Os aventureiros de plantão nunca se cansam de uma boa dose de adrenalina. Sempre rodeados de paisagens de tirar o fôlego, são o tipo de viajantes que causam inveja aos mortais trancados num escritório. Para continuar essa saga de descobertas e novas experiências, que tal conhecer Salta, na Argentina? Entre cascatas, desertos e montanhas, a cidade promete dias inesquecíveis.

A região serrana a 1.500 km de Buenos Aires tem infraestrutura de sobra na área central, com edifícios do século 19 que abrigam museus, igrejas, bares e restaurantes. Entre seus principais atrativos estão o bungee jumping no abismo em Cabra Corral, rappel, tirolesa, trekking a pé ou de bike entre os altos cumes da Cordilheira dos Andes, rafting no rio Juramento, pesca esportiva e outros esportes náuticos.

Travessias de 4×4 pelos desertos e salares da Puna – como Salinas Grandes – também pode estar incluso no seu roteiro, prometendo paisagens surreais. O passeio no Tren a las Nubes (Trem das Nuvens) é tão indispensável quanto. O ponto principal do percurso de três horas, que vai de Salta a San Antonio de los Cobres, é quando cruza o Viaduto La Polvorilla, situado a 4.200 metros de altitude, onde é feita uma parada de 30 minutos para fotos.

tren-a-las-nubes2

tren-a-las-nubes3

Em Salta também se instalam vinícolas, que tornam o noroeste argentino mais uma boa parada para amantes de vinhos. Os passeios se estendem por casas produtoras, lojas e eno-spas que vão até Cafayate, a 190 km de distância. A gastronomia fica completa com pratos regionais típicos da Patagônia, como a carne de cordeiro, lhama ou alpaca, além de empanadas salteñas e outras massas.

Vale a pena incluir no roteiro a província de Jujuy, onde cenários exóticos também imperam sobre os homens, como se vê no fabuloso cânion Quebrada de Humahuaca. Em Purmamarca, outra atração natural curiosa e que atrai olhares do mundo todo: o Cerro de los Siete Colores, montanha possui sete cores em sua formação.

Como chegar: existe aeroporto a 7 km de Salta, que em voos partindo de Buenos Aires tem viagem com duração de 2h. De ônibus, partindo também da capital argentina, somam-se mais de 20 horas de trajeto. A cidade está a 12 horas da fronteira com o Chile, na altura do Deserto do Atacama, possibilitando também essa via como alternativa.

salta13

salta11

salta2

bungee_jumping-em-salta

Foto via

 

https://www.youtube.com/watch?v=lwMGGIj-LPw

salta5

salta

salta9

salta15

salta8

salta16

salta-5

Post por Brunella Nunes
Fotos: reprodução/agências de turismo

Verão 2020

Programe-se para curtir as belezas da Bahia no próximo verão! Temos dicas de lugares incríveis para suas férias.