A observação de aves (ou birdwatching) atrai cada vez mais adeptos no Brasil e no mundo. A atividade é perfeita para quem ama contato com natureza e quer relaxar, apreciando belos animais.

O birdwatching, ou observação de aves, tornou-se uma tendência de turismo perfeita para quem ama natureza, animais e lindos cenários. A atividade que consiste em dedicar boas horas para apreciar pássaros vem se popularizando cada vez mais no Brasil, principalmente por conta da diversidade de espécies em nosso país — são aproximadamente 1.900 espécies de pássaros quem põe a fauna exótica brasileira!

O que antigamente era visto apenas como um simples hobby, hoje virou motivo para planejamento de viagens exclusivas com grupos de pessoas cada vez mais engajados — inclusive, já existem empresas especializadas em promover esse tipo de experiência de ecoturismo!

YAMAHIRA, A. S. (2021). [WA4512763, Tangara desmaresti (Vieillot, 1819)]. Wiki Aves – A Enciclopédia das Aves do Brasil.
Disponível em: <http://www.wikiaves.com/4512763> Acesso em: 08 Dez 2021.

Assim como uma pescaria, a observação de pássaros requer uma atividade silenciosa e cuidadosa, já que quanto menos os animais sentirem a presença humana, mais à vontade eles ficarão em seu habitat natural (e são esses momentos que rendem as melhores cenas para os observadores).

Por isso, quem está em busca de um passeio que rende bastante contato com a natureza, fotos incríveis e momentos relaxantes com muita tranquilidade, ouvindo o canto dos pássaros, sem dúvida, vai amar montar um roteiro de observação de aves no Brasil.

O que você precisa para fazer birdwatching

  • Binóculos: equipamento fundamental para avistar os pássaros mais distantes;
  • Câmera fotográfica: essencial para registrar o passeio. Nem sempre o celular vai dar conta do recado, já que é necessário usar bastante zoom para capturar momentos preciosos. É importante que a máquina não tenha obturador barulhento, já que sons diferentes podem espantar as aves;
  • Flanela para limpeza: principalmente para limpar as lentes da câmera e binóculos. Você também pode levar algodão ou pinceis macios;
  • Mochila: para guardar seus equipamentos, água e lanches;
  • Roupas leves e discretas: tudo para se embrenhar em meio à mata e passar despercebido pelas aves;
  • Protetor solar: lembre-se de usá-lo mesmo em dias nublados;
  • Repelente: a maioria dos locais para observação de aves é feita cercada pela mata e com bastante inseto.

Onde fazer observação de aves no Brasil

Rifaina, São Paulo

Rifaina é uma belezinha de destino no interior de São Paulo. A cidade, repleta de belezas naturais, vem ganhando espaço quando o assunto é ecoturismo. E, em se tratando de observação de aves, o local está ficando famoso por proporcionar experiências de viagens incríveis.

Você pode acessar a WikiAves e conferir várias espécies e fotos que colaboradores já tiraram em Rifaina. Assim, será possível sentir um gostinho do que espera por você, como o saí-azul, a pipira-vermelha, o pula-pula de sobrancelha e tantas outras aves especiais. A dica é encontrar um guia que possa te levar nos pontos mais estratégicos para observação.

Ubatuba, São Paulo

Ubatuba, por si só, já é um destino paulista que vale a pena visitar o ano todo, seja para curtir a praia ou fazer trilhas em meio à natureza. Com tantos habitats diferentes e muitos quilômetros de Mata Atlântica preservada, a região abriga mais de 500 espécies de aves, tornando-se um destino no Brasil ótimo para birdwatching.

Uma dica é ir ao Hotel Coquille, que fica junto à mata e a 250 metros do mar: o local é um ótimo ponto para se hospedar e fotografar aves. O Itamambuca Eco Resort também é bacana para observação de pássaros em Ubatuba. Por lá, já foram catalogadas mais de 200 espécies, a maior parte delas vista no percurso da Trilha dos Guaiamuns, uma trilha suspensa de, aproximadamente, 500 metros de extensão, construída com madeira de eucalipto de reflorestamento.

Monte Alegre do Sul, São Paulo

Monte Alegre do Sul é uma pequena cidade paulista distante 130 km da capital. O destino faz parte do “Circuito das Águas Paulista” e proporciona muitos passeios em contato com a natureza, incluindo observação de aves. No município, já foram catalogadas mais de 280 espécies de pássaros!

A dica é ir até a Pousada da Fazenda, principalmente se quiser avistar beija-flores, como o estrelinha ametista e o bico-reto-de-banda-branca.

São José do Barreiro, São Paulo

O Parque Nacional da Serra da Bocaína fica entre os estados de São Paulo e Rio de Janeiro, na cidade de São José do Barreiro. Bem no coração da Mata Atlântica, por lá, já foram registradas mais de 300 espécies de aves, como o tucano-de-bico-preto, o cuiú-cuiú e o gavião pega-macaco.

A dica é visitar a região na baixa temporada de chuvas, entre os meses de maio e agosto. A chance de encontrar mais animais ativos é maior!

Piracicaba, São Paulo

Piracicaba é mais um destino em São Paulo recomendado para a prática de observação de aves. A cidade abriga os biomas de Cerrado e Mata Atlântica, sendo cortado pelo Rio Piracicaba, o afluente mais importante do Rio Tietê. Por esse motivo, Piracicaba é carinhosamente chamada de Pantanal Paulista! Com muitos pontos em meio à natureza, a cidade é um santuário para aves, com mais de 500 espécies catalogadas.

Petrópolis, Rio de Janeiro

Petrópolis é um dos destinos mais charmosos para se visitar no Brasil. A apenas 65 km do Rio de Janeiro, as construções históricas, temperaturas mais amenas e clima de montanha, principalmente durante os meses mais frios, atraem cariocas e viajantes de outros cantos do país que querem curtir a natureza.

A dica para observação de aves em Petrópolis é ir até a Pousada Paraíso, isso porque a propriedade já identificou 230 espécies de aves diferentes, com destaque para o azulão e o tapaculo-pintado! Os melhores meses para viajar é entre agosto e novembro, aproveitando o cenário da primavera e a fase de reprodução das aves.

Aracruz, Espírito Santo

A Estação de Biologia Marinha Augusto Ruschi, no litoral do Espírito Santo, é um daqueles destinos cheios de belezas naturais que quase ninguém conhece! Localizado em Santa Cruz, distrito do município de Aracruz a 50 km de Vitória, o destino é ótimo para observação de aves, especialmente para ver a saíra-beija-flor, uma ave com coloração azul-turquesa e patas vermelhas muito procurada pelos praticantes de birdwatching.

Ouro Preto, Minas Gerais

O Parque Estadual do Itacolomi é um prato cheio para os viajantes que desejam praticar birwatching. A atividade já é bem consolidada no local que, inclusive, proporciona expedições organizadas com programações especiais conforme a época do ano.

Mais de 200 espécies de pássaros já foram catalogadas no parque. É a típica atividade para se sentar, montar sua câmera e aguardar, porque em poucos minutos uma ave já estará voando por perto!

Santo Amaro da Imperatriz, Santa Catarina

Santo Amaro da Imperatriz é um município na região metropolitana de Florianópolis, capital de Santa Catarina. A dica de bom ponto de observação por lá? O Plaza Caldas da Imperatriz Resort & SPA! Você poderá passear pelos 10 hectares de jardins do Resort, entre as montanhas da Serra do Tabuleiro, e observar mais de 300 espécies de aves da região. É comum vê-las se alimentando, saltando, comendo, brigando ou alimentando filhotes. Será uma verdadeira terapia de relaxamento!

Lagoa do Peixe, Rio Grande do Sul

Imagem: O Flamingo-chileno (Phoenicopterus chilensis) certamente é uma das espécies migratórias mais belas e mais curiosas do Rio Grande do sul, pois, além de um colorido intenso e incomum, apresenta um formato de bico único, adaptado para filtrar microrganismos dos fundos lodosos dos ambientes aquáticos. A foto foi feita no Parque Nacional da Lagoa do Peixe, em Tavares, RS. Wikimedia

A região da Lagoa do Peixe é famosa pela migração das aves no Brasil e, por isso, um ponto de observação muito especial no Sul do nosso país. O destaque fica por conta do Pampa, um bioma de paisagens amplas e abertas com fauna expressiva. Por lá, mais de 500 espécies de aves já foram catalogadas! Só evite viajar no inverno, isso porque faz muito frio e a chance de ver as aves é baixa.

Lençóis, Bahia

Lençóis é a cidade-base para quem visita a estonteante Chapada Diamantina! O parque nacional, com 152 mil hectares, é o destino dos sonhos dos viajantes que amam o meio ambiente e contato extremo com a natureza em sua forma mais pura e intocada.

Por lá, praticar birdwatching é uma atividade garantida! A dica é ir à Casa da Geleia, um dos melhores pontos para observação de aves em Lençóis. Mas de norte a sul, você irá se deliciar com cenas inesquecíveis, principalmente porque existem aves que só aparecem na Chapada, como o beija-flor-gravatinha-vermelha, o papa-formiga-do-Sincorá e a águia-chilena.

Bonito, Mato Grosso do Sul

Quando se fala em ecoturismo, Bonito, no Mato Grosso do Sul, é um dos primeiros destinos que temos em mente! Por lá, existe uma joia da natureza chamada de Serra da Bodoquena, uma região de biodiversidade rica onde é possível encontrar mais de 400 espécies de aves diferentes!

A dica é passarinhar pelo Hotel Cabanas, pela Pousada Olho d’Água e pelo Hotel Águas de Bonito. Montar um roteiro de observação de aves pela cidade ficará ainda melhor se você fizer isso com a ajuda de um guia, que pode explicar para os visitantes tudo sobre as espécies de aves da região.

Poconé, Mato Grosso

O Parque Nacional do Pantanal Mato-grossense, em Poconé, é uma grande pedida para fazer observação de pássaros no Brasil. A bordo de embarcações que navegam pela Baía do Burro, durante a viagem, o visitante tem a oportunidade de se deparar com mais de 600 espécies que compõem o bioma do Pantanal. Um verdadeiro deleite para os fãs de birdwatching.

Manaus, Amazonas

Imagem: tem-tem-de-topete-ferrugíneo (macho) ; Ramal do Pau Rosa, Manaus, Amazonas, Brasil, Wikimedia

A Floresta Amazônica inteirinha é um dos cenários mais especiais no Brasil para viajar independente do motivo e, também, para contemplar espécies de aves. Sem entrar muito mata a dentro, o visitante pode fazer uma pausa no Museu da Amazônia, na capital Manaus. O local possui uma torre de observação totalmente dedicada à observação de pássaros que ficam nas copas das árvores amazônicas. Encontrar guias que possam te acompanhar pela Floresta para passarinhar vai garantir uma viagem muito especial.

Encontre aqui sua passagem aérea pelo melhor preço!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.