Um dos pontos turísticos mais visitados da Turquia é um tanto quanto surreal e fica em Pamukkale, região conhecida como “Castelo de Algodão”, localizada a mais de 400 quilômetros da capital Ancara, perto do rio Maeander. Chamadas de Piscinas de Cleópatra, as cascatas petrificadas tem como atração não só o visual deslumbrante, mas as águas termais que acreditam ter propriedades não só relaxantes, mas curativas.

pamukkale8

Compre um passeio para Pamukkale saindo de Bodrum

As piscinas naturais se formaram a partir de abalos sísmicos recorrentes, originando depósitos de cálcio com a ação da água quente, que emerge a partir de nascentes com fluxo para a superfície. São cerca de 2.700 metros de comprimento por 160 metros de altura, trazendo ainda uma vista deslumbrante para a cidade de Hierápolis.

As águas termais são ricas em minerais, sais e calcários, ótimos para tratamentos de pele. A ação do óxido de cálcio traz efeitos surpreendentes, não só nas paredes rochosas, mas altera a cor da água dependendo da luz solar, entre verde, azul e avermelhado.

pamukkale6

As bacias, protegidas por uma lei turca que proíbe construções em seus arredores, ainda tem como vantagem o clima agradável. Durante seis meses do ano, as águas se mantêm quentes e a temperatura local pode chegar a 33°C.

Para chegar a Pamukkale, a 660 km de Istambul, há várias opções. Ônibus levam mais de 12 horas, mas possuem bastante conforto, entretenimento e serviço de bordo. O avião pode valer mais a pena, pois está a apenas 1h de distância e tem valores bem atrativos. A parada é em Deniszli, a 70 km de Pamukkale, de onde se pega um ônibus ou van para mais 1h de trajeto. Você também pode ficar em Bodrum, cidade litorânea que fica a 270km de Pamukkale.

Pamukkale7

Pamukkale5

pamukkale4

Pamukkale3

Pamukkale_12

Pamukkale_4_Commons

Fotos: reprodução

3 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *