Se você é dessas pessoas que gostam de ir em cachoeiras para se sentir em conexão com a natureza, pense com carinho em adicionar Tangará da Serra, no Mato Grosso, ao seu roteiro de viagens. A cidade recebe pessoas de várias regiões e estados em busca de lazer e tranquilidade.

Cercada pela Serra Tapirapoá e pela Serra Parecis, entre a Bacia Amazônica e a Bacia do Prata, o município é favorecido com tantas belezas naturais, especialmente as cachoeiras.

Qualquer época do ano é boa para ir para a região, isso porque faz calor sempre em todas cidades do Mato Grosso. Tangará da Serra fica a 250 km de Cuiabá e a maioria dos visitantes de outros estados acabam saindo da capital rumo à cidade.

Não quer mais perder tempo? Encontre passagens aéreas para Cuiabá que cabem no seu bolso!

Saindo da capital, você pode pegar um ônibus, uma van ou até mesmo alugar um carro para seguir sua trip.

De carro, o tempo de deslocamento fica em torno de 3 horas. De ônibus ou van, a viagem dura aproximadamente 4h30. O preço da passagem de ônibus de Cuiabá – Tangará da Serra é de R$ 60, já de van fica R$ 65.

Cachoeiras em Tangará da Serra

tangara da serra
Foto: Trip Advisor

Tangará da Serra é um refúgio em meio a natureza com quedas d’água que encantam os moradores e turistas.

A Cachoeira Salto das Nuvens é uma das mais encantadoras da região e fica a 25 km do centro de Tangará da Serra. Quem deseja ver as quedas d’água no alto da Serra de Tapirapoã pode pagar R$ 15 para ter acesso a um hotel fazenda onde a cachoeira se localiza. Vale a pena pagar o day use do local para passar o dia inteiro por lá.

No Mato Grosso, Aripuanã revela belas cachoeiras em meio à floresta amazônica

Tem uma passarela que chega até perto da cachoeira e, ao lado, se forma uma pequena “prainha” com as águas da cachoeira. Num calor de 40°C comum do Mato Grosso, encontrar uma joia dessas para se refrescar é tudo de bom.

tangara da serra
Foto: Wikimedia Commons

Na propriedade onde fica a Cachoeira Salto das Nuvens, você encontra infraestrutura e também um restaurante para fazer suas refeições. O preço do restaurante pode ser meio salgado, mas você pode levar lanches e bebidas em sua mochila no dia do passeio, já que é permitida a entrada com alimentos.

A Cachoeira Cai-Cai também é mais um destino turístico certeiro na região. Ela recebe esse nome porque tem várias quedas ao longo do rio, formando paisagens exuberantes e piscinas naturais com águas cristalinas perfeitas para se refrescar.

Serrinha do Alambari: um passeio com muito verde e natureza perto de Penedo, no RJ

A Cachoeira do Formoso está localizada em uma área indígena. Quem deseja conhecer esse paraíso precisa de autorização prévia, especialmente para poder praticar um rapel de 40 metros de altura! Outro encanto é a Cachoeira Coqueiral, formada pelo Rio Ararão e com diversos coqueiros plantados em suas margens.

tangara da serra
Foto: Pixabay

Os apaixonados por esportes radicais devem incluir a Cachoeira Queima-Pé e a Cachoeira do Paraíso no roteiro, podendo aproveitar as trilhas dos locais para caminhar bastante em contato com a natureza e finalizar a jornada com um delicioso banho de cachoeira.

tangara da serra
Foto: Prefeitura de Tangará da Serra

Já a Cachoeira Salto Maciel fica a 37 km do centro da cidade, sendo um ponto turístico mais rústico no qual o rio corre com mais força. O caminho até lá é feito em estrada de terra esburacada, que forma poças de água barrenta e lama em dias mais chuvosos (mas carros normais geralmente conseguem passar sem problemas). São obstáculos ao longo do caminho que valem a pena ser ultrapassados, já que a recompensa é gratificante.

tangara da serra
Foto: Trip Advisor

O local é um pouquinho mais escondido e pode ser acessado pela MT 170, na estrada da calcário Tangará, à direita após o Assentamento Antônio Conselheiro. Dentro da propriedade, siga de carro por mais 3 km pela área de preservação ambiental, aberta à visitação durante o ano todo.

PETAR – um parque com cavernas e cachoeiras imperdíveis entre Curitiba e São Paulo!

Aproveite também para fazer passeios de barco pela região. Sem dúvidas, você vai passar pela Pedra do Rio da Calcário, um paredão cheio de charme.

tangara da serra
Foto: Pixabay

Onde se hospedar em Tangará da Serra?

A cidade é muito bem estruturada e tranquila, oferecendo uma rede hoteleira simples, mas agradável, para os visitantes se hospedar. Confira boas opções para cogitar na sua viagem:

Por isso, acaba sendo interessante, caso você não viaje com um veículo próprio, alugar um carro para fazer seus passeios e retornar para o centro da cidade para descansar em seu hotel.

Se você já teve a oportunidade de conhecer esse paraíso no Mato Grosso, conta aqui nos comentários como foi sua experiência 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *