A trilha das 7 praias em Ubatuba é um trecho de 10 km que liga a Praia da Lagoinha até a Praia da Fortaleza, passando pela Praia do Oeste, Peres, Bonete, Grande Bonete, Praia do Deserto, Prainha e Praia do Cedro. Quem gosta de andar no meio do mato e se deparar com paisagens lindíssimas vai simplesmente amar fazer esse percurso.

O nível de dificuldade da trilha é considerado moderado, com alguns trechos de subida. O tempo total para fazer o trajeto, parando no meio do caminho para apreciar o mar e a natureza, será de seis horas, percorrendo um total de 10 km. Dá uma espiadinha em algumas maravilhas que irá encontrar:

Onde se hospedar em Ubatuba? Confira os melhores hotéis e pousadas

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por P A T R Í C I A 🌻 (@patydealmeida) em

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Nádia Rebustine (@nadiarebustine) em

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Danilo Salem (@danilosalem) em

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Morada Vitoria (@moradavitoria) em

Não existe necessidade de fazer o passeio com guias, já que tudo é bem sinalizado. Entretanto, quem faz a trilha das 7 praias em Ubatuba acompanhada de um guia profissional fica sabendo mais sobre a história das praias e da cidade, além de ter um olhar diferente sobre a flora e fauna encontrada pelo caminho — isso sem contar na vantagem de estar um profissional treinado para socorrer algum viajante em caso de acidentes.

A época entre maio e agosto é considerada a temporada de trilhas na cidade de Ubatuba. Nesses meses, muita gente se mobiliza para caminhar no mato e conhecer cantinhos diferentes na região, já que existem dezenas de trilhas para serem percorridas. Logo, as chances de encontrar companhia no caminho são grandes 😉

Esse período também é mais interessante para fazer a trilha porque é uma época na qual não chove muito. Caso tenha chovido nos dias anteriores da realização da trilha, o trajeto ficará com lama e escorregadio — isso acontece bastante entre dezembro e março, quando tempestades são recorrentes em Ubatuba.

Veja também: 10 lugares e praias imperdíveis em Ubatuba, no litoral de São Paulo

Como fazer a trilha das 7 praias em Ubatuba

A maioria dos visitantes sai da Praia da Lagoinha bem cedinho, por volta das 6h da manhã, de onde se inicia o percurso. Quem vai sozinho, sem um guia que faça o translado até o ponto de partida por exemplo, deve se organizar para ir em dois carros, fazendo o seguinte esqueminha.

Os dois carros vão até a Praia Fortaleza e um veículo fica estacionado lá (será o local onde vocês irão terminar a trilha). O condutor desse veículo segue no segundo carro e tudo mundo vai até a Praia da Lagoinha, onde é o ponto de partida da trilha.

Após terminar o percurso, na Praia da Fortaleza, vocês pegam o automóvel que ficou lá estacionado e seguem para Lagoinha para pegar o segundo carro.

Essa logística é importante porque não tem como chamar um Uber para te buscar na Praia Forteza (a maioria dos motoristas cancela a viagem). Fazer a volta de barco nem sempre é possível, pois tudo depende da maré e, quando está agitada, o percurso não é realizado — além de sair caro.

Uma alternativa é pegar um ônibus no ponto final da praia da Fortaleza (que fica na Rodovia Governador Mario Covas, na altura do número 750) e ir até o centro de Ubatuba. O problema é que da Fortaleza até o ponto de ônibus, você vai caminhar mais 7 km!

Se tiver disposição para andar os 10 km da trilha e ainda andar mais 8 km até o ponto de ônibus, dá para ir para Lagoinha de Uber, terminar a trilha, ir para o ponto de ônibus e retornar para o centro de Ubatuba. Mas, para fazer isso, você deve estar preparada fisicamente, ok?

Cenários da trilha das 7 praias em Ubatuba

Descubra um pouquinho mais sobre as praias que vai encontrar pela trilha:

1. Praia do Oeste

Foto: reprodução / Prefeitura Municipal de Ubatuba

Saindo de Lagoinha, a praia com a melhor infraestrutura da trilha, você seguirá para o lado esquerdo, onde inicia a trilha. O percurso até a Praia do Oeste é curto e fácil.

A Praia do Oeste está sempre vazia e por isso é considerada uma das “praias desertas de Ubatuba”. As águas são rasas e praticamente sem ondas ou correntezas, sendo um lugar bem gostoso para um banho.

2. Praia do Peres

Foto: reprodução / Prefeitura Municipal de Ubatuba

Seguindo a trilha, você chega em poucos minutos na Praia do Peres. A orla é repleta de rochas e o turistas encontra poucos quiosques para comprar algum coisinha.

Mas o mar segue o mesmo estilo da Praia do Oeste, praticamente sem ondas e bem calmo. Apesar de ter esse jeitão mais deserto, existem alguns imóveis para alugar caso queira se hospedar na praia.

3. Praia do Bonete

trilha das 7 praias em ubatuba
Foto: Wikimedia Commons

Mesmo fora da trilha das 7 praias em Ubatuba, a Praia do Bonete é sempre uma das mais visitas pelos turistas (mesmo sendo acessada somente pelo mar ou por trilhas) e sempre possui quiosques abertos, o que garante uma pausa para ir ao banheiro ou comprar algo.

A faixa de areia é menor e aquele clima acolhedor e familiar impera na praia. Vale a pena fazer uma pausa para tomar banho nas águas calmas e transparentes!

4. Praia Grande do Bonete

trilha das 7 praias em ubatuba
Foto: Wikimedia Commons

Saindo da Praia do Bonete, a trilha te levará até a praia mais frequentada do percurso: a Grande Bonete. A vila pesqueira que se instalou na praia garante que quiosques estejam sempre abertos para servir os turistas.

Muitos passeios de barco em Ubatuba também param nessa praia, que é bastante frequentada por casais em busca de descanso.

5. Praia do Deserto

trilha das 7 praias em ubatuba
Foto: Wikimedia Commons

Quem sai de Lagoinha para fazer a trilha das 7 praias em Ubatuba encontra nesse trecho a parte mais difícil do percurso, já que vai enfrentar uma descida com grandes erosões. Sendo assim, muita atenção e cautela na caminhada para evitar quedas, porque não tem nenhuma infraestrutura na praia.

Após passar esse trecho, um mar azulzinho e com poucas ondas aparece diante dos seus olhos. Esse ponto do continente é o mais próximo da Ilha do Mar Virado, um dos principais ponto de mergulho em Ubatuba.

6. Prainha do Deserto

Foto: reprodução / Prefeitura Municipal de Ubatuba

Seguindo pela trilha, você vai se deparar com a Prainha do Deserto, separada por uma formação rochosa da Praia do Deserta. A Mata Atlântica toma conta da região e maioria dos frequentadores são jovens que ficam escutando música e se divertindo nas águas calmas e limpas da praia. Muitos passeios de barco também fazem pausas nessa praia.

7. Praia do Cedro do Sul

Foto: Wikimedia Commons

Toda essa região da Praia do Deserto, Prainha do Deserto e da Praia do Cedro é comumente conhecida como Praia do Cedro (como se as três fossem uma só). Só que existem boas delimitações de espaço entre elas e o trecho considerado apenas a Praia do Cedro do Sul fica escondidinho mais à frente da Prainha.

Os mapas da trilha costuma pular essa praia, mas vale a pena seguir para conhecê-la. A trilha volta a ficar difícil nesse ponto antes de chegar à Praia da Fortaleza, após 10 km de caminhada pela trilha das 7 praias em Ubatuba.

Se você tiver a oportunidade de fazer esse percurso ecológico em Ubatuba, saiba que vai encontrar muitas belezas naturais pelo caminho e ter um momento para se desligar da correria do dia a dia. É um passeio que vale a pena ser feito!

5 comentários

  1. Então, não sei de onde vc tirou que tem que andar mais 7km pra pegar ônibus, na entrada da praia da fortaleza tem um ponto de ônibus, que pode demorar um tanto pra passar, mas ele passa. Transporte público normal de Ubatuba.

  2. Esta logística dos carros é mesmo infernal, além de precisar de pelo menos dois veículos e um monte de tempo para levar os carros e buscar na Lagoinha. Acho que o melhor a fazer (especialmente se tiver apenas um veículo) é deixar os carros estacionados na Lagoinha, ir até a Fortaleza caminhando pela “trilha difícil” no costão (conforme descrito no artigo) e VOLTAR direto da Fortaleza para a Grande do Bonete a pé, pela “trilha fácil”, que atravessa apenas um morro seguindo a linha de energia. E daí volta para a Lagoinha… Quando vou para Ubatuba eu me hospedo na Lagoinha e faço sempre esta ida e volta a pé, super tranquila.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *