Um dos tours que a maioria dos brasileiros deseja adicionar ao roteiro de viagens em Santiago, no Chile, é o passeio para o Valle Nevado, a 60 km de distância da capital, principalmente se estiver indo durante o inverno.

É normal muita gente acreditar que o Valle Nevado seja uma cidade ou uma região no Chile. Na verdade, trata-se de uma estação de esqui, mais precisamente um Ski Resort, que fica a 3.200 metros de altura na Cordilheira dos Andes. Além das pistas de esqui, o local possui hotéis, restaurantes, balada e muitas lojinhas para se esbaldar em comprar.

Mas o que atrai mesmo os turistas é o visual. O Valle Nevado proporciona uma das vistas mais encantadoras que se pode ter durante o inverno: céu azul que mais se parece com uma moldura para as montanhas cobertas por gelo.

Partiu, Santiago? Encontre passagens áreas aqui com os melhores preços!

valle nevado chile
Foto: / Pexels
valle nevado chile
Foto: / Jimmy Baikovicius

A melhor época para visitar o Valle Nevado é de junho a setembro, quando temos a temporada de inverno. Entre esses meses, você vai encontrar esse cenário divino e branquinho.

De outubro a maio não neva! O topo da Cordilheira dos Andes sempre tem neve, mas a estação de esqui não terá — e seu passeio pode perder um tiquinho de encanto.

Como chegar ao Valle Nevado

valle nevado chile
Foto: Wikimedia Commons

O Valle Nevado fica a 60 km de distância de Santiago. Por isso, quem visita a capital chilena no inverno pode incluir o passeio no roteiro com toda certeza — é muito tranquilo fazer um bate e volta!

Para chegar até lá, os turistas têm duas alternativas:

1) Alugar um carro em Santiago e seguir viagem por conta própria. Aqui fica um aviso: muito cuidado ao dirigir pelas estradinhas sinuosas que ligam Santiago ao Valle Nevado. Isso porque o caminho estará com neve e você deve redobrar sua atenção, além de usar correntes nas rodas do veículo. O tempo de viagem fica em torno de 1h40 e tem estacionamento no local.

Durante a alta temporada, existe um esquema especial definido pela polícia rodoviária chilena. Os carros só podem ir de Santiago para o Valle Nevado das 8h às 13h e o retorno só pode ser feito das 15h às 20h, ok? Esses horários podem ser alterados sem aviso prévio pela autoridade rodoviária, sempre se informe antes de pegar a estrada.

2) Contratar uma excursão para o Valle Nevado, saindo de Santiago. Esse é o jeito mais fácil, tranquilo e seguro de fazer o passeio! Existem várias empresas que oferecem o tour, que pode ser contratado na hora na capital. Claro, se você puder agendar o translado para o Valle Nevado pela internet a praticidade será maior (e você não corre o risco de alguma agência meter a faca na hora).

Tem passeio que oferece viagem diurna para o Valle Nevado, saindo de Santiago, com guia, incluindo transporte de ida e volta em hotéis selecionados, a partir de R$ 132.

Outras excursões para o Valle Nevado, com translado ida e volta, equipamentos para esquiar, guia e roupas de neve para aguentar a friaca custam a partir de R$ 560. Avalie bem o que deseja fazer durante o passeio para escolher uma opção que se encaixe no seu orçamento.

Tenha em mente que no preço desses translados não está incluso o ticket para esquiar ou usar o teleférico.

Quanto custa?

O Valle Nevado não cobra entrada. Você pega a estrada, sobe a montanha e chega na área onde ficam os restaurantes, os hotéis e o teleférico. Até esse ponto, você não paga nada e pode ficar brincando na neve e registrando fotinhos. Gasta-se com as atividades que realizar no local e para acessar as pistas de esqui.

Esquiar no Valle Nevado

valle nevado chile
Foto: Pexels

O Valle Nevado tem diversas pistas de esqui com mais de 40 km de extensão recomendas tanto para quem nunca esquiou na vida quanto para quem já é expert no assunto. Portanto, se você é iniciante, saiba que terá espaço para se divertir na neve!

Se comparado com esquiar em Bariloche, a experiência que os turistas têm no Valle Nevado é mais radical. Por dia, só esquiam no máximo 3 mil pessoas nas pistas da estação de esqui, bem menos do que em Bariloche!

O complexo oferece o Ski Days, que são pacotes que incluem o ticket para usar o teleférico e aulas de esqui, roupas, aluguel de equipamentos etc. As opções do Ski Days são como combos e custam para adultos:

  • Aprenda a esquiar, que inclui: Ticket Iniciante + Aula Coletiva 2 hrs. + Equipamento, por $ 79.900, aproximadamente R$ 460.
  • Esquie e alugue, que inclui: Ticket + Aluguel de Equipamento, por $69.900, aproximadamente R$ 403.
  • Aprenda na sua medida, que inclui: Ticket Iniciante + Aula Coletiva 2 hrs., por $69.000, aproximadamente R$ 403.
  • Combo roupa, que inclui Parca, Calça, Luvas + Botas ou Óculos por $26.000, aproximadamente R$ 150.

Preços consultados e cotados em maio de 2019 e sujeitos à alteração. Confira aqui a tabela de preços atualizada.

Informações importantes

  • Horário dos teleféricos: das 9h às 17h.
  • Ticket INICIANTE dá acesso apenas aos teleféricos Prado, Góndola e Vaivén.
  • Ticket “normal” dá acesso a todas as pistas do Valle Nevado.
  • É obrigatório adquirir o cartão Valle Plus para esquiar em Valle Nevado. Ele custa $ 5.000 (R$ 29).

Veja no mapa abaixo as pistas e entenda mais a grandiosidade que é o Valle Nevado.

Baixe esse mapa aqui!

Normas de segurança oficiais para esquiar

Para tornar sua visita melhor, o site oficial do Valle Nevado recomenda as seguintes dicas de segurança:

  • Sempre use capacete.
  • Mantenha-se hidratado durante toda a sua estadia (você estará a mais de 3 mil metros de altitude).
  • Certifique-se de ter o equipamento adequado e nas melhores condições.
  • Mantenha sempre seus esquis ou snowboard sob controle.
  • Se você parar na pista, tente não fazer isso em pontos cegos ou lugares que dificultem a passagem de outros esquiadores.
  • Certifique-se sempre de ter espaço suficiente para manobrar.
  • Ao virar, certifique-se de que ninguém vem atrás, para evitar acidentes.
  • Evite separar-se da sua equipe, se fizer isso, mova-se pelas laterais da pista.
  • Respeite a sinalização da pista.
  • Informe toda vez que seja uma testemunha ou responsável por um acidente.
  • Tenha cuidado e respeite a montanha.

Seguro viagem para esportes na neve

É importante frisar que quem viaja para destinos como o Valle Nevado deve fazer um tipo de seguro viagem diferente que cobre esportes radicais, mesmo que você seja iniciante. Clique aqui e faça uma cotação de seguro viagem para evitar qualquer tipo de contratempo. É melhor prevenir do que remediar!

Ticket para passeios de Gôndola

valle nevado
Foto: Wikimedia Commons

Sabe aquele teleférico fechado que é um cartão-postal do Valle Nevado? Eles são as gôndolas! É possível adquirir tickets para subir e descer de maneira ilimitada com o teleférico fechado, o preço é de:

  • Finais de semana: $ 39.900, aproximadamente R$ 230.
  • Dias de semana: $ 32.000, aproximadamente R$ 185.

Também é possível fazer um combo, incluindo o passeio de gôndola + Almoço no Bajo Zero Restaurante, que será estilo fast-food, com hambúrguer ou churrasco + bebida lata + porção de batata frita. O preço é de:

  • Finais de Semana: $ 47.000, aproximadamente R$ 270.
  • Dias de Semana: $ 39.000, aproximadamente R$ 225.

