Já pensou em ir da Ásia para a Europa por terra? Um projeto ambicioso acaba de ser anunciado: uma linha de trem que liga a China até Londres foi inaugurada neste ano. Com 18 dias de duração, são 12 mil km percorridos, passando por sete países ao longo do trajeto, sendo Casaquistão, Rússia, Bielorússia, Polônia, Alemanha, Bélgica e França.

A viagem começa na cidade de Yiwu, província de Zhejiang, a linha terá 39 rotas, passando por até 16 destinos chineses e 12 europeus, segundo informa o jornal The Telegraph. O investimento nesta empreitada que estreita os laços entre os dois países foi enorme, chegando a mais de 100 bilhões de dólares.

Os planos futuros incluem o aumento de mais 2.100 km de linha, chegando a 15 mil km de extensão no total. Por enquanto está em atividade somente os trens de carga, que movem produtos, malas e itens para a casa entre os países. Há rumores de que haverá também um trem bala ligando os dois destinos.

*Com informações da agência chinesa Xinhua

Uma das linhas que mais faz sucesso na Europa é a Transiberiana, que conecta a Rússia com províncias do Extremo-Oriente russo, Mongólia, China e mar do Japão. Com início em Moscou, o trem que percorre 8 mil km oferece quatro categorias de acomodação desde a Economy à Deluxe, além de restaurante, bar, área de reuniões e até palestras a bordo.

A cada dia há paradas em cidades diferentes com tours em Ecaterimburgo, aos pés dos Montes Urais; Novosibirsk, no coração da Sibéria; Irkutsk, às margens do Lago Baikal; Ulan Bator, a capital da Mongólia, além de Moscou e Pequim no início e final da rota. O trajeto de 15 dias custa a partir de € 1.468,00.

Foto: divulgação

Quando não está viajando pelo mundo, está viajando nas ideias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *