Será que vale a pena alugar um carro em Paris?

Pesquise e reserve seu carro em Paris:

Categoria Mini

valor médio de uma diária

Categoria Economy

valor médio de uma diária

Categoria Midsize

valor médio de uma diária

Categoria Standard

valor médio de uma diária

Categoria Full Size

valor médio de uma diária

Categoria Luxury

valor médio de uma diária

Categoria Compact

valor médio de uma diária

Categoria Convertible

valor médio de uma diária

Categoria Van

valor médio de uma diária

Categoria SUV

valor médio de uma diária

Categoria Minivan

valor médio de uma diária

Guia aluguel de carros em Paris

Será que vale a pena alugar um carro em Paris?

A primeira coisa a considerar antes de decidir sobre alugar ou não um veículo durante sua estadia na Cidade Luz é o que você pretende fazer enquanto estiver por lá. Pense que o destino possui uma ótima rede de metrô, com 16 linhas e mais de 300 estações. Apesar de bastante útil e econômico, o metrô é antigo, não tem o charme que se esperaria de uma viagem à França e muitas estações não possuem elevador, o que se torna um empecilho para pessoas idosas ou deficientes físicos. Nesse caso, a melhor saída pode ser alugar um carro na cidade ou andar em táxi.

Para todos os outros viajantes, o aluguel será interessante apenas em viagens para fora da capital francesa. É uma boa ideia contar com um veículo caso você vá conhecer os vinhedos de Champagne, o Vale do Loire ou a região da Normandia. Todas as atrações ficam localizadas a uma curta distância de Paris e servem com um ótimo complemento à estadia no destino. Opte por alugar um carro nos dias que for sair da cidade e devolvê-lo quando voltar.

Tenha em conta que a gasolina costuma ser cara no país e o trânsito não é nada amigável. Além disso, não será fácil encontrar estacionamento disponível. Se decidir pelo aluguel, é importante se informar com antecedência sobre a disponibilidade de estacionar em sua hospedagem.

Pode ser necessário apresentar a sua Permissão Internacional para Dirigir (PID) no momento de retirada do veículo. Portanto, lembre-se de levá-la consigo, sempre acompanhada da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), pois os documentos só tem validade em conjunto.

A PID deve ser feita no mesmo Detran onde sua carteira de motorista foi emitida e o procedimento e os valores variam de um estado para o outro. Também é necessário apresentar um cartão de crédito internacional válido em nome do motorista principal. Este cartão é usado para o bloqueio de um caução pré-estipulado pela locadora, a ser devolvido após a entrega do automóvel.