Outro combo possível de ser adquirido é o passeio de gôndola ilimitado + Almoço na Montanha, que será um buffet no Restaurante La Fourchette, por:

  • Finais de Semana: $ 62.000, aproximadamente R$ 356.
  • Dias de Semana: $ 48.000, aproximadamente R$ 276.

Já deu para perceber que é melhor ir em dias de semana, porque o preço fica mais em conta e o complexo não fica tão lotado, né?

Aluguel de roupas de neve no Valle Nevado

valle nevado chile
Foto: Pexels

O frio na Cordilheira dos Andes é grande! Você precisa estar bem agasalhada, com roupas e sapatos impermeáveis, luvas e toucas para aguentar o clima.

Quem mora em regiões mais quentes aqui no Brasil que raramente pega um friozinho não faz sentido comprar essas peças que ficarão guardadas no armário cheirando à naftalina! Já quem vive no sul, pode ser que use essas roupas em algum momento, não somente em uma viagem.

Por isso, caso você não queira empatar dinheiro e espaço no armário, é possível alugar roupas para neve e até mesmo os equipamentos para esquiar. Isso pode ser feito na sede das empresas que fazem o translado (e fica mais barato do que no Valle Nevado). Só chegue com antecedência para não atrasar sua saída.

Ah! E não pense porque está nevando que você deixar protetor solar, protetor labial e óculos escuros de lado. Eles são extremamente importantes!

Onde comer?

De forma geral, todos os restaurantes são caros no Valle Nevado. Dificilmente, você vai gastar menos de R$ 50, que é o preço de um cachorro-quente, a refeição mais em conta que você vai achar por lá. Uma garrafinha de água vai sair por R$ 17! É tudo bem caro!

Tem o refinado La Fourchette para desfrutar do melhor da culinária francesa; o italiano Monte Bianco Ristorante; o La Leñera, com opções de hambúrgueres e o Bajo Zero estilo fast-food. Dentro do Hotel Tres Puntas fica o Restaurant Sur, especializado na culinária chilena enquanto no Hotel Puerta del Sol fica o restaurante Mirador del Plomo, com buffet internacional.

Quem viaja no modo econômico pode levar sem nenhuma vergonha bebidas e um lanchinho para tapear a fome em uma mochila. Querendo ou não, pelo menos R$ 100 um casal consegue economizar dessa maneira. Sente-se na área externa do Bajo Zero e bom piquenique!

Onde se hospedar?

valle nevado
Foto: Wikimedia Commons

Quem tem condições financeiras de se hospedar em um dos três hotéis do Valle Nevado, que são o Hotel Valle Nevado, o Hotel Puerta del Sol e o Hotel Tres Puntas pode pensar em desembolsar pelo menos 300 dólares por noite! As hospedagens são divinas e os hotéis só funcionam de junho a setembro, porque o Valle Nevado não fica aberto o ano inteiro.

Por isso, para economizar, você pode encontrar uma hospedagem em Santiago sensacional e fazer o bate e volta.

É, minha gente, você vai precisar quebrar o cofrinho para fazer esse passeio. O modo mais econômico e que muita gente opta é fazer o translado durante a semana e comprar somente o ticket de gôndola, gastando a partir de R$ 320. Mas isso sem almoço, sem esquiar e sem o aluguel das roupas para neve.

Mesmo sendo um destino caro, será uma experiência inesquecível. Faça as contas bem certinho para ficar dentro do orçamento e use e abuse do Quanto Custa Viajar para calcular as despesas com uma viagem como essa 😉

2 comentários

  1. Vocês estão enganados, eu fui em Maio e estava nevando, o Valle Nevado já estava coberto de neve e as cordilheiras com neve até a metade…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *