,00
Albergue R$ 121,86 R$ 215,10
Hotel R$ 140,00 R$ 651,00

Lugares baratos para ficar em Brasília

Média de preços por dia