A culinária é um dos grandes motivos que fazem a gente gostar tanto de viajar. Conhecer novos sabores é um prazer impagável, que traz temperos, texturas e cheiros diferentes, deixando muita saudade. Como o Quanto Custa Viajar também é cultura, neste post reunimos uma verdadeira volta ao mundo em 7 receitas fáceis para fazer em casa. E ah! São exóticas, porque arroz e feijão todo mundo já comeu! 😉

Tajine de Camarão Pil Pil – Marrocos

É claro que uma receita marroquina é repleta de temperos maravilhosos, típicos das feiras de rua do Oriente. O tajine é um dos principais pratos marroquinos e é o nome da panela de barro onde se cozinha. Pode ser feito com vários tipos de carne ou apenas com legumes, temperado com coentro, cominho, páprica doce, pimenta caiena, entre outros. Receita aqui [em português] e aqui [em inglês]

tagine

Kimchi (김치)- Coreia do Sul

Este prato coreano é basicamente uma conserva de acelga apimentada. Mas pode ser feito com outros legumes – pepino, nabo – ou até mesmo ostra e frutos do mar. Eles são acompanhados de bastante pimenta, alho, sal e outros condimentos fermentados.

Receita aqui [em português] e aqui [em inglês]

kimchi

Compota agridoce tomate e curry – Índia

Quando se fala em Índia, logo já pensamos em curry, uma mistura de especiarias de cor forte e sabor inesquecível. Além de adicionar sabor à comida, é também termogênico, ou seja, um alimento que acelera a queima de calorias. Essa receita deliciosa e agridoce pode acompanhar carnes e legumes assados, ou simplesmente servida numa torradinha. Há quem coma também junto com sorvete de creme ou baunilha.

Receita aqui [em português]

compota-de-tomate

Foto: Eric van Lokven/StockFood

Ribollita – Itália

A sopa camponesa da Toscana é tão fácil e feita com ingrediente que você provavelmente nem ia querer mais usar: um pão amanhecido. A receita, que significa “refervida”, é conhecida por ficar mais saborosa no dia seguinte do preparo, e inclui feijão branco, cebola, cenoura, acelga, tomate, entre outros.

Receita aqui [em português]

ribollita

Yam Mamuang Pla Tód – Tailândia

Traduzindo o nome acima, esta é uma salada de manga, peixe frito e castanha de caju. A receita é ideal para dias de calor, muito servida em praias tailandesas, trazendo a refrescância da manga, a leveza do peixe e os benefícios da castanha de caju, que contém alto teor antioxidante. Que tal levar um pouco de Koh Samui para a sua mesa?

Receita aqui [em português]  e aqui [em inglês]

yam-mamuang-pla-tod

Ahi Poke – Havaí

Este é um dos pratos mais gostosos e deliciosos para o verão. Mas antes, é preciso gostar de peixe cru, típico da culinária japonesa. O poke havaiano é uma salada de peixe, servida sempre fria em um bowl, com acompanhamentos como coco, arroz japonês, cebolinha, óleo de gergelim, pimenta, wasabi, sal marinho, etc. As variações são infinitas, mas a versão tradicional é feita com atum.

Receita aqui [em português]

poke

Lamingtons – Austrália

Não poderia faltar uma boa sobremesa nessa lista, né? Este é o chamado “bolo australiano”, que equivale a um brigadeiro brasileiro para quem vive na Oceania. Há uma briga entre Austrália e Nova Zelândia sobre quem criou este prato, mas o que importa é que ele veio à tona como uma forma de reutilizar bolos velhos, deixando-os apetitosos novamente. A receita pode até parecer complexa, mas não é, e pode saciar a sua vontade por um docinho.

Receita aqui [em português]

lamington

Post por Brunella Nunes
Fotos: divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *