Em uma área com 35 mil m² de extensão bem no coração do jardim do Auditório Claudio Santoro, sede do Festival Internacional de Inverno, fica o Museu Felícia Leirner, espaço com obras de arte expostas em meio à natureza que garantem uma programação cultural rica durante uma visita a cidade de Campos do Jordão, em São Paulo.

Inaugurado em 1979, o museu reúne um conjunto de 85 obras feitas em bronze, cimento branco e granito da artista polonesa Felícia Leirner que seu mudou ainda muito jovem para o Brasil. Todas as peças estão expostas ao ar livre e divididas de acordo com a trajetória criativa da artista: esculturas figurativa (1950-1958), a caminho da abstração (1958-1961), obras abstrata (1963-1965), orgânica (1966-1970) e recortes na paisagem (1980-1982).

Onde se hospedar em Campos do Jordão? Confira os melhores hotéis aqui!

museu felicia neirner
Foto: Divulgação / Museu Felícia Leirner
museu felicia leirner
Foto: Divulgação / Museu Felícia Leirner
museu felicia leirner
Foto: Divulgação / Museu Felícia Leirner

Durante a visita, é possível caminhar observando as esculturas e, ao mesmo tempo, a natureza ao redor, já que os jardins são incrivelmente bonitos e expressam bem a beleza da Serra da Mantiqueira. Sem dúvidas, esse será um passeio diferente e gratificante em Campos do Jordão.

Como chegar ao Museu Felícia Leirner

museu felicia leirner
Foto: Divulgação / Museu Felícia Leirner

O Museu fica a 9 km de distância de Capivari, bairro bem movimentado e popular em Campos do Jordão. Você precisa ir até o local com seu veículo próprio ou com um carro alugado, isso porque não existem linhas de ônibus com rotas regulares até o museu. Apenas durante o Festival Internacional de Inverno que linhas de ônibus fazem o trajeto. Basta traçar no GPS que não tem erro: você chegará até o museu sem nenhuma dificuldade.

O preço do ingresso para o Museu com obras de Felícia Leirner custa R$ 10 para adultos, com opção de meia-entrada para estudantes e idosos.

Excursão de um dia em Campos do Jordão, saindo de São Paulo: saiba mais aqui

Faça um piquenique

museu felícia leirner
Foto: Divulgação / Museu Felícia Leirner

O Museu e Auditório disponibilizam aos visitantes áreas exclusivas para piquenique ao ar livre. Assim, você pode preparar uma cesta bem recheada, estender sua toalha xadrez e curtir um dia ensolarado com a família com grande estilo.

Uma das áreas destinadas para piquenique possui mesas e bancos, estando localizada em um ambiente mais reservado, com piso de cimento, cestos de lixo e próxima às alamedas do museu e mata nativa. A outra de lazer garante maior contato com a natureza e fica em meio ao gramado do Museu, com cestos de lixo e a deliciosa sombra de uma pequena árvore ao redor!

Caso não queira levar seu lanche, você pode tomar um café gostoso no restaurante e cafeteria Lualê, localizado no foyer do Museu.

Comece desde já a planejar sua viagem para Campos do Jordão, usando o Quanto Custa Viajar. Em nossa página, você confere os gastos diários na cidade e consegue se organizar direitinho para esse passeio bonito.

Foto: Divulgação / Museu Felícia Leirner

Saiba como fazer o tradicional passeio de bondinho em Campos do Jordão

Foto: Divulgação / Museu Felícia Leirner

Charmoso e em meio a natureza, Restaurante Arco-Íris perto de Campos do Jordão é perfeito para um almoço especial

Foto: Divulgação / Museu Felícia Leirner

Parque Amantikir, em Campos do Jordão, tem 22 jardins inspirados em 12 países

25 cidades no Brasil que se parecem com a Europa

Foto: Divulgação / Museu Felícia Leirner

Saiba mais sobre a artista

Felícia Leirner nasceu em 1904, em Varsóvia, Polônia. Em 1927, após todos os problemas causados no país após o término da Primeira Guerra Mundial, Felícia veio para o Brasil, onde se casou e constituiu família.

Já com 42 anos, Felícia Leirner começou a fazer cursos de desenho e pintura e, pouco tempo depois, foi apresentada a Victor Brecheret, que ajudou a artista a aperfeiçoar sua arte. A evolução foi tão grande que Leirner trabalhou junto com Brecheret na criação da obra símbolo de São Paulo: Monumento às Bandeiras, localizado no Parque do Ibirapuera.

Felícia participou de diversas Bienais, expondo seus trabalhos. Mas, em 1962, seu marido falece e a artista se distancia dos grandes centros badalados. Foi quando Leirner se mudou para Campos do Jordão, em 1965, a cidade que conquistou o coração da artista.

No ano de 1978, Felícia doou um conjunto de obras para o Governo de São Paulo que expos o material na área verde que Leirner mais amava na cidade. Em 1996, Leirner faleceu, mas seu legado continua imortalizado em Campos do Jordão.

Museu Felícia Leirner

  • Onde fica: Av. Dr. Luis Arrobas Martins, 1880 – Alto Boa Vista
  • Campos do Jordão-SP;
  • Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 9h às 18h.
  • Ingressos: R$ 10 por pessoa;
  • Confira a programação no site oficial.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aéreo + Hospedagem All-Inclusive em porto de galinhas a partir de R$3.798/casal em até 12x