São Paulo é a cidade mais diversificada e inesgotável em novidades do país. Nela cabem os mais diversos roteiros, para todas as tribos, credos, gostos e bolsos.

O ponto de partida para muitos turistas é a Avenida Paulista. A rua é o centro financeiro de São Paulo e uma excelente forma de começar a entender a urbe,...

Leia Mais

Atrações turísticas em São Paulo

Guia São Paulo

São Paulo é a cidade mais diversificada e inesgotável em novidades do país. Nela cabem os mais diversos roteiros, para todas as tribos, credos, gostos e bolsos.

O ponto de partida para muitos turistas é a Avenida Paulista. A rua é o centro financeiro de São Paulo e uma excelente forma de começar a entender a urbe, já que é uma abreviação da diversidade local. Na avenida, há diversos espaços culturais, museus, restaurantes de várias nacionalidades, cafés, bares, baladas, shoppings, parques, protestos e muitas e muitas pessoas.

Há alguns locais para focar durante a caminhada, como o Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (Masp) e o Itaú Cultural. Uma dica é uma parada para o café, seja em uma moderna Starbucks ou na Casa das Rosas - um casarão no estilo clássico francês, onde os milionários barões do café costumavam se reunir nos seus tempos áureos.

Quem quiser conhecer um pouco mais sobre a história de São Paulo não pode deixar de visitar o Centro e a região da Luz. O local deu origem à capital paulista e hoje abriga várias atrações que datam do tempo em que a cidade nem sabia o que era trânsito. O circuito histórico também envolve centros culturais, museus, arquiteturas belíssimas, igrejas imponentes e alguns dos mais belos cartões-postais da cidade.

No Centro é possível ver a vastidão da cidade do alto do antigo Banespão e, de baixo, sentir um pouco da atmosfera paulistana enquanto caminha na rua só para pedestres.

Não longe dali está a Estação da Luz, que foi aberta em 1901. Suas estruturas foram trazidas da Inglaterra. Nos finais de semana, é possível realizar visitas monitoradas.  

Na região há ainda diversos museus, entre eles o Museu de Arte Sacra, que está recheado de história e reúne as mais importantes relíquias coloniais do país. E a Pinacoteca do Estado, que conta com um acervo de mais de nove mil peças.

De lá, um bom destino é a Vila Madalena. O programa no bairro é aproveitar um dos diversos e excelentes restaurantes e bares que estão por todos os lados dessa que é uma das regiões mais boêmias da cidade.

O famoso Parque do Ibirapuera é uma excelente escolha para passeios de viagem em família.  O parque possui 225 hectares e todo o seu projeto é idealizado pelo renomado paisagista Burle Marx e pelo arquiteto Oscar Niemeyer. Além disso, o parque conta com áreas para atividade física, quadras de esportes e playgrounds para as crianças.

Lá também fica o Museu Afro Brasil onde é possível conferir a trajetória histórica e as influências africanas na construção da sociedade brasileira e o Museu de Arte Moderna, que funciona desde 1948. No museu, há mais de mil obras de arte contemporânea. Dependendo da época do ano, o visitante pode aproveitar um dos diversos eventos realizados no museu.

Um roteiro que se preze também passa pelo tradicional Mercado Municipal. Quando se fala nele, todo mundo já se lembra do famoso sanduíche de mortadela e do pastel de bacalhau. Se tirar a barriga da miséria não é atrativo suficiente, vale a pena passar pelos seus corredores e ver barracas dos mais variados produtos. Além disso, seu edifício é muito belo, com vitrais coloridos do artista russo Conrado Sorgenicht Filho.

O mercadão fica pertinho do Museu Catavento, criado com a vocação de ser um espaço interativo que apresente a ciência de forma instigante para crianças, jovens e adultos.

Quem quiser pode ainda combinar a visita com uma aventura de compras pela movimentada rua 25 de março que fica ali do lado.

O Theatro Municipal de São Paulo é uns dos locais com a arquitetura mais linda cidade, mesmo já tendo visitado diversas vezes, nunca me canso de admirar sua beleza. Uma oportunidade de visitar o Theatro Municipal, além de ir em alguma apresentação da temporada, é fazendo uma visita guiada gratuita.

Mesmo para quem não gosta de futebol, outra visita que vale a pena é o Museu do Futebol no estádio do Pacaembu. Inaugurado em 2008, em uma área de 6.900 m², o museu é muito moderno e abusa da tecnologia para conquistar os visitantes. Não é só futebol: é um passeio pela história do país do último século por meio da narrativa do esporte.

Já a Catedral da Sé é uma atração que vai além da religião, pois representa grande parte da história da cidade. Com arquitetura de beleza única, também conhecida como a Catedral Metropolitana de São Paulo, esta é a maior igreja de São Paulo e uns dos cincos maiores templos neogóticos do mundo. A sua cripta pode ser visitada por meio de visitas guiadas.

Não longe dali está o Bairro da Liberdade, o famoso reduto oriental na cidade de São Paulo. Comer e comprar são as principais atividades no bairro da Liberdade. Além do tour gastronômico e da sessão de comprar, a região oferece um leque japonês de opções culturais e de entretenimento como museus e bares de karaokê.

Além de incluir algum dos símbolos dessa megalópole no roteiro de viagens, a dica é sempre conferir o que está rolando na agenda da cidade ou o que há de novo na época da visita.