Estar no meio “do nada” é uma das sensações mais malucas que a natureza é capaz de proporcionar. Assim como acontece no Salar Uyuni, na Bolívia, ou em Salinas Grandes, na Argentina, o infinito toma conta do White Sands National Monument, um exuberante deserto branco no Estados Unidos.

No meio da bacia de Tularosa, ao centro-sul de Novo México, está a imensidão de dunas brancas em contraste com o céu azul. Ao contrário do que vemos aqui na América Latina, não é formado por sal e sim por gesso, ou sulfato de cálcio hidratado, que forma 94 a 99 por cento do conteúdo das areias deste campo.

A fauna e flora presente no ambiente arenoso complementam o cenário. Lagartos se camuflam entre arbustos, árvores Poplar-Álamo, flores e vegetação rasteira. Depois que a neve dissolve e a água da chuva dilui o gesso, que vai para o chamado lago Lucero, uma atração regional que acaba virando praia em dias quentes.

Além de contemplar a paisagem, os visitantes também se divertem por lá. Dá para praticar sandboard nos declives, sentir a areia fresca nos pés, fotografar, caminhar, participar de passeios de bike e observar a bela lua cheia. Vamos nessa? Os voos para o Novo México (cidades de Phoenix, Tucson ou Albuquerque) fazem escala em Miami ou Dallas a partir do Brasil.

Conheça outros lugares impressionantes no EUA!

Quer se divertir com as crianças? Veja quais cidades são ideias para elas!

Se você curtiu, coloque mais destinos com paisagens surreais na sua lista

Post por Brunella Nunes
Fotos: divulgação

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para ajudar você a enfrentar essa quarentena...

Preparamos muito conteúdo bacana para você viajar sem sair do sofá!