Depois de longas horas de trabalho, muita gente não vê a hora de entrar no chuveiro quente para relaxar e esquecer do mundo. Mas, que tal aproveitar sua próxima viagem para fazer isso e o melhor: numa piscina natural? Dentro da cratera de um vulcão a 3.200 metros de altitude, as Termas Papallacta são uma parada obrigatória em Quito, no Equador.

Indicado por viajantes como um dos passeios mais legais do país, o resort e spa a 67 km da capital tem a localização privilegiada, já nas bordas da Amazônia equatoriana. Rodeado pelas montanhas da Reserva Ecológica Antisana e às margens do rio Papallacta, o balneário ocupa o lugar do extinto Vulcão Chacana, que ainda possui quantidade de calor suficiente para deixar as águas de propriedades medicinais com temperatura de 30ºC a 70ºC.

Elas abastecem as piscinas naturais e as fontes – provenientes do vulcão ativo Antisana. Os visitantes desfrutam de momentos de tranquilidade, banhos de imersão, saunas a vapor, massagens, aromaterapia e outros tratamentos relaxantes de spa. Além disso, podem participar de diversos passeios ecoturísticos, como trilhas e cavalgadas.

O Termas conta ainda com hospedagem, em quartos ou cabanas, bar, restaurante e serviço Day Use.

Quanto custa: a entrada custa US$ 22 para adultos e US$ 14,50 para crianças; quem é hóspede paga US$ 14,50 e US$ 11, respectivamente. O pacote com acesso às piscinas, almoço completo e massagem: de US$ 65 a US$ 90. Os quartos têm diárias a partir de US$ 158. Faça sua reserva aqui!

Você também pode comprar esse passeio saindo de Quito em um bate volta!

[+] Aproveite a estadia para ir até Baños, onde há um balanço em pleno precipício! 

[+] Conheça a exuberante paisagem do vulcão Quilotoa 

Partiu Quito? Acesse nosso site e confira os preços de passagem aérea!

Post por Brunella Nunes
Fotos: divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *