Quem diria que um dos primeiros sanatórios do país se transformaria em um polo cultural gratuito. O Parque Vicentina Aranha esbanja toda a sua beleza natural e preservação arquitetônica no interior de SP, atraindo pessoas do estado inteiro.

Tido como patrimônio histórico de São José dos Campos, o complexo de 84.500 metros quadrados tem 80% de área verde, incluindo jardins ornamentados ao redor dos edifícios projetados por Ramos de Azevedo, um dos maiores arquitetos brasileiros do século 20.

Os pavilhões inaugurados pela Santa Casa da Misericórdia em 1924 abrigaram o sanatório Vicentina Aranha, que chegou também a ser um dos maiores centros de tratamento de tuberculose da América Latina. As condições climáticas do município favoreciam os pacientes com doenças respiratórias.

Passada a amargura das décadas de abandono, os prédios foram novamente ocupados a partir de 2006, quando a Prefeitura da cidade investiu na reabertura do lugar, enquanto a Organização Social AJFAC – Associação Joseense para o Fomento da Arte e da Cultura cumpre com a gestão e recuperação da arquitetura, que segue em restauro até os dias atuais.

A partir de então o local passou a ter uma intensa programação cultural, permeada por atrações musicais, cinema, teatro, arte e história. Além disso também possui pistas para caminhadas, promovendo exercícios e atividades esportivas ao ar livre, que resultam em mais qualidade de vida.

Cerca de 3.000 árvores de 100 espécies circundam o Parque Vicentina Aranha, entre jatobás, imbaúbas ipês, quaresmeiras, palmeiras, abacateiros, mangueiras e laranjeiras. A presença de animais acaba encantando as crianças, que brincam entre marrecos, coelhos, galinhas de Angola e perus.

No mesmo terreno se encontra ainda a Capela Sagrado Coração de Jesus, inaugurada em 1935. Construída em estilo eclético para acalantar os corações de pacientes e funcionários do sanatório, segue em funcionamento até hoje, promovendo missas e casamentos.

Foto: divulgação

Visitação no Parque Vicentina Aranha

Mesmo em período de coronavírus, o parque encontra-se atualmente reaberto, funcionando todos os dias das 6h às 17h, sem programação cultural. As visitas monitoradas por um historiador devem ser agendadas previamente.

Uso obrigatório de máscara. Banheiros e bebedouros estão desativados para uso público. Não é permitido fazer eventos e demais aglomerações.

Fica na Rua Prudente M Moraes, 302 – Vila Adyana, em São José dos Campos/SP.

Foto: divulgação

Esticando o passeio

Pertinho de São Paulo capital, São José dos Campos tem muitos outros atrativos a oferecer. A Praça Ulisses Guimarães, o parque Alberto Simões, o Parque Santos Dumont e o Parque da Cidade Roberto Burle Marx são outras opções para agradáveis passeios ao ar livre.

Já o parque aquático Thermas do Vale oferece diversão nas águas, com atrações para toda a família. Várias piscinas, toboáguas, praia artificial, rio lento e chuveiros divertem o público, que paga entre R$ 40 e R$ 70 no ingresso.

A partir do deck da Anchieta se observa boa parte da cidade na chamada Vista do Banhado. É o principal cartão postal do município, onde o sol nasce e se põe com todo o seu esplendor.

A cidade também tem ótimas opções gastronômicas, como os restaurantes Mr. Moo, Avelina Bar, Canteiros e Temperos, Panela Mineira e Bar Coronel. Já entre as cafeterias destacamos as charmosas Cafeteria São Bento, o Fika Cafés Especiais, o Jardim do Café e o Café da Mata.

Aproveite a viagem! Para consultar hospedagem, clique aqui.

Foto: divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aproveite a Black Week da Zarpo!

Até 50% de desconto em hospedagens incríveis