O deserto mais árido do mundo pode parecer muito… seco não é mesmo?! 😛 Porém ele reserva tantas experiências incríveis que, voltar de uma viagem para o Deserto do Atacama, é voltar com uma bagagem cheia de sensações diferentes e muita história para contar. Saiba tudo sobre uma viagem para o Deserto do Atacama com a nossa equipe, que acabou de voltar de uma trip emocionante.

Como chegar no Deserto do Atacama

O Deserto do Atacama fica localizado no norte do Chile, quase fronteira com Bolívia, Peru e Argentina. Para curtir as atrações, você precisa ficar em San Pedro de Atacama que é a cidade base para se hospedar. Para chegar em San Pedro é necessário primeiro pegar um voo do Brasil até Santiago e de Santiago pegar um voo até Calama (cidade mais próxima com aeroporto). De Calama é necessário contratar um transfer para San Pedro de Atacama, a viagem de carro demora em torno de 1 hora.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Quanto custa Viajar (@quantocustaviajar) em

As companhias aéreas que fazem Santiago- Calama são: JetSmart (a que voamos), Sky Airlines e a Lan (Latam). São voos de baixo custo, estão tome cuidado com relação à bagagem! Pois pelo menos na Sky e na JetSmart eles cobram até pela bagagem de 10kg levada na cabine. Também cobram se você não fizer o checkin antes e a comida/bebida no voo.

O que fazer no Atacama?

Parece que viajar para o deserto não é uma viagem que tenha lá muito o que fazer, não é? Pois no Deserto do Atacama, tem tanta coisa para fazer que nós ficamos 7 dias inteiros lá só para fazer todos os passeios com calma 🙂 Claro que você pode fazer em menos dias; para realizar um tour Atacama Completo é recomendado 5 dias inteiros para curtir os 9 passeios na região. A maioria dos passeios dura um turno, então se faz 2 passeios/dia.

Nós fizemos esse pacote acima, está incluso no pacote os seguintes passeios (que ao longo dos dias iremos detalhar cada um aqui no blog):

Geysers del Tatio
Valle de la Luna
Lagunas Altiplánicas e Mirante Piedras Rojas
Laguna Cejar
Tour Astronômico
Valle del Arcoiris
Termas de Puritama
Lagunas Escondidas de Baltinache
Ruta de los Salares

Esses são os principais passeios do Deserto do Atacama! 

Vale da Lua. Foto: Equipe Quanto Custa Viajar

Ainda existem alguns passeios alternativos:

Valle de La Muerte – o pessoal costuma ir de bike para lá pois é próximo da cidade. Lá é possível praticar sandboard!

Pukara de Quitor – um sítio arqueológico que fica a 3 km de San Pedro de Atacama. A maioria das agências não oferecem esse passeio, muitas pessoas vão por conta própria.

Aldeia de Tulor – a cerca de 11 km de San Pedro de Atacama, também não inclusa nos passeios, pode-se fazer por conta própria.

Museu Gustavo Le Paige – fica na cidade, entrada gratuita. Gustavo Le Paige era um sacerdote jesuíta belga que pesquisou muito sobre a região do Atacama. No museu você pode saber mais sobre toda a região e seus povos.

Subir nos vulcões – A cordilheira dos Andes que é o plano de fundo de San Pedro de Atacama, é repleta de vulcões e algumas agências oferecem passeios para subir em algum! O mais famoso é o Lascar, um vulcão ativo. O passeio não é dos mais fáceis, então procure uma boa agência e vá bem preparado.

Museu do Meteorito – também localizado na cidade de San Pedro de Atacama. Lá você pode ver mais de 70 meteoritos e aprender mais sobre o céu. A entrada é 4 mil pesos.

Os passeios são beeem diversificados! Tem passeio para ver flamingos lindos, para boiar em lagoas de água super salgada, trekking em um lugar que mais parece a Lua, ver estrelas e planetas com telescópio, relaxar em águas termais… Ou seja, são muitas experiências, uma mais diferente que a outra, em apenas um lugar e num espaço curto de tempo! É uma viagem para curtir muito a natureza, as lindas paisagens, o silêncio, mas também fazer novas amizades com as pessoas que estão nos passeios, experimentar comidas novas e muito mais.

Vale lembrar que a maioria dos passeios inclui uma refeição, seja café da manhã, almoço ou lanche de tarde! Aliás o lanche no final da tarde com Pisco Sour vendo o pôr do sol em alguns passeios, foi seeeensacional!

Qual agência escolher para os passeios no Atacama?

Muitas pessoas que já viajaram para o Atacama falam para deixar para contratar os passeios chegando lá, pesquisando preços pelas diversas agências da cidade. Nossa dica? Se você não quer arriscar se incomodar, fecha os passeios antes com a Do Brasil para o Mundo! Você pode comprar online, parcelado, sem IOF e eles organizam tuuuudo para você, é só chegar e curtir 🙂

Vimos diversos relatos de pessoas que fecharam os passeios lá mesmo com péssimas agências! Tome cuidado porque o barato pode sair caro =/ Relatos de quem foi com carros caindo aos pedaços, guia que não sabia explicar nada, refeições que não passavam de umas Ruffles… Existem diversas agências por lá, você anda pela rua e é abordado a cada 3 passos, nós achamos super chato isso e imaginamos como deve ser pesquisar por lá, sair de porta em porta negociando preço, sendo abordado, agências oferecendo um preço muuito barato para ir em condições ruins… Nada melhor do que sair com tudo agendado aqui do Brasil e pago 🙂

Laguna Cejar. Foto Equipe Quanto Custa Viajar

Onde se hospedar em San Pedro De Atacama

Foto Equipe Quanto Custa Viajar

A cidade é bem pequena, tudo se concentra no centro da cidade com a rua Caracoles como a principal onde se encontram lojas, agências, restaurantes… As principais hospedagens ficam por essa região, tem de tudo! Hotel caro, hotel mais em conta, hostel, Airbnb, camping… Há também opções bem mais econômicas longe da região central. Há albergues mais afastados com diárias a 50 reais (preço ótimo para o Atacama)! O único problema é que fica longe de restaurantes, porém em albergue você sempre tem a opção de fazer uma comidinha por lá mesmo (o que acaba economizando na viagem!).

Nós nos hospedamos em um Airbnb na rua Caracoles (a principal) mas já mais afastado do furdunço, então ficamos super perto de tudo, porém longe da lotação que é o centro, perfeito! A Casa de Norma é super aconchegante, e a Norma e seu marido Manu são suuuuper atenciosos, não tivemos nenhum problema.

Ganhe até R$ 179 reais de desconto em sua primeira compra no AirBnb

Para quem ficar mais afastado do centro, a dica é alugar uma bicicleta para se locomover na cidade. Para os tours não se preocupe, a maioria busca você na porta da hospedagem 😉

Vimos diversas opiniões de várias hospedagens e parece ser comum o problema da falta de água ou então falta de água quente, isso principalmente em albergues/hostels. Então verifique bem os comentários de quem já se hospedou no local que você está considerando ok? Para pesquisar hospedagens em San Pedro de Atacama, clique aqui.

O que levar para uma viagem ao Deserto do Atacama

Como dissemos no começo desse post, o Deserto do Atacama é o deserto mais seco do mundo! E também o que fica em maior altitude. Então prepare-se para enfrentar o tempo seco, quente durante o dia, frio durante a noite e algumas temperaturas baixas, nós por exemplo pegamos NEVE e temperatura oficial de -17° em pleno outubro O.o!

O necessário para levar na mala

Rinosoro – seu nariz irá agradecer

Colírio – os olhos agradecem

Protetor Solar – indicamos proteção 60 pra cima!

Protetor Labial – aqui vale levar um Bepantol/Cicaplast e um que tenha fator de proteção solar

Hidratante – um BEM BOM! Ceravê, algum importado bom…

Vaselina – toda hidratação é pouco 😀

Boné

Óculos de sol

Gorro para o frio – tem passeio que pode chegar a -30° dependendo da época da viagem

Luva impermeável – são as mais quentinhas para o frio extremo

Meia térmica – da boa, e leva umas outras peludinhas de lã pq os dedos congelam no passeio dos gêiseres

Bota quente

Tênis ou bota para caminhada

Chinelo, roupa de banho e toalha – para os passeios com banhos 🙂

Termas de Puritama. Foto Equipe Quanto Custa Viajar

Casaco corta vento com um bom fleece quente (usa o corta vento no final de tarde e noite e o fleece para quando estiver mais frio)

Segunda pele boa – novamente para os passeios frios

Roupas confortáveis para caminhar – gente, viajar para o Atacama não rola look do dia e etc, é uma viagem natureza/aventura, é look de caminhada embaixo de um sol escaldante ou um frio extremo…Vá básico e confortável

Evite comprar esses itens por lá, lembre-se que San Pedro de Atacama é uma cidade bem pequena no meio do… deserto! Tudo lá irá custa mais caro.

E a alimentação? O que comer em San Pedro de Atacama?!

Muitas pessoas ficam com medo de planejar uma viagem para o Atacama por conta dos altos preços. Passagem aérea não é tão barata, hospedagem tem que fuçar para achar bom preço, passeios para mais de R$100 cada… E a alimentação também não sai muito do padrão. A verdade é que o Chile em si é um país mais caro, os custos costumam pesar para os bolsos dos brasileiros, mas há sempre alternativas!

Foto: Equipe Quanto Custa Viajar

No Atacama é muito comum os restaurantes oferecerem o Menu do Dia que acaba sendo uma ótima opção. O menu inclui uma entrada + prato principal com acompanhamento e alguns ainda têm sobremesa. Você escolhe uma opção de entrada e de prato principal (geralmente oferecem 3 opções de cada) e paga um valor fixo (lá tem 10% de gorjeta).

Os preços variam, os mais baratos que encontramos foram por 3000 pesos nos Carritos, que são barracas de rua bem simples. Como eu já tive infecção alimentar na primeira vez que fui para o Chile, fiquei com um pouco de medo de comer por ali, mas já vimos relatos positivos das barracas.

Nós acabamos procurando restaurantes onde o menu ficava entre 5000 a 6000 pesos (em torno de 35 reais/pessoa). Em um outro post, falaremos de onde comemos e o que comemos então fique de olho 🙂

Se você fechar os passeios com o pessoal da agência Do Brasil para o Mundo, também pode pedir dicas para a Ju! Ela já morou em San Pedro e sabe dar ótimas dicas, até de mercado barato para comprar água (pq vc vai precisar de muuuuitos litros!)

Vegetarianos! Não se preocupem, há opções vegetarianas na maioria dos restaurantes. Porém para opções veganas é mais difícil, achamos apenas o restaurante Estrella Negra.

Quanto Custa Viajar para o Deserto do Atacama?

Eis a pergunta que não quer calar! Vamos listar aqui os nossos custos para você ter uma base. Porém recomendamos acessar o nosso site para saber os custos mais específicos!

Salar de Talar. Foto: Equipe Quanto Custa Viajar

Passagem aérea Brasil – Chile: nós compramos com milhas da Gol, deu 68000 milhas o casal + taxas pagas em dinheiro.

Encontre aqui sua passagem aérea para Santiago!

Passagem aérea Santiago-Calama: R$650 ida-volta/casal com malas despachadas

Alimentação: Média de R$80 a refeição para o casal com bebidas e 10%

Hospedagem: R$250 a diária/casal

Passeios: Média de R$320/casal por passeio

Entrada dos passeios: +- R$730 todas as entradas para o casal

Lembrando que nós ficamos 8 dias no Atacama, mas dá para fazer em menos para economizar na hospedagem e alimentação 😉

Definitivamente viajar para o Deserto do Atacama é uma experiência surreal que você deve incluir na lista de “Coisas a fazer”!

Tem alguma pergunta sobre essa viagem? Manda aí seu comentário!

Essa viagem foi feita em parceria com a agência Do Brasil para o Mundo.

Lagunas Escondidas. Foto: Equipe Quanto Custa Viajar

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *