• Café da manhã

    CLP3240.00 CLP3840.00 CLP8640.00
    R$ 17,32 R$ 20,53 R$ 46,19
    Baixo custo Econômico Conforto
  • Almoço

    CLP9600.00 CLP18000.00 CLP24000.00
    R$ 51,32 R$ 96,22 R$ 128,29
    Baixo custo Econômico Conforto
  • Jantar

    CLP7560.00 CLP13200.00 CLP18000.00
    R$ 40,41 R$ 70,56 R$ 96,22
    Baixo custo Econômico Conforto

Onde comer em Pucón

Lugares que você deve experimentar em Pucón

Powered by Fousquare

Guia Alimentação em Pucón

Assim como grande parte dos destinos turísticos, a cidade chilena faz uma mistura interessante entre as gastronomias internacionais e as comidas típicas. Portanto, se você quiser comer uma boa massa italiana, não se desespere, pois há bons estabelecimentos para fazê-lo. Dois lugares bastante indicados para isso são o Fiorentini e o Senzo, por exemplo. Já para aqueles que querem comer uma carne de altíssima qualidade, a dica é ir no La Maga, que mesmo que seja um restaurante uruguaio (e não típico da região) vale totalmente o investimento feito pelo turista. Para ir diretamente no polo de restaurantes do município, encaminhe-se para a Calle Fresia, apesar de a Avenida O’Higgins, a mais movimentada da cidade, também apresentar opções interessantes para o viajante.

Agora se a ideia é experimentar a culinária local, que tem bastante semelhança com a mediterrânea (apesar de estar bem longe do Mar Mediterrâneo), saiba que essa é uma ótima pedida e algo bastante indicado ao turista. Quando o assunto é gastronomia em Pucón, o que predomina é a herança Mapuche, portanto ingredientes como peixes, mariscos, milho, maçã, pimentão e pinhões são bastante comuns nas principais composições de pratos. Um dos pontos altos da região são as Carnes com Merkén, um tempero machupe à base de pimentão seco, assim como as Carnes de Cordeiro e de Porco Assadas. Quase todo restaurante de Pucón apresenta essas opções no cardápio, portanto não vá embora sem experimentá-las.

Outra iguaria bem típica da região é o Curanto, um guisado tradicional que leva várias carnes e legumes cozidos em buraco no chão que possui pedras quentes cobertas por folhas. Já a Paila é um caldo com frutos do mar e peixes que ainda leva tomate, pimentão e vinho para dar o toque final no sabor. Os Porotos Granados consistem em ser um ensopado à base de feijão, abóbora, milho, tomate e manjericão e também devem estar na sua lista de pratos a serem apreciados por lá. Na maioria das versões, os porotos ainda levam linguiça.

Enquanto isso, o Pebre Cuchareado é um molho bem versátil que vem acompanhado tipicamente por pão, mas em muitos lugares também surge como acompanhamento de saladas, arroz, sopas, feijão, empanadas, tortilhas, etc. A sua receita leva cebola, coentro e pimentão e o nome curioso tem origem na forma como o pebre é servido: o molho é colocado no centro da mesa para que todos coloquem sua colher (cuchara, em espanhol) para pegar um pouco e embebedarem o pão.

Os Pajaritos também têm espaço especial na culinária de Pucón. Eles nada mais são do que aves que são caçadas pela população local e, por isso, servem como ingredientes para uma grande infinidade de pratos preparados por lá. Não deixe ainda de experimentar as Empanadas de Frutos do Mar, o Peixe Frito, a Torta de Milho (uma massa de grãos de milho macios misturada com manjericão e colocada sobre carne preparada com cebola e pimentão doce) e as Humanitas (pamonhas de milho embrulhadas na folha do ingrediente).

Já quando o assunto é bebida, duas ganham atenção especial. A Chicha de Maçã é um clássico local elaborado com suco de maçã, soro de leite e álcool. Já o Mote com Huesillos é uma bebida refrescante preparada com suco caramelizado, grão de trigo e pêssegos desidratados.

Agora se o assunto é sobremesa, não deixe de provar as Sopaipillas, que são feitas à base de nata de leite, farinha, açúcar, raspas de limão e abóboras. A cidade também é fã das tortas doces e chocolates, havendo estabelecimentos especializados nesse tipo de sobremesa. Caso seja fãs deles, alguns lugares se destacam, como o Kuchenladen, o Café de La P e o La Fleur de Sel (onde é possível pedir a “anarquia de chocolate).