Sabe aqueles lugares com cenários tão paradisíacos que nem parece de verdade? A Filipinas é exatamente assim. O destino é a maior ilha da província de Palawan, acima da Indonésia, abaixo de Hong Kong e ao lado do Vietnã. Mesmo sendo o principal destino da região, metade dela é deserta e não foi desenvolvida.

No restante do território, porém, é possível explorar florestas, montanhas e praias deslumbrantes. O arquipélago de Palawan é composto de 1.780 ilhas, o que gera uma enorme biodiversidade, tornando-o conhecido como “A Última Fronteira Ecológica das Filipinas”.

A parte mais turística é a Norte, onde ficam as praias de águas cristalinas de cor de esmeralda, areia branca e muitas formações rochosas, lembrando os típicos cenários litorâneos da Tailândia. Entre os lugares mais visitados deste paraíso tropical estão El Nido e Taytay, onde se pratica o mergulho entre muitas espécies marinhas e corais.

Em seguida vem Puerto Princesa, uma cidade com boa infraestrutura e ainda assim belas praias para os turistas aproveitarem. O melhor período para visitá-la é entre abril e junho, quando o mar está calmo. Perto dali está a vila de pescadores San Vicente, que revela toda a rusticidade local e conta com uma praia de 14 km, seu maior atrativo.

Como chegar em Palawan: a melhor opção é por ar, chegando em Manila, a capital das Filipinas. As companhias Air Philippines, Cebu Pacific e Philippine Airlines fazem voos diários para Puerto Princesa. *Aproveite e confira essa promoção de passagem aérea para Manila em maio!*

Para chegar a El Nido, a Southeast Asian Airlines opera voos de meia hora até o destino saindo de Manila.

Para deixar sua viagem ainda mais paradisíaca, se hospede no Huma Island Resort com bangalôs sobre a água!

Post por Brunella Nunes

Fotos: divulgação/Turismo de Palawan