Sair para comer já não é mais a mesma coisa desde que as redes sociais foram inventadas. E a gente sabe que a maior gula é, primeiro, com os olhos! Atento nas tendências do Instagram, um restaurante vegano em Londres tratou de caprichar não apenas no visual, forrando as paredes (e os assentos) de cor de rosa, luzes neon, pop art e plantinhas, mas também no menu ao apostar em uma elogiada e aparentemente apetitosa comida orgânica.

No coração do descoladérrimo bairro de Shoreditch, onde tudo de hype acontece, o Genesis apareceu a apenas poucos meses atrás para ser uma opção saudável e altamente fotogênica, como demanda um bom paraíso para millennials. A pegada é mais descontraída, ideal para aquela reunião com as amigas para colocar o papo em dia ou um jantar casual numa noite na qual cozinhar não estava nos planos.

12 destinos para viajantes vegetarianos e veganos aproveitarem ao redor do mundo

A empreitada tem uma história um tanto peculiar em sua criação. Os irmãos Alex e Oliver Santoro são de uma família envolvida a pelo menos 100 anos na indústria da carne, e talvez exatamente por isso se tornaram veganos. Depois de viajarem pelo mundo, resolveram abrir o restaurante com preços acessíveis, inspirado na culinárias norte americana, indiana, asiática e algumas partes do Oriente Médio.

Comidinhas sem glúten e sem origem animal são levadas a sério e, embora pareçam junk food, são apenas aparências. Indo além da cenografia, o gastronomia traz uma novidade que vem se espalhando mundo afora: opções plant based, ou seja, seguindo uma dieta à base de plantas, com pouca ou nenhuma proteína animal nas refeições. O que está incluso são vegetais, legumes, frutas, cereais, grãos integrais e sementes.

No cardápio aparecem pratos 100% vegan, como o tacos mexicanos, que se autodenominam as únicas tortillas orgânicas do Reino Unido; hot-dogs, hambúrgueres, sopas, saladas, noodles, sorvetes e outros doces, como o mousse de cacau feito com abacate. Entre as opções, tente o Shawarma, um enrolado de pão árabe semelhante a um kebab, com salada israelense, pimenta, picles, molho de alho, molho de tahine e sumagre (tempero típico).

Já o hambúrguer American Woman leva pão tipo brioche recheado de salada de repolho cremoso, molho barbecue, anéis de cebola, jalapeños e pepinos. Nos tacos, uma coisinha chama a atenção: chorizo, corte de carne tipicamente argentino. Mas calma! É na verdade uma releitura vegana, com sabor e textura bem parecidos com a “original”.

Sabia que em São Paulo tem uma pizzaria 100% vegan? A gente foi lá!

A carta de drinks é promissora para provar novos sabores e, aliás, também destaca que são “os únicos coquetéis orgânicos do Reino Unido”. Capta o olhar a Spirulina Colada, composta de rum escuro, suco de abacaxi, leite de coco, cachaça branca, suco de limão e Spirulina, uma superfood que tem origem nas algas marinhas. Kombucha (bebida fermentada e probiótica), matcha (broto do chá verde), açafrão (raíz termogênica), couve kale (outra superfood venerada pela galera fitness), cerveja chaga (feita a partir de um tipo de cogumelo) são outros ingredientes diferentões que aparecem para abrilhantar e aguçar a curiosidade no balcão do bar.

O café da casa é o especial Doi Chaang, oriundo dos vales tailandeses. E detalhe: são coados em água purificada e filtrada por osmose reversa, processo que retêm diversos tipos de contaminantes químicos, bactérias e vírus. Sucos, chás, vinhos, cervejas e milk shakes são as demais opções para beber.

Como chegar: o Genesis fica no número 144 da Commercial Street. Para ir até lá basta pegar o metrô até a estação Aldgate East Station, que sai exatamente nessa rua. Também há varias linhas de ônibus que passam pelo local.

Partiu Londres? Encontre aqui sua passagem aérea!

Fotos: divulgação | em destaque no topo da página: via

Com ambientes fabulosos, Sketch reúne galeria de arte, bar e cafeteria em Londres

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquise aqui sua passagem aérea!