Se você optou por seguir uma dieta ou ideologia sem carne à mesa, então precisa conhecer os melhores restaurantes vegetarianos de São Paulo, que exploram a riqueza dos ingredientes  naturais, chutando de vez a ideia de que veggies só comem alface.

Segundo dados da pesquisa Ibope, o número de brasileiros que declaram não consumir carne quase dobra em apenas seis anos. São 29 milhões de pessoas que vivem com menor ou nenhuma quantidade de ingredientes de origem animal no prato.

Entre variadas razões, das restrições alimentares à política, o importante é que não faltam boas opções de restaurantes vegetarianos em São Paulo. Quem também aproveita a fase em ascensão são os veganos, seja por meio de adaptações nas receitas ou em lugares exclusivamente vegans, igualmente inseridos nessa lista, com a seguinte sinalização: 🌱.

Aliando criatividade, cores, texturas e inovação, a exemplo do uso de inúmeras plantas e grãos diferenciados compondo as receitas, podemos afirmar que a gastronomia veggie vai muito bem, obrigada!

Restaurantes vegetarianos de São Paulo

Quincho | Rua Mourato Coelho, 1140 – Vila Madalena

O restaurante e bar decorado com neon, plantinhas e elementos retrôs é muito bem cotado entre os veggies paulistanos, além de ser uma opção plausível para o jantar, visto que fica aberto até meia noite, coisa ainda rara entre os estabelecimentos vegetarianos e veganos.

Da cozinha saem pratos como o nhoque caseiro de ricota, coberto com molho de bechamel, tomates confitados tapenade de azeitonas pretas, rúcula selvagem e amêndoas defumadas; e o risoto de quinoa com creme de castanhas, ervilha torta, vagem e brócolis tostados, acompanhado de almôndegas de cogumelo com molho tahine e ervas. Se a fome for menor, prove o bolovo e os drinks autorais da casa.

Foto: divulgação/Quincho
Foto: divulgação/Quincho.

Restaurante Homa 🌱 | R. Benjamin Egas, 275 – Pinheiros

Com o lema “onde os vegetais são reis”, o restaurante Homa vem se destacando como um dos principais para veggies e veganos na capital. Num sobrado de 1950 são servidos pratos da cozinha autoral dos chefs José Barattino e Gilson de Almeida, como o dumpling de abóbora, missô e alho poró, servido como entrada, e o arroz cremoso de beterraba, sucesso da casa desde sua abertura.

O menu de almoço conta com um bowl de polenta integral cremosa, legumes assados, granola salgada Homa e ovo mole, além de outras delícias que se renovam a cada semana. Para fechar com chave de ouro, vá de sobremesa: ganache de chocolate, creme de manga, maracuja e chantilly de hortelã. Aos domingos, serve café da manhã até 13h da tarde.

Foto: divulgação/Homa
Foto: divulgação/Homa

Purana.co 🌱 | Rua Cônego Eugênio Leite, 840 – Pinheiros

Com Alana Rox como mentora e sócia, o Purana está entre os favoritos de muita gente, inclusive dos que comem carne, mas têm uma alimentação mais saudável. As receitas sem trigo e sem origem animal prezam pela naturalidade, caprichando no sabor.

No salão minimalista dá para provar um bocado de coisas diferentonas, como a barca de pupunha com azeite de capim santo, cristais de castanha e ervas. A sugestão é de que seja acompanhado com o clericot, elaborado com kombucha no lugar de vinho.

Foto: divulgação/Purana

Plant Made 🌱 | Praça Vilaboim, 111 – Higienópolis

Comandado pelo grupo do chef-celebridade norte americano Matthew Kenney, o restaurante, empório e doceria é vegano e plant-based, dando preferência para ingredientes orgânicos. Os pratos gourmet prezam pelo frescor e preparo cuidadoso, mergulhando também dentro da chamada raw food, uma alimentação crua, como se vê no cheesecake de manga. Servido frio, o Cacio e Pepe da casa é feito com massa sem glúten de feijão verde, com molho à base de castanhas e azeitona desidratada.

PlantMade entra nos melhores restaurantes vegetarianos de São Paulo – Foto: divulgação/PlantMade

Gulab Hari | Rua Antônio Carlos, 429 – Cerqueira César
Gopala Restaurante | Rua Antonio Carlos, 413 – Cerqueira César

A mais de 20 anos atrás, o Gopala Hari se instalou do ladinho da Av. Paulista e se tornou referência para os vegetarianos da cidade. Em 2008, houve um rompimento na sociedade e o restaurante se transformou em dois: Gulab Hari e Gopala. Ambos mantêm a inspiração indiana nos pratos, que são lacto-vegetarianos, mas com versões veganas disponíveis. A comida é bem feita, o ambiente é legal e o preço bem justo.

  • O Gulab abre apenas no almoço, de segunda a sexta, com combo a R$ 39,50.

Comida indiana também faz parte dos melhores restaurantes vegetarianos de São Paulo – Foto: divulgação/GulabHari
  • Já o Gopala tem duas opções (com sobremesa) diárias no almoço, com valor de R$ 28 a R$ 35, e abre também aos sábados, com preço de R$ 33 a R$ 41.
Foto: divulgação/Gopala
Foto: divulgação/Gopala

V.Bistrô 🌱 | Rua Pintassilgo, 346 – Moema

Petfriendly, a padaria e bistrô de atmosfera sofisticada conta com opções do café da manhã ao jantar. Da produção matutina saem quiches, pães, tortas doces, donuts, sonho, cinnamon bun e vários tipos de cafés.

Depois, são servidas refeições autorais e equilibradas, pautadas pela culinária contemporânea, como o tartar de arroz negro e o nhoque chapeado. Na foto, uma das novidades da casa: avocado grelhado com toque sutil de alho, legumes chapeados, posta de tofu selado em especiarias com uma camada crocante de sementes e nuts (R$ 39,90).

Foto: divulgação/V Bistro
Foto: divulgação/V Bistro

Ambrosio Cozinha Afetiva | Rua Zacarias de Gois, 1201 – Campo Belo

Aberto todos os dias, mas apenas para almoço, o charmoso restaurante trabalha com alimentos frescos, naturais, sem embalagem ou processados. Durante a semana, são duas opções de pratos do dia, como o espaguete integral ao creme de abóbora com perfume de laranja, lâminas de amêndoas, parmesão e rolinho de abobrinha com ricota e nozes.

Conta também com uma unidade na Chácara Santo Antônio.

Foto: divulgação/Ambrosio
Foto: divulgação/Ambrosio

That Vegan Brand 🌱 | Rua Aimberê, 91 – Perdizes

Aberto todos os dias, o restaurante serve basicamente pratos feitos, como o Baião de Dois (R$ 28) e a feijoada vegana (R$ 25 a pequena e R$ 40 a grande). Com preços interessantes, o menu é bem completo e recheado de opções, incluindo massas, lanches, porções, salgados, pães e sobremesas. Paga-se menos de R$ 30 para comer bem.

Foto: divulgação/That Vegan Brand

Banana Verde | Rua Harmonia, 278 – Vila Madalena

Instalado desde 2006 na tranquila e arborizada esquina das ruas Madalena e Harmonia, bem no coração da Vila Madalena, apresentamos uma cozinha natural, contemporânea e vegetariana/vegana com muita criatividade, e produtos orgânicos. Oferecemos cor, sabor e saúde! Chef Priscilla herrera

Aos domingos, é servido Eryngui grelhado na chapa, arroz cateto com lentilhas à grega, purê de abóbora e abobrinha com coalhada e dill. (Opção vegana com creme de castanhas e dill). A la carte, a indicação é o Agnolotti de Beterraba (R$ 46,00), com beterraba, camembert, manteiga de pistache e parmesão.

O menu executivo completo custa R$ 56,90 (buffet de salas, prato principal e sobremesa). O prato do dia custa R$ 40,00. Aos finais de semana e feriados o valor sobe, respectivamente, para R$ 75,50 e R$ 53,00.

Foto: divulgação/Banana Verde
Foto: divulgação/Banana Verde

Vaca Ateliê Culinário 🌱 | Av. Professor Alfonso Bovero, 323 – Perdizes

A chef Kamili Picoli prepara delícias veganas desde a adolescência. Hoje, mesmo com pouca idade, já conta com uma bagagem interessante: criou pratos para iniciativas como o Boteco Vegan e a Padoca Vegan. Em seu próprio espaço, serve de terça à sexta o cardápio executivo, com entrada e prato principal (R$28). Às quartas inclui sobremesa gratuita. Um dos itens mais diferentes a la carte é o fondue (R$ 75), feito com queijo de castanhas e vinho branco.

Vale a pena aproveitar o café da tarde às sextas (buffet a vontade por R$ 30, das 17h às 19h) ou o brunch aos finais de semana, com bastante opção na mesa: pão de queijo, cesta de pães, tortas, calabresito (pão artesanal bem gostoso, com “calabresa” vegan e tomate), tofu mexido, wrap, tapiocas, sonho, carolina, cinnamon roll, entre outros. O menu degustação custa R$ 65 e vale a pena.

Hortalice | Alameda Gabriel Monteiro da Silva, 2420 – Cerqueira César

Escondido dentro do Una Yoga, o restaurante de comida vegetariana preza por ingredientes orgânicos e sazonais. Dentro do menu executivo, serve entrada, prato principal e sobremesa por R$ 29,90. Às sextas é servido o picadinho de cogumelos com molho de vinho tinto e mostarda, acompanhado de tartare de banana, ovo mollet trufado e farofa.

Entre as bebidas aparecem sucos funcionais e chás gelados, como o chá de fada, com lavanda azul, toque de limão siciliano e mel. Tome nota: aberto apenas durante a semana.

Foto: divulgação/Hortalice

Fratelli Basílico 🌱 | Avenida Portugal, 1695 – Brooklin

A pizzaria vegana oferece pizzas livres de ingredientes de origem animal, com receita de molho caseiro da família, vinda da Itália. Como entrada, a casa oferece crostinis e antepastos. Entre os sabores se destacam a Calabria, com linguiça calabresa vegetal, cebola, pimenta do reino, azeitona e orégano; e a Concceta, que leva queijo chevre, abobrinha, berinjela, pimentão, hortelã e alho.

Quem gosta de cogumelos pode optar pela Bari, composta de tofu defumado, mix de shimeji, cogumelo paris e shitake, salsinha e cebolinha. Os valores vão de R$ 57 a R$ 81 pelas redondas de oito pedaços. O rodízio, de terça a domingo, custa R$ 60 por pessoa.

Foto: divulgação/Fratelli Basílico

Sushimar Vegano 🌱 |  Alameda Campinas, 1287 – Jardins

A rede fluminense de restaurante japonês montou uma casa 100% vegana em São Paulo, que já é um sucesso de público. Os criativos pratos autorais se baseiam na adaptação da culinária asiática, colocando para jogo algumas delícias como o ceviche de caju, niguiri de coco, gunkan de salada de repolho roxo com tomatinhos, guioza de abóbora kabochá e shitake, lamen com caldo de legumes, tofu e cogumelos.

Durante o almoço na semana tem combinados por R$ 29. Se montar um combo adicionando entrada, missô e sobremesa, sai R$ 49. Há também o sistema de rodízio, que custa R$ 65,00 por pessoa no almoço de terça a sexta; e R$ 76,00 por pessoa no jantar.

Foto: divulgação/Sushimar

12 destinos para viajantes vegetarianos e veganos aproveitarem ao redor do mundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voe de Avianca para Bogotá e Lima e se conecte com destinos como Cartagena, Cancún, Punta Cana, Orlando e Nova York