Espalhada ao redor da Table Mountain, até chegar à orla do Cabo da Boa Esperança, a Cidade do Cabo, capital legislativa da África do Sul, tem atrativos perfeitos para quem ama a natureza e também não deixa de lado a badalação urbana.

A Table Mountain é presença marcante...

Leia Mais

Atrações turísticas em Cidade do Cabo

  • Cabo da Boa Esperança

    Cabo da Boa Esperança

    Adulto Rs147.00 R$ 40,10
    Criança Rs76.00 R$ 20,73
    Ir para o site
  • Funicular Flying Dutchman (Cabo da Boa esperança)

    Funicular Flying Dutchman (Cabo da Boa esperança)

    Adulto Rs70.00 R$ 19,10
    6 a 16 Rs30.00 R$ 8,18
    Ir para o site
  • Teleférico Table Mountain

    Teleférico Table Mountain

    Adulto Rs293.00 R$ 79,94
    4 a 17 anos Rs141.00 R$ 38,47
    Ir para o site
  • Tour para Ilha Robben

    Tour para Ilha Robben

    Adulto Rs360.00 R$ 98,22
    Criança Rs200.00 R$ 54,56
    Ir para o site
  • Aquário Two Oceans

    Aquário Two Oceans

    Adulto Rs175.00 R$ 47,74
    14 a 17 anos Rs130.00 R$ 35,47
    4 a 13 anos Rs85.00 R$ 23,19
    Ir para o site
  • Jardim Kirstenbosch

    Jardim Kirstenbosch

    Adulto Rs65.00 R$ 17,73
    6 a 17 anos Rs15.00 R$ 4,09
    Ir para o site
  • Museu Six District

    Museu Six District

    Rs40.00 R$ 10,91
    Ir para o site
  • Galeria Nacional

    Galeria Nacional

    Adulto Rs30.00 R$ 8,18
    6 a 18 anos Rs15.00 R$ 4,09
    Ir para o site
  • Museu Sul Africano

    Museu Sul Africano

    Adulto Rs30.00 R$ 8,18
    6 a 18 Rs15.00 R$ 4,09
    Ir para o site
  • Gruta Constantia (Degustação de vinho)

    Gruta Constantia (Degustação de vinho)

    Rs95.00 R$ 25,92
    Ir para o site

Guia Cidade do Cabo

Espalhada ao redor da Table Mountain, até chegar à orla do Cabo da Boa Esperança, a Cidade do Cabo, capital legislativa da África do Sul, tem atrativos perfeitos para quem ama a natureza e também não deixa de lado a badalação urbana.

A Table Mountain é presença marcante na cidade. De todos os lugares da cidade é possível avistá-la. A montanha dá nome ao parque nacional que abriga zebras, antílopes, babuínos e mais de 2 mil espécies de plantas. De cima, a mil metros de altura, é possível contemplar as praias e o belo estádio Green Point. A subida é feita por bondinho que permite uma vista panorâmica da cidade.

Uma das alternativas para percorrer vários pontos turísticos é “cair na estrada” e fazer um passeio pela península do Cabo. O passeio completo dura um dia e consiste em contornar a península de carro, passando por diferentes pontos e parando naqueles que considerar mais extraordinários. As paisagens são incríveis, com muito verde, montanhas e o mar belíssimo.

Pelo caminho, boas paradas são a Hout Bay e o percurso que explora a Chapman's Peak Drive, que tem uma vista digna de filme. Outra parada é o Cape Point, onde você pode parar para almoçar e conhecer o bonito farol que existe no lugar.

Por fim, é preciso parar na Boulders Beach, praia habitada por cerca de 3 mil pinguins, e o Kirstenbosch Botanical Gardens. Neste último, a boa pedia é uma caminhada, um piquenique e admirar todas as belas flores. Se der sorte, você poderá encontrar a king protea, a flor nacional do país.

