Pode ser um tanto difícil para quem mora fora associar São Paulo com paraísos litorâneos. Mas acredite, eles existem! Neste post, reunimos 10 lugares e praias imperdíveis em Ubatuba, no litoral Norte paulista. Com belezas quase intocadas, a região é agraciada com a presença preservada da Mata Atlântica e mar de águas cristalinas.

A três hora e meia do centro de SP, o município conta com mais de 100 praias e ilhas. Por ter 80% de seu território composto pela floresta, é ideal para quem gosta de praticar trekking, e mesmo para quem não é adepto, as trilhas são inevitáveis para se chegar até as praias mais afastadas. A cidade tem bastante infraestrutura, contando com bares, restaurantes, lojas, hotéis, resorts, hostels e campings, além de sediar campeonatos esportivos importantes.

Encontre aqui hospedagens exclusivas e com desconto por São Paulo

Praias imperdíveis em Ubatuba

Bora conhecer mais desse lugar maravilhoso?

Cachoeira do Ipiranguinha

A apenas 6 km do centro, um belo poço esverdeado e cristalino se forma a partir da queda d’água de sete metros. Propícia para banho, com partes rasas e profundas, acaba se transformando numa pequena praia fluvial, com direito a escorregador em pedra lisa. Ao lado direito há uma trilha curta que leva os curiosos até uma ruína. Dizem que faz parte da arquitetura do século 19, porém sua origem é um tanto incerta.

Praia do Português

Escondidinho ao lado de uma das praias mais conhecidas de Ubatuba, esse pequeno paraíso cercado pela vegetação e águas cristalinas é conhecido também como Prainha do Félix e Praia Esquecida. Uma caminhada de 10 minutos pela costa direita da Praia do Félix leva os turistas até a discreta prainha de 25 metros de extensão. Não há infraestrutura alguma, então, se levar comida, não se esqueça de levar seu lixo embora.

 

Foto via Pinterest

Praia Ubatumirim e Praia da Justa

Começando por Ubatumirim, é uma praia sossegada que atrai muitas famílias em sua extensa faixa de areia. O mar calmo favorece a brincadeira das crianças. O entorno é interessante, de onde se avista a Ilha das Couves e a Ilha do Prumirim, entre outras. Em maré baixa, passando pela água, ou por uma trilha, se chega até a Praia da Justa. Essa é, na opinião desta que vos escreve, uma das melhores praias de Ubatuba. Além de ser linda e com aspecto selvagem, tem um mar tão tranquilo que nos dá a sensação de estar numa piscina natural. Em alta temporada, conta com um quiosque.

Praia da Sununga e Gruta que Chora

Na rota do Skimboard Mundial, esporte de deslize nas ondas sob uma prancha menor que a de surf, essa praia de tombo tem um mar tão agitado quanto os campeonatos que sedia. No canto esquerdo há outro atrativo bastante conhecido na região, a Gruta que Chora, uma cavidade de origem vulcânica marcada por lendas e misticismo. Há quiosques, restaurantes, opções de hospedagem e comércio pela orla.

Acesse nosso mapa para conferir opções de hospedagem em Ubatuba onde você deseja!

Ilha Anchieta

A segunda maior ilha do litoral paulista é acessada por meio de escunas que partem da  Enseada e do píer do Saco da Ribeira. A ilha possui quatro praias, sendo a do Presídio uma das mais conhecidas e também onde atracam as embarcações. Ali estão as ruínas da Antiga Colônia Penal, desativada em 1955 após uma das maiores rebeliões carcerárias do país.  Na Praia do Leste, uma estátua submersa do oceanógrafo Jacques Costeau foi retirada recentemente para restauração e poderá ser vista de novo por mergulhadores em breve. As águas transparentes favorecem o snorkelling também.

Praia das Conchas ou do Lúcio

Deserta e arborizada, essa praia passa despercebida por muita gente. O nome faz jus ao o que se encontra aos montes no local: muitas conchas, de variados tipos, que forram a areia e a beira do mar. As águas são tranquilas, cristalinas e de tom esverdeado. Não há infraestrutura turística, nem quiosques. É só você e o sossego no local.

Foto via

Ruínas da Lagoinha

Chegando à praia da Lagoinha, uma placa indica o acesso às ruínas da Fazenda Bom Retiro, que tinha grande produção de café e cana de açúcar em meados do século 17. Parte do legado colonial do país, se tornou um local curioso que atrai turistas. Paredões tomados pela vegetação e pela ação do tempo, restos de uma roda d’água e uma imensa pedra de granito de 16 metros de diâmetro compõem seu cenário pitoresco, que serve de pano de fundo para muitas fotografias.

Praia do Cedro ou Praia do Cedrinho

Reservada, a praia do Cedro ou Cedrinho – como é apelidada -, fica na região central e tem uma trilha de fácil acesso. Com visual da Mata Atlântica e do mar cristalino de águas esmeraldas, é uma opção interessante para quem busca por tranquilidade e a prática de snorkel, onde não é difícil encontrar ou avistar tartarugas nadando longe. Só tome cuidado ao entrar no mar, que é de tombo e com poucos passos já se está na parte funda.

Praia Itamambuca

Alvo de surfistas e de campeonatos, essa praia atrai uma galera mais jovem em busca de altas ondas e curtição. Além do surf, outros esportes tomam conta da areia, seja o cooper, o frescobol, a yoga ou a simples caminhada. A entrada no local é fácil, através de um condomínio, e há algumas barracas na orla. Ao lado direito, o encontro do mar com o rio proporciona uma bela paisagem, especialmente ao entardecer.

Cachoeira do Prumirim

Apesar da praia de mesmo nome compensar uma visita, a cachoeira do Prumirim é quem estrela nessa lista. Sinalizada por placas na rodovia, ela fica escondida no meio da mata, mas ainda assim é muito procurada pelos turistas. Formada por uma nascente da Mata Atlântica, tem águas geladas e não muito profundas, que formam várias quedas e uma espetacular “piscina de borda infinita” natural. Há poços que parecem uma hidromassagem, devido a força das águas que vão descendo, além de um escorregador em pedra lisa bem divertido!

Praia do Félix

Apesar de ser bem conhecida, essa praia não perde nada em termos de beleza e preservação. O acesso é feito por um condomínio e uma pequena trilha pela mata. O mar azul intenso contrasta com a areia branquinha e os morros forrados de vegetação. Na areia é possível encontrar poucos quiosques e uma pousada. Não espere preços baixos, afinal, a região é de classe média alta. Aproveite para conhecer as praias vizinhas, do Português e do Lúcio, acessadas pela praia do Félix.

E aí, se empolgou? Então clique aqui para ver mais praias sensacionais em SP!

Post por Brunella Nunes
Fotos: © Brunella Nunes para o Quanto Custa Viajardivulgação