Sabe aqueles lugares que dão vontade de colocar num potinho e levar embora? Assim é o Saco do Mamanguá, um refúgio caiçara entre mar e montanhas de Paraty, no Rio de Janeiro. Considerado o único fiorde tropical do Brasil e do mundo, o trecho cercado de tranquilidade e beleza se encerra no mais bem preservado manguezal da Baía da Ilha Grande.

Na praia do Ícaro, em seu território, foi gravado o segundo filme da saga vampiresca “Crepúsculo”, numa isolada mansão de 700 m² com heliporto, que pode ser alugada a partir de R$ 8 mil. Fora esse recanto cinematográfico, a simplicidade impera dentro da Área de Proteção Ambiental do Cairuçu, emoldurada pela vegetação da Mata Atlântica e com a lembrança dos golfos escandinavos estampada na paisagem.

Em seus 8 km de extensão e 2 km de largura cabem 33 praias e oito comunidades, privilegiadas com a presença da natureza. Do topo do Morro do Pico, ou Pão de Açúcar, menos famoso do que o da capital mas igualmente lindo, se avista o esplendor dessa entrada de mar, com águas cor de esmeralda onde se avistam tartarugas, peixes, cavalos-marinhos e golfinhos. Caiaques chegam até o mangue e servem como opção de passeio até riachos e cachoeiras.

À beira das pequenas e desertas praias, sombra, água fresca e muita paz. Há pousadas como o Refúgio Mamanguá e o Mamanguá Eco-Lodge, casas para aluguel e um hostel, todos bem rústicos e com cara de recanto litorâneo, sem energia elétrica – apenas geradores. Algumas construções são feitas de palafitas, como o tradicional Restaurante do Dadico, que prepara uma deliciosa comida caseira e frutos do mar, apreciados nas mesas sobre o deck de madeira.

Para alcançar o recanto litorâneo, saiba que barcos partem de Paraty-Mirim (vizinha de Paraty), onde dá para deixar o carro estacionado, mas também é possível ir até lá por uma trilha longa e íngreme. O mais difícil, porém, não é chegar e sim se despedir de Mamanguá na hora do check-out.

[+] Confira outros lugares para relaxar pertinho do RJ

[+] Curtiu esse lugar? Então você precisa ver de perto essa ilha carioca!

[+] Se seu lance não é a praia, bora pra região serrana!

[+] Que tal um mergulho nas águas cristalinas da Ilha do Japonês?

[+] Um amor e uma cabana: confira hospedagens inspiradoras ao redor do mundo

Post por Brunella Nunes
Fotos: reprodução/Refúgio Mamanguá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *