Se você mora em Curitiba ou está visitando a cidade, anote essa dica de passeio diferente e experimente conhecer o Morro da Palha e a Lagoa Azul, que ficam na cidade de Campo Magro, região metropolitana da capital paranaense.

Os locais são bem conhecidos pela galera que curte fazer trilhas off-road, que não se importam nem um pouco de enfiar o carro no meio da lama e, claro, que possuem veículos apropriados para esse tipo de passeio.

Mas o que pouca gente sabe é que mesmo que você não tenha um carro com tração 4×4, você também pode visitar os locais! Existe uma estradinha de terra indicada para carros de passeio chegarem até o Morro da Palha e a Lagoa Azul.

Muitas famílias saem cedinho de Curitiba, com crianças e até animais de estimação, visitam esses lugares e aproveitam para almoçar em um dos restaurantes da Estrada do Ouro (caminho que deve ser pego para chegar à região).

Descubra quanto custa viajar para Curitiba. Clique aqui!

Saiba mais detalhes sobre cada um desses lugares e o que fazer nas redondezas.

Morro da Palha

morro da palha em campo magro
Foto: Andressa Xavier Pellanda

O Morro da Palha é um destino indicado para os aventureiros de plantão. O local é perfeito para quem deseja saltar de parapente, um esporte praticado frequentemente por quem visita a região.

Os saltos são sempre organizados por escolas, infelizmente não tem como você tentar saltar chegando na hora. Porém, apenas observar o pessoal pulando já é incrível! O morro tem 1.190 metros de altura e a vista panorâmica da cidade lá de cima é muito bonita.

Boa parte do trajeto até o Morro da Palha é feito de carro. Os de passeio vão somente até um trecho, os off-road sobem praticamente até o topo, restando um pequeno caminho, bem íngreme, para ser feito a pé.

Veja mais fotos do Morro da Palha:

Morro da Palha em Campo Magro
Até aqui, todo tipo de carro chega. Foto: Andressa Xavier Pellanda
Morro da Palha em Campo Magro
A partir daqui, só carro com tração 4×4. Foto: Andressa Xavier Pellanda
Morro da Palha em Campo Magro
Chegou de off-road? Esse trajeto é a pé! Foto: Andressa Xavier Pellanda
Morro da Palha em Campo Magro
Foto: Andressa Xavier Pellanda
Morro da Palha em Campo Magro
Foto: Andressa Xavier Pellanda
Morro da Palha em Campo Magro
Foto: Andressa Xavier Pellanda
Morro da Palha em Campo Magro
Foto: Andressa Xavier Pellanda

Lagoa Azul

Sabe aquele lugar que parece um cenário de cinema? É praticamente esse sentimento que você tem ao chegar na Lagoa Azul.

O local é uma antiga pedreira, hoje desativada. Para fazer o trabalho de extração de pedras, muitas explosões de dinamite aconteceram por lá e isso fez com que o solo fosse perfurado até chegar ao lençol freático, que inundou e criou o lago.

O paredão de pedras enorme emoldura a lagoa com águas esverdeadas bem ao centro, fazendo com que você fique sem palavras e simplesmente admire tudo ao seu redor.

Pedreira da Lagoa Azul em Campo Magro
Foto: Andressa Xavier Pellanda

Uma pequena trilha, que pode ser feita a pé ou com um carro que tenha tração 4×4, permite que você veja a Lagoa Azul de cima. Sente-se lá por alguns minutos, recupere o fôlego e renove suas energias com essa paisagem linda que fica pertinho de Curitiba.

Importante: a lagoa é bem profunda e não é recomendado nadar por lá, ainda mais que não tem nenhum posto de socorro, comércio ou residências próximas para pedir ajuda. Visite o local para admirar o cenário.

Veja mais fotos da Lagoa Azul:

Pedreira da Lagoa Azul em Campo Magro
Foto: Andressa Xavier Pellanda
Pedreira da Lagoa Azul em Campo Magro
Foto: Andressa Xavier Pellanda
Pedreira da Lagoa Azul em Campo Magro
Foto: Andressa Xavier Pellanda
Pedreira da Lagoa Azul em Campo Magro
Foto: Andressa Xavier Pellanda
Pedreira da Lagoa Azul em Campo Magro
Foto: Andressa Xavier Pellanda
Pedreira da Lagoa Azul em Campo Magro
Foto: Andressa Xavier Pellanda

Como chegar ao Morro da Palha e Lagoa Azul

Saindo de Curitiba, você vai seguir “reto toda vida” pela Avenida Manoel Ribas, sentido o bairro de Santa Felicidade. Dessa forma, você vai chegar na Estrada do Cerne, em Campo Magro.

Você pode usar o Google Maps para chegar até lá. Porém, ao entrar nas trilhas, você vai ficar sem sinal de telefone e de internet. Portanto: baixe o mapa para usar o Google Maps no modo off-line, trazendo um pouco mais de segurança para quem faz o passeio sozinho e pela primeira vez.

Aqui está o trajeto indicado para carros de passeio com a estrada um pouco melhor, já traçado no Google Maps. Neste caminho, você vai parar primeiro no Morro da Palha e, em depois, seguir para a Lagoa Azul — que no Google Maps é definida apenas como Pedreira.

O caminho é mais fácil de ser feito, veja, por exemplo, a condição da estrada de terra:

Morro da Palha em Campo Magro
Estrada de chão, mas carro de passeio aguenta! Foto: Andressa Xavier Pellanda

Dica esperta: existe um aplicativo muito comum entre o pessoal que curte fazer trilhas off-road chamado Wikiloc. Ele custa R$12 e oferece várias trilhas pré-programadas para quem deseja fazer o trajeto com carros, de mountain bike, trekking entre outros. Nós montamos uma rota sentido Morro da Palha e Lagoa Azul que você pode conferir aqui.

O caminho é pesado e esburacado, do jeito que quem curte off-road gosta:

Morro da Palha em Campo Magro
Lama e buraco para todos os lados. Foto: Andressa Xavier Pellanda

Ao longo do caminho, especialmente aos finais de semana, você vai se deparar com muita gente pela estrada, seja andando de bicicleta, de carro, fazendo motocross ou, para os mais corajosos e fisicamente bem preparados, correndo pelas estradinhas de chão.

Alimentação

Existem diversos restaurantes com comida caseira pela região. Uma das melhores opções é o Restaurante Pedra Chata, que conta com um estacionamento imenso, espaço para lazer e, claro, comida caseira deliciosa. O local é indicado para quem faz os passeios com crianças, já que tem ampla área verde e espaço para brincadeiras.

Outro ponto importante da região é o Bar do Paulo, local para quem quer fazer um lanche rápido ou até pedir informações sobre caminhos.

Dicas gerais

  • Se possível, combine com mais pessoas para irem em mais de um carro.
  • Opte por visitar a região aos domingos pela manhã e emende um almoço em um restaurante das redondezas.
  • Não visite os locais à noite, pode ser perigoso transitar pelas regiões rurais.
  • Não faça o passeio em dias de chuva, seu carro pode atolar na lama.
  • Seu telefone vai ficar sem sinal na maior parte do tempo.

Conte aqui nos comentários: você já visitou o Morro da Palha ou a Pedreira da Lagoa Azul? Queremos saber como foi sua experiência! Se você está visitando a capital paranaense, aproveite para conferir outros passeios legais em Curitiba para se divertir ainda mais!

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *