A maior cidade da Bay Area pode impressionar quando o assunto são pontos de interesse. É claro que por lá a tecnologia impera, mas o turista que for à cidade poderá ainda se esbaldar na história local, assim como também ver coisas que não necessariamente podem ser tão evidentes quando vem à mente a imagem de San José.

Para...

Leia Mais

Atrações turísticas em San José

Guia San José

A maior cidade da Bay Area pode impressionar quando o assunto são pontos de interesse. É claro que por lá a tecnologia impera, mas o turista que for à cidade poderá ainda se esbaldar na história local, assim como também ver coisas que não necessariamente podem ser tão evidentes quando vem à mente a imagem de San José.

Para começar a sua andança pela cidade, comece pelo óbvio. A San José City Hall, vulgo Prefeitura, foi inaugurada em 2005 e conta com uma estrutura futurista de 18 andares com fachada de vidro. A obra foi feita pelo mesmo arquiteto do Getty Center (Los Angeles) e do Barcelona Museum of Contemporary Art (Barcelona), portanto é um deleite aos olhos dos amantes da arte moderna. Ainda em Downtown, o turista poderá ver o San José Museum of Art, além de diversas exposições de rua (muitas delas interativas). Dê uma volta pelas vias ao redor, especialmente nas redondezas da Plaza de César Chavez, e se esbalde nesse mundo artístico acessível e democrático.

Ainda é na região central da cidade que está o Museu da Inovação (The Tech Museum of Innovation). Mesmo que voltado mais ao público infantil, esse é um local que também diverte os adultos por permitir a interação com robôs, assim como entender tecnologias atuais e passadas. Em Downtown ainda fica o San Pedro Square Market. Ao seu redor, diversos quarteirões cercados por restaurantes enquanto no seu interior o que acontece é uma espécie de “Mercadão”. É nessa área ainda que fica a Santana Row, a Rodeo Drive de San José. Com mais de 50 lojas e 30 restaurantes, esse shopping ao céu aberto permite uma experiência elitizada e tecnológica na cidade (já que lá fica uma das primeiras exposições de carros da Tesla!).

A poucos minutos de caminhada do centro fica Little Saigon, também chamado de Vietna Town. Para quem não sabe, San José comporta a maior comunidade vietnamita fora do país asiático. Nesse bairro, o turista terá acesso a diversos restaurantes e lojinhas típicas. Vale a pena dar uma conferida!

Para quem está interessado em outras culturas, é possível também fazer uma imersão ao Egito. Isso porque San José é a casa do Rosicrucian Egyptian Museum, que abriga a maior exposição de arte egípcia antiga da Costa Oeste norte-americana. Outro ponto interessante do local é a sua arquitetura, que teve inspiração nas construções do Egito Antigo. Esse é o único museu do mundo nesses moldes, fato que por si já merece a sua atenção!

Agora se você gosta mesmo é da natureza, a cidade californiana também não vai te decepcionar. O San José Municipal Rose Garden conta com nada menos que aproximadamente 6 acres de rosas! Isso compreende cerca de 3.500 arbustos das mais diferentes espécies. O local é considerado o melhor jardim de flores do mundo, então se você é fã de vegetação, não deixe de dar uma passada no local. Agora se em vez de olhar para as rosas do chão, você gosta de admirar as estrelas do céu, o Observatório Lick é uma ótima pedida. Pertencente à Universidade da Califórnia, o lugar abriga hoje um dos maiores telescópios para descoberta de países fora do sistema solar. É considerado por muitos um dos lugares mais imperdíveis do Vale do Silício.

Para finalizar seu tour, não deixe de ir na Winchester Mistery House, uma suposta casa assombrada. Com 160 quartos e 5 tours diferentes, o local garante uma experiência diferenciada em San José (já que por lá o que conta mesmo é a superstição em meio a uma cidade onde a tecnologia e os dados lógicos dominam).