A 70 km de distância da costa da Bahia encontra-se um dos refúgios da fauna e da flora brasileira mais encantadores e importantes que existe: o Parque Nacional Marinho dos Abrolhos.

Localizado em uma das regiões de maior biodiversidade marinha do Oceano Atlântico Sul, o Arquipélago dos Abrolhos é composto pelas ilhas Redonda, Siriba, Sueste, Guarita e Santa Bárbara, esta última excluída dos limites do parque e sob jurisdição da Marinha do Brasil e o Parcel dos Abrolhos.

parque nacional marinho dos abrolhos
Foto: Wikimedia Commons
parque nacional marinho dos abrolhos
Foto: Wikimedia Commons

A importância desta área de preservação é imensa para o Brasil e para o mundo. Espécies de tartarugas ameaçadas de extinção e aves marinhas se refugiam no parque nacional, incluindo pequenas aves migratórias do Hemisfério Norte.

Um levantamento da biodiversidade da região registrou aproximadamente 1.300 espécies, 45 delas consideradas ameaçadas, segundo listas da IUCN e do MMA.

O parque também protege o principal berçário das baleias Jubarte no Atlântico Sul, que migram para o Banco dos Abrolhos para ter seus filhotes.

parque nacional marinho dos abrolhos
Foto: Wikimedia Commons
parque nacional marinho dos abrolhos
Foto: Wikimedia Commons

Quem tem a oportunidade de visitar uma joia como o Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, além de apreciar toda essa biodiversidade, também pode praticar atividades de mergulho feitas com snorkel ou mergulho autônomo guiado. A temperatura média da água no inverno é 24°C e no verão 28°C, o que deixa a prática de mergulho ainda mais gostosa.

Quando visitar este paraíso?

parque nacional marinho dos abrolhos
Foto: Wikimedia Commons

O ano inteiro é perfeito para conhecer o parque nacional. Durante o verão, as águas são mais quentes e conseguem ficar ainda mais cristalinas, proporcionando maior visibilidade durante os mergulhos. Já de julho e outubro, o principal atrativo é a observação das baleias Jubartes <3

Um lugar para ser protegido para sempre!

Em 1832, Charles Darwin visitou o arquipélago de Abrolhos! Olha só o relato dele na época, retirado do livro “Aventuras e Descobertas de Darwin a bordo do Beagle”, de Jorge Zahar:

“As ilhas dos Abrolhos, vistas de uma certa distância, são de um verde brilhante. A vegetação consiste de plantas suculentas e gramina, entremeadas com alguns arbustos e cactos. Embora pequena, minha coleção de plantas de Abrolhos contém quase todas as espécies que ali florescem, acho eu. Pássaros da família dos totipalmados são extremamente abundantes, tais como atobás, rabos-de-palha e fragatas. Talvez o mais surpreendente seja o número de sáurios; quase todas as pedras têm o seu lagarto correspondente; aranhas em grande número; o mesmo com ratos. O fundo do mar em volta é densamente coberto por enormes corais cerebriformes (corais pedrentos, solitários, de aparência semelhante ao cérebro); muitos tinham mais de uma jarda (90 cm) de diâmetro.”

Para ajudar na proteção do Parque Nacional dos Abrolhos, todos os visitantes devem pagar uma taxa ambiental de R$ 89 para entrar na ilha. Brasileiros têm 50% de desconto e pagam R$ 45. Confira aqui a tabela de preços vigentes.

Como chegar ao Parque Nacional Marinho dos Abrolhos

parque nacional marinho de abrolhos
Foto: Wikimedia Commons

Quem deseja visitar este reduto brasileiro precisa ir até Caravelas, cidade no sul da Bahia que faz parte da Rota da Costa das Baleias no estado. É do Porto de Caravelas que a maioria das embarcações turísticas partem rumo ao arquipélago.

Os aeroportos mais próximos de Caravelas são:

  • Teixeira de Freitas: distante cerca de 80 km de Caravelas;
  • Porto Seguro: distante 261 km de Caravelas, opera voos comerciais nacionais e internacionais de diversos aeroportos brasileiros;
  • Vitória: distante cerca de 400 km de Caravelas, opera voos comerciais nacionais e internacionais de diversos aeroportos brasileiros.

Encontre sua passagem aérea aqui!

O porto possui estacionamento e você pode deixar o veículo lá, caso opte por alugar um carro ou ir com o seu particular. Se preferir, também dá para ir de táxi ou ônibus e descer pertinho.

O Parque Nacional Marinho dos Abrolhos fica a 70 km da costa e o tempo de deslocamento até lá pode levar de 2h30 a 6h, dependendo do tipo de embarcação que você escolher.

