Para alguns, a Irlanda parece ser logo ali. Para outros, a Ilha da Esmeralda é ainda um grande mistério, cheia de perguntas não respondidas. Será que o país faz parte do Reino Unido ou da União Europeia? Qual a moeda usada por lá? Precisa de visto? Vamos responder todas essas dúvidas – e mais algumas – abaixo. Vamos te contar tudo o que você precisa saber para viajar para a Irlanda!

Quem sabe assim você tira do papel aquele plano antigo de visitar a terra dos leprechauns. 🙂

Tudo o que você precisa saber para viajar para a Irlanda

Onde fica a Irlanda?

Uma das dúvidas mais comuns dos viajantes é onde fica a Irlanda. Não é apenas o quesito geográfico que gera perguntas, mas também questões sobre o país pertencer ao Reino Unido, União Europeia, a relação com a Irlanda do Norte…

Em primeiro lugar, é importante diferenciar a Irlanda da Irlanda do Norte. Embora façam parte da mesma ilha, os dois são países separados.

Foto: Steije Hillewaert/Unsplash

A Irlanda do Norte é parte do Reino Unido, junto com a Inglaterra, Escócia e País de Gales.  A Irlanda conquistou sua independência em 1921 e faz parte da União Europeia desde 1973. Sua capital é Dublin, uma cidade cosmopolita com uma população de cerca de 500 mil habitantes.

Embora faça parte da União Europeia, a Irlanda não pertence ao espaço Schengen, uma área sem fronteiras internas a qual aderiram diversos países no continente. Portanto, as regras para ingresso na Irlanda diferem um pouco das encontradas em outras nações europeias, mas nós falamos sobre isso logo abaixo.

Hells Hole, Irlanda. Foto: Daniel Jensen/Unsplash

Precisa de visto para a Irlanda?

Cidadãos brasileiros podem ingressar na Irlanda como turistas e permanecer no país por até 90 dias. A seguinte documentação pode ser solicitada durante a imigração:

  • Comprovante de hospedagem durante o período em que ficará no destino
  • Seguro saúde
  • Documentos que comprovem fundos suficientes para se manter no país durante a viagem (não há um valor pré-determinado pelo governo)
  • Passagem de saída da Irlanda
  • Passaporte com validade mínima de seis meses após o final da viagem
  • Comprovante de vínculo com o país de origem

É comum ter que responder algumas perguntas durante o processo de imigração. Porém, caso você esteja fazendo tudo corretamente na sua viagem, não há com o que se preocupar: seu passaporte sairá de lá carimbado para você viver a viagem do jeitinho que quiser!

O plano é estudar? Veja quanto custa fazer um intercâmbio para a Irlanda!

Trinity College, em Dublin, Irlanda. Foto: Stephen Bergin/Unsplash

Que língua se fala na Irlanda?

A Irlanda possui dois idiomas oficiais: o inglês e o gaélico irlandês.

Em Dublin, o inglês compete nas ruas com línguas estrangeiras, visto que há muitos imigrantes na cidade. Você irá escutar pessoas falando português, espanhol, francês e italiano com frequência.

Quanto ao gaélico irlandês, também chamado apenas de gaélico ou irish, ele não é comum na capital. Entretanto, todas as sinalizações precisam estar nos dois idiomas e, por isso, você irá ver placas em gaélico em diversos locais da cidade, incluindo o aeroporto e transportes públicos.

Sinalização em inglês e gaélico no Aeroporto de Dublin. Foto CC BY 2.5 Marek Ślusarczyk/Wikimedia Commons

Por ser ensinado nas escolas, a maior parte da população irlandesa é capaz de entender o gaélico como segunda língua. Mesmo assim, são poucas as pessoas que o utilizam em contextos não acadêmicos. Se quiser uma proximidade maior com a língua nativa da ilha, a dica é visitar a comunidade de Conamara, em Galway, local que concentra a maior população de falantes de irlandês.

Qual a moeda da Irlanda?

Não confunda: a moeda usada na Irlanda é o euro (€).

No câmbio atual, um euro equivale a aproximadamente R$ 4,50, mas os valores mudam com frequência e podem subir ou baixar a qualquer momento.

Um dos benefícios do uso do euro é sua facilidade de compra. A moeda pode ser adquirida em praticamente qualquer casa de câmbio. O real também pode ser trocado por euros na chegada ao país, mas o mais aconselhado é realizar a operação de câmbio ainda no Brasil.

Libras e dólares não são aceitos no comércio local. Se estiver viajando com alguma destas moedas, será possível trocá-las na chegada ao destino. Tenha em conta que isso só é aconselhado se você estiver vindo de um país que as utiliza e não vale a pena trocar reais por dólares/libras e depois trocá-los por euros.

Qual a melhor época para ir para a Irlanda

O clima da Irlanda não é lá um dos grandes atrativos do país.

Entre os moradores da ilha, é comum a piada de que chove todos os dias, em todas a estações. A verdade é que as chuvas são realmente constantes, mas bastante fracas. Para os brasileiros, seriam consideradas praticamente uma garoa. Pode mesmo acontecer de chover 15 dias seguidos, sem trégua, mas nada se compara às fortes chuvas que vivenciamos na América Latina. É comum ver os irlandeses andando na chuva sem capa e sem guarda-chuva.

Poolbeg Lighthouse, em Dublin, Irlanda. Foto: Cathal Mac an Bheatha/Unsplash

Nos meses de inverno (de dezembro a março), as chuvas podem ser um pouco mais acentuadas, fazendo com que seja necessário se proteger. O frio também é constante, com temperaturas frequentemente próximas dos 0ºC. Mesmo na meia estação o frio não costuma abandonar a ilha e é comum os termômetros marcarem algo próximo de 10ºC.

O verão (de junho a setembro) tem um clima mais agradável e as ruas se enchem de gente. É sem dúvida a melhor época para visitar a Irlanda, quando as temperaturas costumam ficar entre 15ºC e 25ºC. Infelizmente, isso também resulta numa alta nos preços de acomodação e passagens aéreas.

Para curtir o St. Patrick’s Day (ou “Dia de São Patrício”), programe-se para estar na cidade em 17 de março. A festa é uma espécie de Carnaval irlandês, com desfiles, shows e muita gente nas ruas. Diversão garantida.

Bebida na Irlanda

A Irlanda é reconhecida como berço da cerveja Guinness, mas essa é apenas uma das (não tão) geladas que você encontrará por lá. O país é a terra dos pubs e alguns deles começam a encher antes mesmo do meio-dia.

Beber não é um tabu para os irlandeses. Mesmo assim, não se deixe contagiar demais: é proibido consumir bebidas alcoólicas nas ruas.

Há outras regras bastante rígidas que visam limitar o consumo de álcool. Bares fecham no máximo às 3h e podem proibir a entrada (ou convidar a se retirar) de pessoas aparentemente bêbadas.

Temple Bar, Dublin, Irlanda. Foto: Diogo Palhais/Unsplash

A partir dos 18 anos, os jovens já estão liberados para consumir bebidas. Mas, para frequentar uma balada, a idade mínima é de 21 anos.

Até mesmo os mercados têm regras nesse sentido, como informa o e-Dublin. Durante a semana, a venda de bebidas está liberada entre 10h e 22h. Aos domingos, as compras etílicas podem ser feitas das 12h30 às 22h.

Seguindo essas regras direitinho, é só preparar seu sotaque e ensaiar o Sláinte – palavrinha que significa “saúde” e que os irlandeses adoram usar na hora do brinde. 🍻

Partiu? Encontre aqui sua passagem aérea para a Irlanda!

Para onde viajar
Eu tenhoBudget
e quero viajar porDias
Para onde viajar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economize até 60% em suas viagens de ônibus!