Existem alguns lugares na Terra que nem parecem de verdade. É o caso das Montanhas Coloridas no Peru, também conhecidas como Montanhas Arco-Íris, Montanha das 7 Cores, Montaña Vinicunca e Cerro Colorado. A maravilha natural atrai viajantes curiosos que precisam checar de perto cada uma de suas linhas vibrantes.

Parte da Cordilheira Vilcanota, a formação rochosa fica nos arredores de Pitumarca, a 130 km de Cusco, na, e costuma estar inclusa nas aventuras de quem vai até Machu Picchu, não muito distante da região.

Em seu ponto mais alto, as Montanhas Coloridas no Peru atingem cerca de 5 mil metros de altitude e encantam até mesmo as alpacas e lhamas que ficam nos arredores. As tonalidades de vermelho, de amarelo e de azul dessa joia geológica se justificam pela ação de minerais, como o ferro, o manganês e o cobre, em contato com os ventos e a água ao longo de muitos e muitos anos.

montanhas coloridas no peru
Foto: Pexels

O tour até as Montanhas Coloridas no Peru é relativamente novo e se popularizou em 2015 e 2016. Até então, a maioria dos turistas acabava indo em busca de uma das montanhas mais altas do Peru, o Nevado Ausangate, que fica a 6.384 metros acima do nível do mar.

Para conseguir ver as Montanhas Coloridas no Peru com todo seu esplendor, sem estar coberta de gelo, o melhor período para viajar é entre abril e outubro. Isso porque de novembro a março temos a estação chuvosa, fazendo com que as montanhas fiquem cobertas de gelo.

Bora arrumar as malas? Encontre passagens aéreas baratas para Cusco, no Peru, e inclua esse tour no seu roteiro de viagens!

Como chegar até às Montanhas Coloridas no Peru

montanhas coloridas no peru
Foto: Wikimedia Commons

A jornada para ver as Montanhas Coloridas no Peru começa cedinho! Normalmente, as agências de turismo pegam os turistas na porta do hotel em Cusco às 2h30 ou 3h. Essa viagem de Cusco até Pitumarca dura aproximadamente 4 horas. Muitos tours param na cidade de Qesyuno para um café da manhã (que muitas vezes está incluso no pacote da excursão).

Onde ficar em Cusco? Veja nossas dicas de hospedagem aqui!

Chegando ao estacionamento Rainbow Mountain Pitumarca Trail Parking, os visitantes devem pagar uma taxa de admissão no valor de US$ 3 — valor já incluso na maioria das excursões.

O passeio segue com uma caminhada de 2 ou 3 horas até chegar às Montanhas Coloridas no Peru. Tudo vai depender do condicionamento físico de cada pessoa e também dos efeitos da altitude que cada um vai sentir, já que estamos falando de um trekking a 5 mil metros acima do nível do mar. O trecho é íngreme, com dificuldade média/pesada. Mas acredite, todo esse esforço vai valer a pena quando você chegar lá e se deparar com essa maravilhosidade:

montanhas coloridas no peru
Foto: UI International Programs
montanhas coloridas no peru
Foto: Laila Goubran
montanhas coloridas no peru
Foto: Viaggio nel Mondo

O bom que fazendo o passeio com uma excursão, você ainda pode seguir até o Vale Vermelho, tornando o passeio ainda mais completo e inesquecível!

O que analisar na hora de escolher a excursão

montanhas coloridas no peru
Foto: Pixabay
  • Confirme se a van da excursão vai te buscar na porta do hotel. Como a saída é de madrugada, você fica mais segura assim.
  • Verifique se a excursão inclui café da manhã e almoço. Caso contrário, você terá que preparar uma mochilinha com coisas para comer.
  • De qualquer maneira, leve um petisco para matar a fome e água para se hidratar durante o passeio.
  • Observe se no preço do pacote de excursão já está incluso o valor da entrada para ver as Montanhas Coloridas no Peru. Nem todo tour oferece isso.
  • Confirme o idioma do guia para que você possa compreender tudo numa boa.
  • Confirme onde será o local de retorno, que muitas vezes é na Plaza de Armas e não na porta do hotel.

O que há no final do arco-íris? Descubra numa excursão de dia inteiro para as Montanhas Coloridas no Peru, clique aqui e confira o preço do tour

Você também pode ir por conta própria. Nesse caso, você pode alugar um carro para seguir a viagem ou fazer o trajeto de ônibus. De busão será meio que “pinga-pinga”, fazendo o trecho Cusco-Pitumarca-Anchipacha. As passagens para cada trecho não custam mais do que US$ 5. Acaba sendo uma aventura interessante, mas quem não tem muito tempo para perder com essas trocas de ônibus é melhor ir com uma agência de turismo (além de ser mais prático e seguro).

Dicas gerais para quem vai subir as Montanhas Coloridas no Peru

montanhas coloridas no peru
Foto: Pixabay

Esteja preparada fisicamente para a caminhada. Lembre-se que a altitude é de 5 mil metros acima do nível do mar e todo cuidado é pouco para evitar o mal de altitude. Por isso, evite fazer o passeio no mesmo dia que chegar a Cusco para seu corpo ir se acostumando com a altitude. Confira outras dicas importantes para planejar seu passeio:

  • O horário de funcionamento do local é das 9h às 18h.
  • No alto das Montanhas Coloridas no Peru faz frio. Por isso, é sempre bom levar um casaquinho corta vento e vestir calças e sapatos apropriados para trekking.
  • Outros itens como chapéu, boné e óculos de sol são bem-vindos para a caminhada.
  • Mesmo fazendo friozinho, leve seu protetor solar para não se queimar.
  • Em sua mochila, leve uma garrafinha de água e petisco para lanchar na hora que a fome bater.
  • Leve dinheiro em espécie, caso tenha necessidade de comprar algo antes de iniciar o trekking.
  • Esteja com seu documento de identidade ou passaporte, pode ser necessário apresentá-lo antes de entrar.
  • Alguns moradores locais oferecem serviços de transporte com cavalos. O custo médio é de 100 Soles por pessoa. Evite incentivar esse tipo de exploração animal.

Se você gosta de explorar destinos relativamente novos, colocar as Montanhas Coloridas no Peru em seu roteiro de passeios vai render uma viagem memorável. Aproveite para emendar com a ida ao Machu Picchu 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *