As tapas espanholas são uma verdadeira tradição para quem visita a Espanha, mas você também pode se aventurar e experimentar algumas destas receitas sem sair de casa. Ideais para dias preguiçosos na cozinha, estes petiscos costumam ser rápidos de fazer e perfeitos para compartilhar com a família ou amigos.

Mas você sabe a origem das tapas espanholas? Há várias teorias sobre o assunto e uma das mais conhecidas é que ela teria nascido na realeza.

Diz a lenda que o rei Alfonso X teria recebido a recomendação de tomar algumas taças de vinho quando estava doente. Para amenizar o efeito do álcool, ele sempre acompanhava a bebida com pequenas porções de alimentos.

Outras histórias remetem ao nome “tapa”, que significa tampa, em espanhol. São duas ideias ligadas à esse fato: a primeira remete a um período em que supostamente havia muitos condutores de carroças embriagados, causando acidentes por onde passavam. Daí que os taberneiros teriam passado a servir um pequeno prato de comida sobre os copos de bebida. Ainda segundo a lenda, só seria permitido beber depois de fazer uma boquinha, o que prevenia a bebedeira.

O outro conto diz que as bebidas que ficavam pela metade nas tabernas eram tapadas com os pratinhos de comida, de onde teria saído o nome deste antigo hábito espanhol. A tampa improvisada serviria para afastar insetos e manter o sabor do vinho.

O que comer e beber na Espanha

Tapas espanholas para fazer em casa

Por mais que seja difícil precisar sua origem, as tapas são hoje uma tradição que faz parte da cultura espanhola. Normalmente compartilhadas entre amigos em um ambiente informal, elas podem ser preparadas de diversas maneiras.

Reunimos aqui algumas receitas clássicas de tapas espanholas para experimentar em casa e aproveitar a quarentena com gostinho de Espanha.

Croquetes

O croquete (ou “croqueta”) é uma das tapas mais versáteis e, embora seja um pouco mais trabalhoso de fazer, cai muito bem naqueles dias em que o corpo pede uma friturinha (quem nunca?).

Você encontrará as “croquetas” em diversos sabores. A receita espanhola por excelência é a de jamón (ou seja, presunto), mas também há opções para vegetarianos.

O preparo normalmente é feito por etapas. Primeiro faz-se a massa, com leite, farinha, temperos e o recheio da sua escolha. O segundo passo envolve resfriar a massa, para só então cortá-la no formato de croquetes.

Esses bolinhos devem ser empanados e fritos, para extrair todo o sabor da receita. Se buscar uma opção menos gordurosa, a dica é preparar as croquetas no Air Fryer ou assá-las no forno.

Veja receitas de croquetas espanholas

Pintxos

Essa tapa é típica do País Basco, mas pode ser experimentada em praticamente toda a Espanha. Assim como no caso das croquetas, trata-se de um tipo de tapa que pode assumir muitas versões.

A base da receita é muito simples e há 90% de chances de que você consiga improvisar um pintxo com o que tem na sua geladeira agora. O segredo é um pão tipo baguete cortado em rodelas com uma cobertura à sua escolha: presunto cru, queijos especiais, geleia com brie, cogumelos, salmão, anchovas… Tudo pode virar parte da receita.

Não tem baguete? Sem problemas. Experimente improvisar com rodelas de pão francês.

Veja ideias de receitas de pintxos

Prato de pintxos espanhóis
Foto: takedahrs via Pixabay

Batatas bravas

Difícil encontrar um bar na Espanha que não sirva uma porção de batatas bravas. Como você vai comer o petisco em casa, as coisas são ainda mais simples: a receita leva apenas batatas e um molho muito prático de fazer.

Apesar disso, as receitas de batatas bravas são muitas e cada pessoa inventa o seu jeitinho de preparar o petisco. Aqui tem uma receita básica que foi publicada pelo G1 ou uma versão mais sofisticada divulgada pelo Paladar, do Estadão.

9 coisas que podemos aprender com os espanhóis

Pão com tomate

O pão com manteiga faz parte do repertório de lanches brasileiro. Na Espanha, e principalmente na região da Catalunha, a manteiga dá lugar ao tomate como base para lanches e sanduíches.

A “receita” nesse caso é tão fácil que você vai se arrepender de não ter feito isso antes. É quase uma versão simplificada da brusqueta italiana.

Basta cortar um tomate bem maduro ao meio e esfregar a parte com suco no pão. O vegetal vai deixar seu gostinho ao mesmo tempo em que umedece o sanduíche. Não tem erro e, de quebra, é uma opção perfeita de entrada para veganos e vegetarianos!

Algumas variações do pão com tomate envolvem raspar alho no pão ou salpicá-lo com azeite. Independente da escolha, é difícil encontrar algo tão simples e delicioso.

Roteiro pela Espanha: cinco regiões emblemáticas em uma única viagem

Tortilha de batatas

Quer um resumo desse prato? Trata-se de uma espécie de omelete de batatas que é DAS DEUSAS.

As famosas tortilhas (ou “tortillas”, em espanhol) são onipresentes nos balcões dos bares de tapas – veja onde comer uma tortilha maravilhosa e gigante em Madrid quando for seguro viajar.

A receita básica leva apenas batata, ovo e temperos, mas há versões mais elaboradas, com cebola, espinafre ou mesmo recheadas nos mais diversos sabores.

Receitas de tortilha de batatas

Polvo à Galega

O polvo à galega ou “pulpo a la gallega”, em espanhol, é um prato típico da Galícia, como o nome sugere. Trata-se de um polvo inteiro cozido, servido com sal, azeite e, em alguns casos, pimentão.

Essa receita pode ser servida como uma tapa ou se transformar no prato principal. Tem dicas de como preparar um polvo à galega com batatas no Cookpad.

Quanto custa se mudar para a Espanha (Parte 1) e (Parte 2)

Lula frita

Uma receita de tapa espanhola um pouco mais elaborada, a lula frita é presença confirmada no sul do país. Apesar de que a lula não seja um ingrediente tão barato ou fácil de achar, o passo a passo da receita é muito simples: basta empanar e fritar.

A dica é servir o petisco com molho tártaro para um resultado ainda melhor. Tem receita no Tudo Gostoso.

Já escolheu quais tapas espanholas vai provar hoje? Escolha uma receita e coloque o chef que existe em você para trabalhar! 🙂

3 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *