Pesquise e compre sua passagem para Santa Marta

Aeroporto em Santa Marta

Localizada entre o mar do Caribe e a Serra Nevada, Santa Marta é uma boa opção para aproveitar o litoral continental colombiano – que vai muito além de Cartagena! Apesar de não abrigar praias estonteantes como as de San Andrés, a cidade garante bons pontos turísticos para quem pretende conhecer mais a fundo a região.

Para quem parte do Brasil, o mais comum mesmo é desembarcar em Cartagena e, depois, partir em uma road trip pelos municípios vizinhos. Distante 230km da cidade histórica amuralhada, Santa Marta costuma ser um dos municípios dos arredores mais visitados, seja pelas suas belezas naturais, seja pelos seus preços econômicos que animam os mochileiros.

Portanto, se essa é a sua opção, você deverá utilizar o Aeroporto Internacional de Cartagena – Rafael Núñez (CTG), um dos mais importantes e movimentados da Colômbia. Além de operar voos domésticos, o hub aéreo recebe alguns voos internacionais da Europa e do continente americano – inclusive do Brasil, porém sempre com uma conexão em Bogotá. Com movimentação anual de passageiros na casa do 4,4 milhões, o CTG garante boa infraestrutura para o viajante, inclusive a possibilidade de alugar um carro no próprio saguão do local.

Agora se você já está peregrinando pela Colômbia e se encontra em cidades como Bogotá, Medellín ou Cali, uma outra possibilidade é ir diretamente para Santa Marta de avião. Isso porque a cidade conta com um pequeno aeroporto que dá conta do fluxo de passageiros que deseja conhecer a cidade litorânea colombiana. O Aeroporto Internacional de Santa Marta – Simon Bolivar (SMR) serve a região metropolitana da cidade e opera voos domésticos para as principais cidades do país. Algumas das companhias que trafegam por lá são a Avianca, a Latam e a Viva Colômbia, uma operadora low cost que garante boas promoções para os principais destinos do país. Com movimentação anual cravada em 1,7 milhões de passageiros em 2017, o hub aéreo localiza-se a 17km a sul do centro de Santa Marta, sendo a opção mais próxima de chegada para os viajantes que planejam conhecer a cidade.

Vale lembrar que os documentos necessários para entrar na Colômbia são carteira de identidade (RG) em bom estado, com no máximo 10 anos de idade, ou passaporte com validade no momento da saída do país. Outro documento imprescindível é a comprovação da vacina contra a febre amarela. O viajante, portanto, deverá portar o Certificado Internacional de Vacinação em mãos. A exigência acontece desde 2017 e é importante frisar que como a vacina demora em média 10 dias para fazer efeito, a sua certificação só passará a valer depois desse prazo (então não adianta tirá-la um dia antes da viagem, por exemplo).