Pesquise e compre sua passagem para Ushuaia

Aeroporto em Ushuaia

Apesar de ser considerado o “fim do mundo”, Ushuaia tem seu próprio aeroporto, o Aeroporto Internacional de Ushuaia - Malvinas Argentinas. Por ser de pequeno porte e operar principalmente rotas nacionais, você não encontrará passagens para Ushuaia em voos diretos saindo do Brasil, mas bastará uma escala para chegar ao destino.

De São Paulo, é possível voar com a Aerolíneas Argentinas ou a Latam, fazendo uma conexão em Buenos Aires. As viagens duram a partir de 8 horas e meia, já com o tempo de parada incluído. Partindo de outras capitais brasileiras, também não será difícil chegar ao Ushuaia com apenas uma conexão durante o trajeto. Na hora de comprar sua passagem, é importante ficar atento, pois algumas rotas exigem mudança de aeroporto em Buenos Aires durante a conexão. Se for possível, evite-as.

Quem se cansa com viagens longas pode optar por um stop over na capital argentina. Dormir uma noite na cidade e seguir viagem até o Ushuaia no dia posterior é uma boa maneira de chegar descansado ao destino - e, de quebra, aproveitar um pouquinho o clima de Buenos Aires.

O “internacional” presente no nome do aeroporto se justifica por uma única rota que funciona entre novembro e março, com saídas de Punta Arenas, no Chile, e operada pela chilena Aerovías Dap. A companhia aérea estadual da Argentina, a Lade, também oferece alguns voos com destino ao Ushuaia.

O Aeroporto Malvinas Argentinas conta com somente duas salas de embarque, além de uma sala VIP com capacidade para 24 pessoas. Há também restaurante e cafeteria para quem pretende comer alguma coisa antes do embarque. Outras facilidades são caixas eletrônicos, uma casa de câmbio operada pelo Banco Provincia Tierra del Fuego e agências de aluguel de veículos.

Embora seja um terminal pequeno, ainda assim é recomendado chegar ao aeroporto com pelo menos duas horas de antecedência dos voos, pois as filas para o check in e para despachar a bagagem podem ser grandes em determinadas épocas do ano.

Para sair do local, os viajantes podem optar por táxis, com preços cobrados de acordo com o taxímetro, ou por remises (carros particulares com licença para operar como transporte), com valor fechado. Independente da escolha, as corridas não costumam sair caras.

Quem pretende alugar um carro para circular durante a viagem pode fazer isso já na chegada ao aeroporto. Dessa forma, o viajante terá mais facilidade de locomoção durante a estadia e poderá se dirigir até a acomodação no veículo alugado.