Segundo dados de 2018 da Organização Mundial de Turismo, a China é o quarto país mais visitado em todo o mundo, recebendo anualmente 60,7 milhões de turistas internacionais. Com tantos atrativos, é natural que a procura, inclusive pelos brasileiros, seja grande. Quem deseja visitar o país precisa tirar visto para China. Dessa maneira, fica autorizado a entrar.

Seja para ver a Muralha da China, ver de perto o Exército de Terracota, visitar a Cidade Perdida e seu complexo de museus exuberante, as montanhas amarelas e tantos outros pontos turísticos, brasileiros que desejam visitar a China precisam de visto. Mas, é bem fácil e rápido solicitar o seu!

Confira o passo a passo para solicitar visto para China!

1. Confira sua documentação

visto americano
Foto: Pixabay

O primeiro passo para solicitar seu visto é ter um passaporte brasileiro com validade mínima de seis meses — veja aqui como tirar seu passaporte. Faça uma cópia da página de dados do portador do passaporte e leve junto no dia.

Se você já tiver o roteiro de viagem com datas de entrada e saída do país, bilhetes de passagens aéreas compradas, reservas de hotel, comprovante de renda e até mesmo uma carta-convite emitida por um órgão ou morador da China, também separe esses documentos para levar.

2. Imprima e preencha o formulário

Acesse a página da Embaixada da China e imprima este formulário. Preencha o documento com letras maiúsculas, de forma, nos espaços indicados. É importante você tirar uma foto colorida recente do seu rosto, com fundo branco, em papel fotográfico, para anexar à solicitação.

3. Vá até o Consulado da China

Com toda a documentação e formulário preenchido, basta ir até o Consulado da China mais próximo — não é necessário fazer agendamento prévio. Confira os endereços:

  • Consulado da China em São Paulo – Endereço: R. Estados Unidos, 1071 – Jardim America, São Paulo. Atende de segunda a sexta, das 9h às 11h30. Telefone: (11) 3069-9895. Esse consulado atende a jurisdição dos estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul
  • Consulado Geral da República Popular da China no Rio de Janeiro – Endereço: R. Muniz Barreto, 715 – Botafogo, Rio de Janeiro. Atende de segunda a sexta, das 9h às 12h. Telefone: (21) 3237-6600. Esse consulado atende a jurisdição dos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais e Bahia
  • Embaixada da República Popular da China em Brasília – Endereço: SHCS Quadra 813 Lote 51 – Brasília. Atende de segunda a sexta, das 9h às 12h30 e das 15h às 17h. Telefone: (61) 2195-8200. Esse consulado atende a jurisdição de Brasília, Goiás, Mato Grosso, Mato grosso do Sul, Tocantins, Pará, Amapá, Amazonas, Acre, Roraima e Rondônia
  • Consulado-Geral da República Popular da China – Endereço: Estr. do Arraial, 3139 – Casa Amarela, Recife. Atende segunda, quarta e sexta, das 9h às 12h. Telefone: (81) 3049-9500. Esse consulado atende a jurisdição de Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí e Maranhão

A seção consular vai passar seu protocolo e a conta para fazer o pagamento da taxa.

Não pode ir pessoalmente até o consulado? Você pode pedir para outra pessoa entregar a papelada por você — não precisa ser o solicitante quem fará a entrega. O visto chinês de turismo é o L, emitido para pessoas que irão à China como turistas. Aqui é possível ver outras finalidades.

4. Pague a taxa de emissão do visto para China

A seção consular vai passar a conta que o depósito de pagamento deve ser feito em dinheiro e na boca do caixa. A Embaixada não aceita outras maneiras de pagamento tais como cheque, cartão de crédito, transferência online, depósito em caixa eletrônico, etc. É necessário apresentar o comprovante de depósito e protocolo para retirar o documento.

5. Quanto custa o visto para China?

O valor a ser pago para emissão do visto chinês para cidadãos brasileiros é de R$ 460, com validade de cinco anos e garantindo ao viajante até 90 dias de permanência. Se solicitar o envio dos documentos por Correios, uma taxa extra será cobrada conforme a localidade, variando entre R$ 30 e R$ 85. Visto de urgência, que fica pronto em 24 horas, tem acréscimo de R$ 130 de taxa. Confira aqui os valores vigentes.

O solicitante não poderá pagar a taxa de visto com antecedência. A seção consular irá passar o protocolo e a conta para fazer o pagamento da taxa no dia da entrega dos documentos. Normalmente, em quatro dias úteis, o visto é emitido.

Informações importantes

  • É aconselhável que cidadãos brasileiros tomem a vacina contra Febre Amarela;
  • Os brasileiros não necessitam de visto para entrar na Região Administrativa Especial de Hong Kong e Macau, se a permanência for inferior a 90 dias;
  • O prazo normal para liberar o visto é de 4 dias úteis, salvo os casos de urgência;
  • Confira a jurisdição que atende o seu estado para fazer o envio da documentação corretamente;
  • Caso seu visto não seja de turismo, verifique com o consulado quais outros formulários e documentos deve entregar.

Agora, é só se programar para fazer uma viagem a um país exótico e cheio de atrativos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verão 2020

Programe-se para curtir as belezas da Bahia no próximo verão! Temos dicas de lugares incríveis para suas férias.