Quanto custa o passeio?

parque nacional marinho dos abrolhos

Existem duas boas empresas para você contratar o passeio: a Abrolhos Embarcações e a Horizonte Aberto.

O pacote para passeio de dia inteiro, estilo bate e volta, para o Parque Nacional Marinho dos Abrolhos custa R$ 320 por pessoa pela Abrolhos Embarcações (preço para adultos, crianças pagam R$ 160). O passeio pode ser realizado diariamente desde que se formem grupos de no mínimo 10 pessoas. Tendo esse quórum mínimo, o passeio é confirmado e em 3h30 chega-se à ilha.

Neste valor, está incluso: translado de ida e volta, café da manhã, almoço, lanches, frutas, bebidas não alcoólicas, equipamento para mergulho livre (máscara, snorkel e nadadeiras) e a taxa ambiental de R$ 45.

Quem deseja fazer mergulho autônomo com guia, com cilindro e todos os equipamentos necessários, deve pagar um valor a parte do pacote que custa R$ 170. O mergulho autônomo guiado de batismo é realizado com uma pessoa de cada vez que descerá a uma profundidade média de 08 a 10 metros, sempre segurados pelo instrutor ou Dive Master da empresa. Este mergulho tem a duração de 20 a 25 minutos.

O passeio com saídas diárias pela Horizonte Aberto às 7h e retorno ao cais às 17h30 custa R$ 337 + R$ 45 (de taxa ambiental). Neste preço está incluso o translado de ida e volta, água mineral, frutas, sucos, biscoitos, almoço frio composto por saladas e sanduíches, máscara, snorkel e nadadeira para o mergulho livre. Além disso, está incluso o seguro específico para atividade.

Uma modalidade muito legal oferecida pela Horizonte Aberto e perfeita para quem tem mais tempo é contratar o passeio com pernoite, podendo ficar 2, 3 ou até 4 dias embarcados. Os preços desse passeio mais do que especial custa:

Mergulhador

  • Suíte: R$ 810 por pessoa, por dia;
    Cabine: R$ 780 por pessoa, por dia.

Não mergulhador

  • Suíte: R$ 610 por pessoa, por dia;
    Cabine: R$ 580 por pessoa, por dia.

Extra por pessoa: taxa ambiental de R$ 45 por pessoa/noite.

O passeio contempla: visita na ilha Siriba, desembarque na ilha Santa Bárbara (mediante autorização do II Distrito Naval), mergulho livre entre as ilhas e caiaque para ser praticado entre as ilhas.

A embarcação sai às 7h30 do cais de Caravelas e retorna às 17h no cais na data programada.

Está incluso no valor do passeio estilo pernoite: café da manhã, almoço, jantar, lanches, roupa de cama e banho, seguro específico, serviço de bordo, máscara, snorkel e nadadeira para o mergulho livre.

Para mergulhador credenciado, incluso: lastro, cilindro, recarga e guia. Mergulhador básico, até 3 mergulhos por dia; e avançado, até 4 mergulhos por dia, incluindo o noturno.

Definitivamente, se você tem tempo disponível em seu roteiro e uma graninha para investir nesta experiência da pernoite, será um passeio que vai ficar guardado para sempre na sua memória.

Uma experiência inesquecível

O trajeto pode ficar ainda mais interessante entre julho a outubro, quando existe a possibilidade de avistar baleias jubarte dançando nas águas da Bahia. Nesse período, o deslocamento é mais lento, já que são feitas muitas pausas para apreciar os animais.

Ao chegar no arquipélago, todos são recepcionados por um monitor ambiental do ICMBio que dá boas-vindas e passa informações importantes sobre a ilha. Em seguida, os visitantes seguem para o desembarque na Ilha Siriba, onde poderão ver de pertinho aves que habitam o local.

parque nacionla marinho dos abrolhos
Foto: Wikimedia Commons
parque nacional marinho de abrolhos
Foto: Wikimedia Commons
parque nacional marinho de abrolhos
Foto: Wikimedia Commons

Encontre o hotel ideal para sua estadia em Caravelas aqui!

Importante! Para o passeio acontecer, tudo depende das condições climáticas, em especial das condições dos ventos e ondas, o que pode inviabilizar o tour. Em condições de velocidade de vento maior que 20 nós, o ICMBio não recomenda o passeio.

Sabendo de toda a história e importância do Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, mergulhar nestas águas quentinhas o ano inteiro será uma experiência especial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verão 2020

Programe-se para curtir as belezas da Bahia no próximo verão! Temos dicas de lugares incríveis para suas férias.