Já imaginou ver onça em São Paulo? O que parece impossível é verdade. Uma reserva com espécies raras será aberta a partir de junho de 2016, a menos de 150 km da capital paulista. Chamada de Legado das Águas, a mata é a maior reserva florestal privada do país, equivalente a 31 mil campos de futebol, e pertence ao grupo Votorantim.

O local está a duas horas de São Paulo, na cidade de Tapiraí. Num país onde apenas 8,5% da Mata Atlântica ainda sobrevive, parece maluco que tão perto da metrópole se encontre espécies como a rara anta albina, jaguatirica, veado mateiro, caninana (uma das cobras mais velozes do mundo), macaco bugio, gato-maracajá e onça-parda. Além de ter uma biodiversidade imensa de flora e fauna, essa região abriga também cerca de 40 cachoeiras.

A partir de junho deste ano, o local será aberto para estudantes de escolas públicas, inicialmente como teste para abrir ao restante do público em 2017. O grupo Votorantim detém e preserva a área, que também pega parte das cidades de Miracatu e Juquiá, no Vale do Ribeira.

A reserva, ainda desconhecida por completo, é alvo constante de pesquisas científicas e biológicas, que já se deram conta de pegadas de onças pintadas na mata, além de atuar como cenário para workshops fotográficos, estes sim abertos ao público.

legado das águas

legado-das-aguas

legado-das-aguas2

legado-das-aguas3

legado-das-aguas4

legado-das-aguas5

legado-das-aguas6

legado-das-aguas7

legado-das-aguas8

legado-das-aguas9

legado-das-aguas10

Post por Brunella Nunes
Fotos: Luciano Candisani/ Luciano Zandoná e divulgação/Legado das Águas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *