Morar e trabalhar no Canadá é o sonho de muitos brasileiros. A experiência em outro país certamente traz bons frutos aos viajantes, mas quais são os passos para conseguir viver em terras canadenses? Com as dicas deste post, tudo pode ficar mais fácil, ou pelo menos mais claro.

O primeiro passo é ter um foco: você vai para estudar, trabalhar ou ambos? Definido o objetivo, é hora de ir atrás dos trâmites e da documentação necessária para realizar seu sonho. No site do governo do Canadá dá para encontrar todas as informações básicas para o procedimento.

Canadá2

Quem tem interesse em ficar e trabalhar no país não pode ter apenas o visto de visitante, concedido para os que ficam menos de seis meses. A maneira mais fácil é se matriculando em cursos, via intercâmbio, ou pela Express Entry (entrada expressa), sistema que seleciona profissionais qualificados para o Canadá através dos programas econômicos federais.

Os pedidos cadastrados pelos candidatos no banco de dados do sistema são válidos por 12 meses e se dividem em três categorias Federal Skilled Worker Program (‘Trabalhadores Qualificados’); Federal Skilled Trades Program (‘Trabalhadores Técnicos’); e Canadian Experience Class.

Vale lembrar que o formulário exige o preenchimento de habilidades profissionais, domínio do inglês ou francês, experiência de trabalho e nível educacional. Além disso, é preciso estar dentro dos critérios de eligibilidade, que é colocado por meio de um ranking da Imigração Canadense (Comprehensive Ranking System) onde são somados até 1.200 pontos.

Feito isso, o perfil já estará na fila para análise e os aprovados receberão um convite para dar entrada no pedido de residência permanente, chamado de Invitation to Apply for Permanent Residence. O prazo máximo para fazê-lo é de 60 dias e o objetivo dessa entrada expressa é garantir a imigração legalizada em até seis meses.

morar e trabalhar no Canada

Os empregadores que não encontram profissionais canadenses em determinadas áreas são encorajados a oferecer vagas aos estrangeiros dentro de todo o território do país. O candidato pode conseguir emprego por meio do sistema do ‘Labour Market Impact Assessment’, ou do banco de empregos, Employment and Social Development Canada’s (ESDC)’.

Segundo o site da imigração do Canadá, o aumento das chances depende do recrutamento de trabalho e buscar, individualmente, por ajuda em aconselhamento é um fator chave para todos os solicitantes através do sistema de imigração Express Entry. Além disso, é mais fácil conseguir o visto se já houve alguma oferta de empresa canadense que você tenha enviado currículo ou até mesmo se for ao país para fazer uma faculdade, onde é possível acumular experiência por meio do Canadian Experience Class, trabalho de um ano durante os estudos.

Para mais informações, clique aqui e aqui.

4 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verão 2020

Programe-se para curtir as belezas da Bahia no próximo verão! Temos dicas de lugares incríveis para suas férias.