Muitos indicadores medem a influência global de cada nação tomando como base o seu poderio militar, político ou econômico, mas alguns países têm sua grande força na cultura, seja ela manifestada na gastronomia, moda ou entretenimento.

Agora na metade de 2018, o U.S News and World Report ranqueou os países tidos como culturalmente influentes tomando como base fatores como serem percebidos como lugares de prestígio, da moda, felizes ou de cultura significativa em termos de entretenimento e diversão.

A maior parte dos Top 10 da lista fica na Europa, mas nela figuram também o Japão, considerado o mais moderno e de prestígio, Brasil, graças a nossa alegria e entretenimento, e os Estados Unidos, por serem modernos e culturalmente influentes.

Entenda porque o ranking configurou-se assim:

1) Itália

A famosa Piazza Navona, em Roma. Foto: Miriam Mezzera

Famosa por suas marcas valiosas, tais como Valentino, Armani, Versace e Gucci, a Itália alcançou nota 10 nos quesitos “elegante” e “na moda”, o que, há que se dizer, não surpreenderia nenhum de seus moradores — pode parecer clichê, mas os italianos gostam mesmo de se vestir bem e de estarem bonitos.

No entanto, a atenção aos detalhes extrapola a moda, já que o país tem um grande impacto em outras áreas do design, como móveis e decoração, além de, claro, na gastronomia.

A Itália recebe mais de 40 milhões de turistas por ano. Quer viajar para lá? Descubra em nosso site os custos dessa viagem!

2) França

O Arco do Triunfo iluminando a noite parisiense.
Foto: Cristiano Medeiros Dalbem

A França é “moderna”, “tem prestígio” e está sempre “na moda”, quesitos em que o país recebeu notas altas.

Quem já viajou um pouco pelo mundo sabe que mesmo em lugares remotos os franceses inspiram a culinária, a arte e a gastronomia.

Paris, claro, é a porta de entrada para viver a cultura francesa em sua totalidade, mas as cidades de Lyon, Toulouse e Bordeaux, por exemplo, são ótimas alternativas para conhecer (e amar a França).

Para saber quanto custa viajar para a França, clique aqui!

3) Estados Unidos

A cidade que nunca dorme é o cenário perfeito para viver o “Sonho Americano”. Foto: Gabriel Caparó

O país ganhou muitos pontos por ser “moderno” e “influente em entretenimento”, quesito que levou em consideração o sucesso dos filmes, programas de TV e música produzidos que ali fazem globalmente.

O parque tecnológico norte-americano, casa de gigantes como o Facebook, a Amazon e o Google, também rendeu pontos no ranking.

Nova York, a maior cidade do país, exemplifica bem o espírito americano, o “American Dream”, de sonhar além das origens mais humildes. A famosa letra de Frank Sinatra, “If I can make it there, I can make it anywhere” carrega esses valores — quem vence em NYC vence em qualquer lugar.

Partiu EUA! Clique e descubra quanto você precisa para essa viagem.

4) Espanha

Panorama da Gran Via, importante avenida de Madri.
Foto: Felipe Gabaldón

O país que já foi um dos maiores desbravadores do mares deixou marcas eternas na América do Sul e no Oriente (para o bem e para o mal). Depois do chinês, o espanhol é a língua mais falada do mundo — isso quando se levam em consideração apenas os falantes nativos.

Socializar em volta da mesa e colocar a família acima de tudo e de todos são duas das mais protuberantes características espanholas. Clique aqui e confira quanto custa essa viagem.

5) Reino Unido

Londres é o epicentro cultural e financeiro do Reino Unido. Foto: Alastair Rae

Ranqueado no top 5 graças a sua pecha “de prestígio”, o Reino Unido orgulha-se da combinação entre sua habilidade de combinar a ética do trabalho com criatividade para promover mudanças e produzir inovação. Esse ambiente deve muito às universidades de Oxford e Cambridge, duas das melhores do mundo.

A influência e a flexibilidade da língua inglesa permitiram que o país prosperasse como um lugar onde as pessoas veem possibilidade de escrever um novo futuro.

Descubra aqui quanto custa viajar para a terra da rainha!

6) Japão

Skyline de Tóquio, a partir da baia da cidade. Foto: Yoshikazu Takada

Uma das nações mais alfabetizadas e tecnicamente avançadas do mundo, o Japão é sinônimo de modernidade e ótima educação.

Formado por quatro ilhas principais, o país se caracteriza por uma divisão interessante: enquanto a maior parte de seu território é coberto por montanhas e áreas muito arborizadas, cerca de 126 milhões de pessoas têm um estilo de vida urbano.

Viajar para o Japão é incrível, descubra quanto custa aqui!

7) Suíça

Panorama da cidade de Spiez, que fica no cantão de Berna. Foto: Kecko

Um dos países mais ricos do mundo, a Suíça é um bordado de lagos, montanhas e cidades prá lá de simpáticas. Entrou no ranking graças a sua qualidade de vida e boa abertura para negócios. Clique aqui e descura quanto custa viajar para a Suíça.

8) Brasil

Bloco de Carnaval percorre as ruas do Rio; Brasil foi reconhecido pelo ranking como o mais divertido. Foto: Rodrigo Soldon Souza

No ranking por oferecer muito entretenimento e hospitalidade, o país foi considerado o mais divertido e sensual de todos. O clima agradável e as belas paisagens também contaram pontos para o Brasil.

Descubra o Brasil viajando pela nossa terra! Clique e confira o custo de viagem para diversas cidades no BR.

9) Austrália

Parque em Melbourne; a Austrália ganhou pontos por oferecer alta qualidade de vida aos moradores. Foto: Ari Bakker

O país foi muito bem avaliado por oferecer altíssima qualidade de vida, principalmente por ser economicamente estável e seguro. A Austrália perdeu pontos, no entanto, no quesito “acessível”, já que o custo de vida por lá é consideravelmente alto. Sua ótima infraestrutura também a levou para o top 10 deste ranking.

Conheça o outro lado do mundo! Clique e confira os custos dessa viagem aqui.

10) Suécia

Estocolmo, a capital sueca. Foto: Arild

Apesar de suas raízes militaristas, que remontam a tempos muito antigos, a Suécia permaneceu neutra em tempos de guerra durante séculos. Em vez disso, o compromisso do país com os direitos humanos, o serviço público e a sustentabilidade ajudaram a torná-lo um líder respeitado em assuntos internacionais.

No ranking, o país foi especialmente bem no quesito “cidadania” e ganhou pontos graças a suas “práticas de negócios transparentes”.

Faça uma viagem para a Suécia! Descubra custos e dicas, clicando aqui.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *