O parque Güell, em Barcelona, é mundialmente famoso pela arquitetura, mas sabia que tem um parque no Rio Grande do Sul que é inspirado na atração europeia? O Caminho das Serpentes Encantadas reúne obras em mosaicos coloridos e mirantes impressionantes, juntando arte e natureza.

O nome do local em Morro Reuter, a 65 km de Porto Alegre, é talvez uma alusão à uma das criações mais icônica de Antoni Gaudí, o artista por trás de vários edifícios de Barcelona, que fez do telhado do Parque Güell uma figura semelhante a um dragão.

Tome nota: Morro Reuter faz parte da Rota Romântica e fica no início ou fim de Aparatos da Serra. Vale a pena incluir outras cidades nesse roteiro!

Foto: divulgação/Caminho das Serpentes Encantadas
Serpente feita pela artista convidada Ivana Tisott – Foto: divulgação/Caminho das Serpentes Encantadas

Na versão tupiniquim, temos uma serpente enorme e outras tantas maravilhas assinadas por uma mulher, a artista plástica gaúcha Cláudia Sperb, responsável pela maioria das obras expostas na galeria de arte a céu aberto, onde também está sua casa e seu ateliê. O lugar está em constante transformação, disposto a abraçar novas instalações artísticas feitas a partir do mosaico em azulejo ou outras técnicas.

Ao entrar no parque no Rio Grande do Sul há dois caminhos a serem percorridos, cada qual com um punhado de surpresas. Borboletário, pinacoteca, espaço infantil, biblioteca dedicada a títulos raros das artes, playground, jardim de esculturas e pousada formam o lúdico Caminho das Serpentes, que são só de mentirinha.

Uma das principais obras é o Táxi, um modelo de Fusca todo coberto de pecinhas coloridas, criado por vários artistas numa ação conjunta. Interativa, a escultura rende muitas selfies divertidas!

Foto: divulgação/Caminho das Serpentes Encantadas
Foto: divulgação/Caminho das Serpentes Encantadas

Cada pequeno pedacinho de cor conquistado por meio das cerâmicas quebradas molda as estruturas do Caminho das Serpentes. Além das esculturas, há paredes, pisos, painéis decorativos, mesas e bancos cobertos por mosaicos, tornando o ambiente ainda mais inspirador.

Além de posarem para fotos, os adultos e as crianças se divertem no balanço colocado numa das centenas de árvores da propriedade.

O mirante principal é forrado por um chão de mosaicos e tem um banco que convida para a contemplação. Em dias mais úmidos, um tapete de nuvens se forma na paisagem, fenômeno comum na serra. O por do sol dali de cima é incrível, dando ainda mais asas para a imaginação ir longe no céu alaranjado.

Foto: divulgação/Caminho das Serpentes Encantadas
Foto: divulgação/Caminho das Serpentes Encantadas

A pousada

Dentro do parque há uma pousada charmosa, com quartos identificados por cores. As acomodações são semelhantes a chalés na parte interna, com decoração rústica e redes de descanso próximas às janelas.

É ideal para quem quer distância da tecnologia, pois não possuem TVs e nem Wi-Fi. No alto do morro o sinal de internet tampouco se fortalece e algumas operadoras podem nem dar sinal de vida. Mas há muita vida lá fora…

Para reservas, o ideal é entrar em contato diretamente com a equipe da Cláudia Sperb através do telefone (51) 99811-4432.

Foto: divulgação/Caminho das Serpentes Encantadas
Foto: divulgação/Caminho das Serpentes Encantadas
Foto: divulgação/Caminho das Serpentes Encantadas

Outras opções de hospedagem na cidade

*preços para dois adultos, sujeitos a alteração sem aviso prévio

O que fazer em Morro Reuter

A cidade vai além do Caminho das Serpentes Encantadas, então que tal reservar um tempinho a mais para esticar o passeio? Morro Reuter tem não apenas muita influência alemã, mas uma alma artística, já que existem outros ateliês de arte espalhados pelos arredores.

Um deles é o atelier do Flávio Scholles, artista plástico nascido e criado no município, que recebe as visitas em seu estúdio criativo, com vista maravilhosa. Seus quadros têm inspiração no Vale dos Sinos e na simplicidade da vida no campo. Mas o acervo é composto de centenas de obras, que retratam costumes locais e pessoas.

Outra opção é o atelier Anelise Bredow, ceramista que está em Morro Reuter desde 2006. A produção e venda de belas peças de cerâmica, como potes, painéis, esculturas e outros bibelôs decorativos, se concentra na charmosa casinha vermelha às margens da BR-116.

Foto: divulgação/atelier Anelise Bredow

Fazendo reuso de restos da árvore Tarumã, plantas nativas, peças de basalto e cristais de rocha em suas esculturas, o artista Ricardo Steffen também abre seu sítio-atelier para visitação. Utilizando elementos da natureza de forma sustentável e objetos garimpados, ele também abre em sua propriedade algumas trilhas para os visitantes conhecerem e organiza concursos fotográficos.

Foto: divulgação/Ricardo Steffen
Foto: Jeriel Bernardes

Já no atelier Edelweiss há um misto entre antiquário, arte e gastronomia. Localizada numa parte alta da estrada, tem uma vista deslumbrante no meio da natureza e serve o strudel de maçã mais bem falado da cidade. O fotógrafo Fernando Ebeling, que compartilhou algumas imagens com o Quanto Custa Viajar, aprovou a iguaria de origem alemã.

A comida é um destaque na região, especialmente por conta dos cafés coloniais, um marco do Rio Grande do Sul. Um dos destaques é o Café Walachay, que serve inúmeras delícias caseiras, entre pães, bolos e geleias, além de ter uma bela vista, brinquedoteca e balanço no jardim para a alegria da criançada.

Com um pé na roça, o Café na Fazenda também oferece um farto buffet de café colonial, mas servido num casarão de 1912 num ambiente mais rural, com jardim, playground, animais e uma pequena queda d’água. Porém, abre apenas aos domingos.

Se optar pelo almoço, o restaurante El Paradiso serve comida italiana e alemã num espaço bem agradável, rodeado de árvores, piscina e playground infantil. A comilança começa no jardim, onde são servidos os petiscos salsicha bock com mostarda de ervas, croquete e polenta frita. Depois é aberto o buffet livre, com pratos diversos, inclusive veganos, e sobremesas artesanais. O café passado no bule finaliza a refeição.

Quem não resiste aos doces pode incluir uma paradinha na loja Degustare Chocolates, que tem produção local de bombons, trufas e outras delícias oriundas do cacau. Não deixe de visitar também os antigos armazéns, Armazém Klauck e Kieling, que se mantêm de pé até hoje, com arquitetura tipicamente alemã dos séculos 19 e 20.

Foto: divulgação/Prefeitura de Morro Reuter

A produção de lavanda vem sendo incentivada pela Prefeitura, que no mês de outubro organiza anualmente a Festa Nacional da Lavanda, planta que se tornou símbolo do município. O evento gratuito reúne shows, apresentações musicais, oficinas e venda de produtos à base de lavanda, como biscoitos, cucas, chocolate e até cerveja.

Foto: divulgação/Prefeitura de Morro Reuter

Por que choras, Gaudí? Bora pra essa viagem!

O parque no Rio Grande do Sul fica no km 2 da RS-873, estrada Mato Comprido, a caminho de Aparatos da Serra. Pela curta distância da capital, há quem faça um bate-volta.

Horário de funcionamento: Sábado e Domingo das 11:00 às 18:00
Valores: R$ 18,00 por pessoa, crianças até 10 anos não pagam.
Maiores informações na página do Facebook.

Abaixo você confere os endereços de outros pontos de visitação citados na matéria:

  • Atelier Ricardo Steffen: Sítio Tarumã – Rua Paulo Deimling, 720, Linha Görgen, Morro Reuter. Visitas mediante agendamento pelo telefone (51) 99681-2179
  • Atelier Flavio Scholles: Km 7 da VRS-873, nº 98 – Morro Reuter
  • Atelier Anelise Bredow: Km 217 da BR 116 – nº 851 – Morro Reuter. Informações: (51) 3569-2220 | (51) 98166-0181
  • Atelier Edelweiss: rodovia VRS-873, nº 2000 – Morro Reuter. Aberto apenas sábados, domingos e feriados. Informações: (51) 9 8125-7373
  • Café Colonial Walachay: Km 50 da Estrada do Walachai, nº 334 – Morro Reuter. Aberto apenas sábados, domingos e feriados. Informações: (51) 99156-4206 | (51) 99102-8269
  • Café na Fazenda: Estrada Geral Fazenda Padre Eterno, 1900 – Morro Reuter. Informações: (51) 3199-7563
  • Restaurante El Paradiso: Km 8 da rodovia VRS-873, nº 440 – Morro Reuter. Aberto apenas sábados, domingos e feriados. Informações no site oficial.
  • Degustare Chocolates: Rua Arthur Alfredo Hoffmeister, 176, Centro – Morro Reuter
  • Armazém Kieling: Km 08 da rodovia VRS873 – Morro Reuter
  • Armazém Klauck: Km 210 da rodovia BR116, N° 23516 – Morro Reuter
Foto: divulgação/Caminho das Serpentes Encantadas
Foto: divulgação/Caminho das Serpentes Encantadas

Agradecimento especial a Fernando Ebeling pelas dicas e fotos utilizadas no post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para ajudar você a enfrentar essa quarentena...

Preparamos muito conteúdo bacana para você viajar sem sair do sofá!