Quem vai à Portugal já espera pelo sabor dos pastéis de Belém, os detalhes da azulejaria centenária e o sotaque arrastado dos moradores lusitanos. Mas se você quer ter uma experiência diferente, siga até a Pensão Amor, em Lisboa, onde um antigo bordel renasceu como bar burlesco, abrilhantando a noite na terrinha com a pegada zero convencional.

No número 19 da rua do Alecrim, um casarão de quatro andares era utilizado por prostitutas e, entre vários personagens, alguns marinheiros em busca de aventuras sexuais na primeira metade do século 20. Hoje ainda preserva relíquias da antiguidade em sua decoração Bélle Époque. Muito veludo, espelhos, lustres extravagantes e paredes forradas ora por um belo papel de parede, ora por uma porção de quadros com gravuras safadinhas formam o misto de referências do lugar, que por si só já é uma distração.

8 paradas gastronômicas alternativas em Lisboa

Os olhos atentos, porém, podem ser direcionados não apenas para algum gajo na mesa ao lado como também para os shows ao estilo cabaret que tomam conta do palco. A programação conta ainda com apresentações de jazz, teatro, saraus e DJs, tornando o espaço uma referência cultural e alternativa.

Uma atmosfera descontraída paira no ar, mas o erotismo ainda derrama seu charme sobre os clientes, guiando-os inclusive ao discreto Purple Rose, um sex shop nos fundos do edifício, com entrada direta pela Rua Cor de Rosa.

Há também uma livraria de literatura erótica e um estúdio de pole dance nos quartos da pensão. Aliás, escolha bem a porta por onde deseja entrar, pois isso fará toda a diferença na sua experiência. É importante explorar a casa para descobrir em qual ambiente irá se sentar para um bocado de diversão.

Munida de originalidade, a pensão outrora decadente alcança novo público e status a partir da qualidade que oferece, seja no entretenimento, seja nos coquetéis originais que embalam noites animadas entre amigos. Os drinks prestam homenagem à notórias figurinhas que frequentavam o cais do Sodré e seus arredores, um reduto cool de lisboetas e viajantes curiosos.

Encontre aqui sua passagem aérea para Lisboa!

Se quiser compartilhar a bebida, além de cerejas artesanais e bons vinhos, o destaque é o extravagante Orgia. Sugestivo, é um drink elaborado com rum, conhaque, purê de maçã, suco de laranja, suco de limão, xarope de canela e uma pitada de pimenta jalapeño. É servido com bastante gelo, dentro de um bule de chá.

Além dos originais da casa, é legal dar uma espiada nos coquetéis vintages, que resgatam as misturas alcoólicas de séculos passados. É o caso do drink do leste indiano, de 1882, que leva conhaque, bitter aromático, licor de laranja, licor de cereja marasca e xarope de framboesa. Já o O Comunista, de 1933, é elaborado com gin, licor de cereja preta, laranja e limão.

Nessa pensão ninguém dorme, mas todos podem ter uma boa noite de sonhos vívidos.

Quanto custa: o custo médio para bebericar um pouco é de € 30 para duas pessoas, sem contar com tickets de eventuais espetáculos. A última temporada de shows, que incluía um super jantar já no valor do ingresso, custava € 70 por pessoa.

Lisboa do alto – Confira dicas de lugares para visitar!

Veja as nossas dicas de onde se hospedar em Lisboa.

Fotos: divulgação

5 passeios gratuitos em Lisboa para incluir no roteiro

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *