Mesmo que não seja uma cidade muito grande, ter disponível um carro ajuda muito na locomoção durante a sua estadia na capital da Geórgia. De qualquer forma, o MARTA (Metropolitan Atlanta Rapid Transit Authority) conecta bem as principais regiões da cidade, permitindo que você faça a sua viagem apenas utilizado transporte público. De qualquer forma, algumas regiões surgem como mais interessantes do que outras quando o turista pensa em hospedagem. Isso porque algumas áreas, além de apresentarem boas opções de rede hoteleira, ainda proporcionam uma ótima infraestrutura ao redor.

Abaixo, o Quanto Custa Viajar lista as principais regiões para você ficar na capital da Geórgia, com seus respectivos prós e contras. São elas:

Midtown

A principal escolha para a maioria dos turistas. Isso porque essa é uma região considerada bastante cool, além de ser o Centro Cultural de Atlanta. Portanto, o que você irá encontrar por lá são muitos restaurantes, bares, casas noturnas, galerias de arte e museus capazes de fazer o seu entretenimento durante toda a estadia na capital da Geórgia. Possui também uma boa gama de hotéis, geralmente com ótimo custo-benefício, o que acaba sempre agradando todos os tipos de viajantes. É nessa área também que a vida noturna de Atlanta acontece, sendo uma região interessante para quem pretende aliar passeios diurnos com diversão após o horário comercial. Alguns dos pontos de interesse que estão localizados no bairro são o Georgia Institute of Technology, o Savannah College of Art and Design, o Atlanta Botanical Garden, o Piedmont Park, o Woodruff Arts Center e o Fox Theatre.

Downtown (centro)

É uma área de negócios e, por isso, após o horário comercial costuma ficar às moscas. Portanto, para quem busca aliar turismo com animação noturna, essa não é uma opção tão boa assim. Apesar disso, conta com um bom número de bares e restaurantes, assim como hotéis para todos os bolsos e gostos. Já para aqueles que prezam mesmo por uma localização que permita se locomover com facilidade, Downtown com certeza deve estar no radar. Ao se hospedar no bairro, mais precisamente nas imediações do Centennial Park, o turista poderá chegar em boa parte das atrações turísticas a pé. É nessa área ainda que ficam o Georgia Aquarium, o World of Coca Cola, a CNN Center, o Georgia Dome, o Children’s Museum e a Philips Arena. Outro ponto positivo é o bom abastecimento pela rede de transportes públicos.

Buckhead

Considerada a “Bervely Hills” de Atlanta, essa é uma região mais chique e requintada do que as anteriores. Considerada uma das vizinhanças mais ricas do país, a área funciona como um rico subúrbio para a parte mais endinheirada dos moradores da capital da Geórgia. É aqui que estão os shoppings mais sofisticados da cidade (Lenox Square e Phipps Plaza), além do Legoland Discovery Center. Apesar de mais distante, o viajante que optar por essa região demorará apenas 20 minutos de carro até o centro ou então meia hora se utilizar o MARTA, nada muito preocupante em termos de locomoção. É uma região onde a vida noturna da cidade também acontece, porém com toques de mais requinte. Conta com um grande número de restaurantes, bares, parques e teatros, assim como também de hotéis. Porém, quem optar por essa área, deve ter em vista que os preços praticados são mais altos do que nas demais regiões.

Virginia-Highland

Popularmente conhecida como The Highlands, essa é uma opção um pouco mais alternativa do que as demais, apesar de contar com um grande número de atrativos também. É um dos bairros mais buscados de Atlanta quando o assunto são compras, apresentando também boas opções de vida noturna. Também tem boa proximidade com o centro da cidade e uma boa gama de atrativos, atraindo cada vez mais a atenção dos turistas.

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Atlanta

Hospedagem em Atlanta

menor valor maior valor
Albergue R$ 153,94 R$ 153,94
Pousada R$ 218,36 R$ 284,45
Apartamento R$ 239,81 R$ 9.621,01
Hotel R$ 245,34 R$ 1.459,88