As praias com um mar caribenho são o maior atrativo de João Pessoa, mas a cidade oferece atrações além das praias. A cidade foi fundada em 1585 e apesar de hoje em dia a cidade ser conhecida mais pela sua extensão à beira-mar, a capital da paraíba tem muita história para contar, por isso o turista não pode deixar passar em...

Leia Mais

Atrações turísticas em João Pessoa

  • Centro Cultural São Francisco

    Centro Cultural São Francisco

    R$5.00 R$ 5,00
  • Farol de Cabo Branco

    Farol de Cabo Branco

    Gratuito

    R$0.00 R$ 0,00
  • Passeio Para Areia Vermelha De Catamarã

    Passeio Para Areia Vermelha De Catamarã

    R$35.00 R$ 35,00
  • Passeio pelo litoral sul

    Passeio pelo litoral sul

    R$85.00 R$ 85,00
  • Passeio de buggy pelo litoral norte (preço por pessoa)

    Passeio de buggy pelo litoral norte (preço por pessoa)

    R$100.00 R$ 100,00
  • Passeio nas piscinas naturais de Picãozinho

    Passeio nas piscinas naturais de Picãozinho

    R$50.00 R$ 50,00
    Ir para o site

Guia João Pessoa

As praias com um mar caribenho são o maior atrativo de João Pessoa, mas a cidade oferece atrações além das praias. A cidade foi fundada em 1585 e apesar de hoje em dia a cidade ser conhecida mais pela sua extensão à beira-mar, a capital da paraíba tem muita história para contar, por isso o turista não pode deixar passar em branco a visita ao Centro Histórico. Uma visita imperdível é ao Centro Cultural de São Francisco, com muita arquitetura e história, o passeio guiado dura em torno de 60 minutos.

No bairro de Cabo Branco vale a pena conhecer a Estação Cabo Branco, um centro cultural com a assinatura do projeto pelo famoso arquiteto Oscar Niemeyer. Outro passeio importante é o pôr do sol na praia do Jacaré. Lá o musico Jurandy do Sax toca durante o cair do dia. O visitante tem duas opções para ver o pôr do sol, pode ficar só na mureta ou contratar um passeio de barco. Além de escutar o músico tocar, dá para curtir um forró. É importante reservar o passeio com antecedência ou chegar mais cedo no local, pois os barcos costumam lotar.

As praias mais movimentadas são as de Tambaú e Cabo Branco, centrais e próximas aos hotéis. Além disso, o calçadão está cheio de quiosques que funcionam como bares ou restaurantes, até à noite. Na areia é possível alugar cadeiras e guarda-sóis nas barracas. Para os que querem aproveitar outras praias, é válido alugar um carro, fica mais em conta do que ir de táxi para as praias mais afastadas.

No litoral norte, a praia de Intermares é o ponto de encontro dos surfistas, por conta do mar agitado. Ainda para o norte, dá para encontrar algumas praias com o mar mais calmo e com a cor do caribe, no verão. Como Camboinha, Praia do Poço e Ponta da Campina, lá tem o quiosque Lovina, consumindo um valor mínimo é possível disfrutar dos gazebos.

Para o litoral sul, são as praias mais “selvagens”, algumas agências de viagem oferecem passeios de um dia para conhecer todas as praias da Costa do Conde. Essas praias são: Barra do Gramame, onde acontece o encontro do rio com o mar, pode ficar bem cheia no fim de semana. A praia do amor é famosa pela pedra furada onde todo mundo adora tirar foto. A praia de Carapibus, na maré baixa, tem piscinas naturais na praia. Já a praia de Tabatinga é a mais deserta, com acesso mal sinalizado e alguns quiosques escondidos, como o Tabatinga Arte Bar e o Bar Nativo. A praia Coqueirinho é uma das melhores, como é em uma enseada o mar é tranquilo em qualquer maré, excelente para um banho de mar, além de contar com alguns quiosques. É importante chegar lá bem cedo para estacionar perto da praia ou ir em dias de semana para fugir do movimento. Ainda para o sul, tem a praia de Tambaba que tem a parte naturista e parte não-naturista.

Os principais passeios de João Pessoa são para as piscinas naturais. Os catamarãs para a piscina de Picãozinho saem da praia de Tambaú. Da praia dos Seixas, saem as embarcações para as piscinas com mesmo nome. Já para a visita a Ilha de Areia Vermelha, é preciso pegar um barco da praia de Camboinha. É possível contratar todos os passeios no próprio local, só é importante lembrar que as melhores condições são na véspera ou até três dias depois da lua cheia ou nova. Fique atento a tábua das marés, o ideal é estar em 0,3 m, mas é aceitável até 0,5 m.