Outro ponto importante da cidade é Cabo da Boa Esperança, a famosa península no sul do continente africano que foi contornada pela primeira vez em 1488, por Bartolomeu Dias. O lugar também é conhecido como "Cabo das Tormentas", devido à grande quantidade de tempestades e ventos presentes na região. Macacos babuínos podem ser avistados nas praias do parque nacional do Cabo da Boa Esperança.

Passeando de carro também é possível as várias praias da Cidade do Cabo, todas muito belas, de areia fininha e branca. Não à toa, a cidade é destino de muitos surfistas, que se esbaldam nas águas do Oceana Atlântico. As melhores praias para pegar onda são Kalk Bay, Outer Kom, Misty Cliffs, Milnerton, Table View ou Big Bay.

Por sua vez, Camps Bay é a praia mais badalada do Cabo. Não bastassem a água cristalina e o fato de ser um ponto ótimo para admirar o pôr-do-sol, o local também perfeito para tirar uma foto dos Doze Apóstolos, formação rochosa que faz parte da Table Mountain.

Um fato interessante é que quem visita a praia quase não entra no mar, pois essa região tem águas bem geladas. Outro fator que não colabora para que o mar fique cheio de pessoas são os tubarões. Mas, se o desejo é por conhecer os animais de forma menos arriscada, há agências especializadas que organizam mergulhos radicais com os temidos animais marinhos.

O centro da Cidade do Cabo é um lugar que não pode passar em branco no roteiro de quem visita a urbe. A área tem vários pontos turísticos interessantes, entre eles o The Company's Garden, o Castelo da Boa Esperança, o planetário, a Catedral de São Jorge e a Long Street. Esta última é a prova da surpreendente agitação sul-africana. A sua versão diurna evidencia albergues, comércios, livrarias, galerias, lojas de produtos naturais. Já a Long Street noturna dá espaço para a movimentação de restaurantes, bares e baladas. Aliás, há uma infinidade de bares e baladas para todos os gostos em regiões da cidade como Tamboerskloof, Loop Wale e Orange Street.

O bairro muçulmano de Bo-Kaap ou “quarteirão malaio” é famoso pelas casas coloridas, mesquitas e lojinhas repletas de aromas exóticos. Na área central da Cidade do Cabo, o lugar é considerado uma favela e, ao mesmo tempo, simboliza um pouco da miscigenação da cultura sul-africana.  Por ali, vivem, juntos, descendentes de escravos, indianos e muitos muçulmanos.

Woodstock é outro bairro que vale a visita. Até pouco tempo atrás estava abandonado e decadente, mas, depois de passar por uma revitalização, está se transformando em um reduto artístico, com lojas descoladas e ateliês. Aos sábados, em um antigo galpão, acontece o Neighbourgoods Market, com várias barraquinhas de roupa, comida, bijuterias e cerâmica.

Para saber mais sobre o apartheid, a parada é a região do Distrito Seis. O local até os anos 60 era uma mistura boêmia de moradores indianos, negros, muçulmanos e brancos, quando então foi demolido pelo governo para forçar a separação racial. A história da região está documentada no District Six Museum - uma antiga igreja que já foi centro de atividade antiapartheid e hoje mantém uma exposição permanente de fotos e objetos do bairro desaparecido.

Constantia é uma área muito famosa pela produção de vinhos e por ter vinícolas bem antigas, como é o caso da Groot Constantia. As paisagens são belas, especialmente quando as plantas estão cheias de cachos da fruta.

A Robben Island também é um dos grandes símbolos da época e um dos principais pontos turísticos do Cabo. A ilha foi uma prisão durante muitos anos e foi onde Nelson Mandela cumpriu 17 dos 27 anos de sua pena. O local foi transformado em um museu e mantém objetos dos antigos presos.

Vale registrar ainda que província de Western Cape, da qual a Cidade do Cabo faz parte, não é a melhor região do continente para os safáris. No entanto, existem algumas opções que podem dar um gostinho de uma aventura como essa.